Joseph Smith Preconizava Violência?

1º de Janeiro de 1843. O Profeta Joseph Smith jantava com amigos, quando decidiu compartilhar duas histórias pessoais que sugerem que ele acreditava que violência era uma forma justificável para expressar diferenças de opiniões.

Joseph Smith

Os dois relatos foram anotados no diário pessoal de Joseph Smith pelo Apóstolo Willard Richards, o primeiro na terceira pessoa (i.e., Richards recontando a narrativa de Smith), e o segundo na primeira pessoa (i.e., Richards citando diretamente a narração de Smith). Segue abaixo uma tradução para o português desse trecho do diário do Profeta, apenas com correções gramaticais, como pontuações, para facilitar a leitura, e adições nossas em colchetes para contexto. Continuar lendo

Progresso Entre Reinos – parte II

byO progresso espiritual é eterno? Ou encontra um ponto final? Como discutimos na primeira parte desta série, várias afirmações feitas por autoridades gerais no séc. XIX apontam para a possibilidade de progresso do ser humano por toda a eternidade, sem um ponto final.

No ano de 1855, Wilford Woodruff ouviu Brigham Young falar a respeito do tema, após terem realizado um círculo de oração: Continuar lendo

História ou Estória? Princípios Básicos de Historiografia

O que é história? Que tipos de fontes são usadas pelo historiador? Como interpretar tais fontes? Qual o valor da pesquisa histórica feita por amadores? Essas foram algumas das questões abordadas por Marcello Jun na sua apresentação “História ou Estória? Princípios Básicos de Historiografia”, como parte da V Conferência Brasileira de Estudos Mórmons, ocorrida no último dia 18 de janeiro.

Marcello enfatizou que o estudo da história não é a verdade absoluta, final, mas novas abordagens são sempre possíveis. Também relembrou que se trata de um empreendimento coletivo. A análise histórica precisa passar pelo crivo de outras pessoas que conhecem o tema ou período, de onde vem a importância de publicar seus estudos e fontes.

Assista no vídeo abaixo a apresentação de Marcello Jun.

Estudos Mórmons no Brasil: Esboço de um Guia

Durante a V Conferência Brasileira de Estudos Mórmons, ocorrida no último sábado, Kent Larsen falou sobre as possibilidades de pesquisa acerca do mormonismo no Brasil e em língua portuguesa, esboçando um guia para aqueles que pretendem empreender tais estudos. Assista o vídeo de sua apresentação “Estudos Mórmons no Brasil: Esboço de um Guia”.

A visão de Henry D. Moyle no Brasil

Henry D. Moyle

Relatos de visões, sonhos e profecias encontram-se na própria origem da restauração. Mas quais eventos dessa natureza ocorreram no Brasil ou são relacionados à história da Igreja neste país? Justin Bray, técnico de preservação do Departamento de História da Igreja, um órgão oficial de A Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sediado em Salt Lake, nos fará uma apresentação no próximo sábado intitulada visão de Henry D. Moyle no Brasil em 1956

Então um membro do Quórum dos Doze, Élder Henry D. Moyle (1889 – 1963) Continuar lendo