Poligamia

Eis uma série de artigos no Vozes Mórmons que tratam do casamento plural, um dos temas mais marcantes da experiência mórmon.

Poligamia: próxima fronteira da igualdade?

Revelação de 1886 a John Taylor

Revelação de 1880 a Wilford Woodruff

Revelação de 1831 a Joseph Smith

Templo FSUD à venda

Ordenanças do templo: primeiros selamentos

A espada do anjo do Senhor

Uma posteridade branca e deleitosa: origens do casamento plural

Brigham Young sobre expiação por sangue e poligamia

John Taylor sobre casamento e família

Vídeo: Marianne Watson fala sobre o cotidiano de uma família plural

Mitos populares mórmons

Feliz aniversário, Manifesto

Poligamia e a Proposição 8

Política e poligamia

Veríssimo e a lição por fazer

Mórmon fundamentalista processado pela Igreja SUD

Vodca, cerveja e poligamia

Como lidar com a história da Igreja?

Desafio de história mórmon: carta de Joseph Smith

Desafio de história mórmon: roupa listrada

7 comentários sobre “Poligamia

  1. A igreja já publicou ou tem algum material para explicarmos a poligamia para os não membros ou recém conversos? Se a poligamia é sagrada ou vai voltar algum dia ,sinto muito, não vou ser hipócrita de falar mal ou dizer que foi uma aberração acidental ou temporária.

    • Otávio, há alguns ensaios “escondidos” no site oficial, em português desde o final do ano passado: O Casamento Plural em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, O Casamento Plural em Kirtland e Nauvoo, O Casamento Plural e as Famílias Polígamas nos Primórdios de Utah e O Manifesto e o Fim do Casamento Plural.

      Não sei se atendem aos seus objetivos e o público que você tem em mente. Mas valem a pena ser lidos, na minha opinião. Eles contêm algumas boas informações históricas, bem além do até então divulgado nas publicações oficiais (mas aquém de publicações acadêmicas sobre o assunto). Nenhum especula ou sugere nada a respeito de uma futura re-restauração.

      • Muito obrigado Antônio, ao ler os artigos me senti um psicólogo escutando a igreja falar de sua história no meu divã.Realmente a imprensa e o mundo não precisam buscar informações em livros anti mormons e de apóstatas.A igreja faz questão de se confessar e ficar “desnuda nestes artigos” .Esse é o caminho que a igreja deve seguir e os líderes também, contar os seus conflitos e os seus desafios e mostrar que a vida não é fácil , mostrar que seguir ao Senhor existe conflitos vejamos a citação no artigo :
        “Que de quando Deus ordena uma tarefa difícil, Ele algumas vezes envia mensageiros adicionais para encorajar Seu povo a obedecer. Coerente com esse padrão, Joseph contou aos membros que um anjo apareceu a ele três vezes entre 1834 e 1842 e ordenou-lhe que desse continuidade ao casamento plural, nos momentos em que ele hesitou em seguir em frente. Durante a terceira e última aparição, o anjo veio com uma espada desembainhada, ameaçando Joseph com destruição a menos que seguisse em frente e obedecesse plenamente ao mandamento.”
        De maquiagem e teatro não se vive.A igreja só se santifica olhando pro seus desafios de forma madura.Uma organização não pode ser de Deus tratando seus problemas com máscaras ou somente pra sair bonita pro povo ou pra imprensa.

  2. Deus não é o originador da poligamia.Ele deu a Adão apenas uma esposa.Mas tarde lameque,descendente de Caim tomou duas esposas prá si (Gen.4:19),essa foi a primeira menção da poligamia na Bíblia.O concubinato era praticado sob a lei patriarcal e sob o pacto da lei. A concubina tinha uma situação legal; a posição dela não era uma questão de fornicação ou adultério.Sob a lei,se o filho primogênito de um homem fosse filho da concubina,era este filho quem receberia a herança do primogênito(Deut. 21:15-17}.O concubinato e a poligamia sem dúvida,habilitaram os israelitas a aumentar numericamente, com muito mais rapidez,e assim,ao passo que Deus não estabeleceu esses arranjos,mas apenas os permitiu e regulou.Eles cumpriram certo obgetivo naquele tempo (Ex. 1:7). Jesus Cristo mostrou sua aprovação do casamento quando compareceu a festa de casamento em Caná da Galiléia (Jo.2:1-2).Quando a CONGREGAÇÃO CRISTàfoi estabelecida os seus servos foram orientados retornar a prática que Deus havia instituido no Éden,ou seja,a MONOGAMIA.Jesus ensinou esse principio,quando disse:”Portando deixará o homem pai e mãe,e se unirá a sua mulher,assim não são mais dois,mas uma só carne”(Mat.19:5-6),assim ficou muito claro que sob a graça do Novo Testamento Deus afirmou difinitivamente,que o homem teria apenas uma esposa,e qualquer outro comportamento era adultério,veja em (Itim 3:2).As escrituras são bastante claras em relação a verdadeira postura que um cristão deve ter,em relação a castidade.O apóstolo Paulo disse:”Todavia,nem o varão é sem a mulher,nem a mulher é sem o varão no Senhor”(1cor.11:11), e ele seguiu embrando esse mandamento em todo seu trabalho missionário conforme tá escrito em Hebreus 13:4,”Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula”.

  3. Gostei deste site por conter muitas histórias sobre a igreja, não tenho condição de saber se as fontes são certas, mas devido o estudo que venho fazendo, é valido conhecer a verdade do jeito que realmente foi. Passei a admirar grandemente as informações que não conseguia encontrar.
    Imagino com mais clareza a dificuldade em obedecer o mandamento da Poligamia, como foi difícil encontrar as pessoas certas. Como foi difícil lidar com as mulheres após reunir todas em um convívio único. Só fortaleceu meu testemunho de que as pessoas que realmente amam a Deus, estão dispostas a servi-Lo, assim como Ele deseja.

    João 6:38
    38 Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.

    Como foi difícil para o Salvador Jesus Cristo sua expiação, como foi difícil para Abrão o grande teste de fé em oferecer seu próprio filho em sacrifício. Descobri que para servir a Deus sempre será requerido coisas realmente difíceis,
    Só podemos entender certas coisas, quando passamos na pele o que outros passaram. Aquele que desiste e desencoraja outros em qualquer situação é bem covarde.
    Mas percebi que este site faz as pessoas conhecerem melhor a história, de que não foi brincadeira para os primeiros membros e que eles só continuaram porque tinham Deus no comando.
    e hoje não é diferente Ele ainda requer coisas difíceis para todos nós.
    Sejamos fieis de acordo com as respostas em nosso coração.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s