Conferência ABEM

 

Conferência Anual da Associação Brasileira de Estudos Mórmons

 

A VI Conferência Brasileira de Estudos Mórmons (a conferência anual da Associação Brasileira de Estudos Mórmons) ocorreu no último dia 07 de fevereiro de 2015. Diferentemente dos quatro primeiros anos, a conferência deste ano repetiu o formato de 2014 e foi virtual, transmitida ao vivo pela internet. As três apresentações, com as animadas seções de perguntas e respostas, podem ser assistidas aqui:

Introdução à Abordagem Sociológica da Religião e do Mormonismo (Joni Pinto)

Preparando Missionários na Era da Informação (Suzana Nunes, Emanuel Santana, Antônio Trevisan Teixeira e Kent Larsen)

Historiografia Como Abordagem Científica: Exemplos da História Mórmon (Marcello Jun)

Estamos também trabalhando para subir clipes das conferências passadas no nosso canal do YouTube ou na nossa página da vídeos.

 

 

 

 

8 comentários sobre “Conferência ABEM

  1. Prezados,
    Gostaria de saber como vocês enxergam as mudanças no vigor para juventude.
    https://www.lds.org/manual/for-the-strength-of-youth/dating?lang=por
    A mudança ocorre principalmente na questão do namoro que passa dos 16 para idade adulta.
    Fui questionada essa semana com a questão abaixo:
    Líder, como que vocês estão lidando com essa reformulação no para o vigor da juventude?
    Sobre o namoro ser apenas na idade adulta.
    Como ensinar aos jovens que não podem esperar até os 16 e sim agora eles precisam ser adultos para ter um relacionamento sério.
    Vocês acham a regra dura demais e conservadora demais?

    • A regra é mais próxima da realidade individual de cada um e aberta a revelação pessoal agora. Uma tendência geral da Igreja nestes últimos dias. Cada vez mais as regras são menos estáticas e mais inspiradas. Menos letra de lei e mais espírito.

  2. Boa Tarde,

    Gostaria de saber se vcs ganham alguma remuneração para manter esse blog, ou como vcs sobrevivem pq pelo fato de vcs publicarem tantas coisas e perderem tanto tempo nesses artigos, tive essa curiosidade, poderiam me responder por gentileza?

    • Olá, Luan.

      Em resposta a sua “curiosidade”:

      Nenhum de nós recebe nenhum centavo “para manter esse blog”.

      Nós “sobrevivemos” através de nossos empregos.

      Nós “publicamos tantas coisas” mas não “perdemos tanto tempo nesses artigos” porque não enxergamos estudar como “perder tempo”.

      • Ok

        Ótima resposta!

        Mas pq não estudar direto do site oficial? Vindo direto da fonte pq vejo que a algumas distorções que diferem da doutrina ensinada.
        Gostei do que vc disse estudar não e uma perda de tempo, porém acredito ser mais proveitoso estudar o site e aprender a doutrina ensinada, e compartilhar o que realmente eles querem ensinar, não mesclar com meias verdades! Acho que seria mais proveitoso!

        Fica a dica

      • Nós estudamos “direto do site oficial”, Luan.

        Veja, por exemplo, esses artigos que tiramos diretamente do “site oficial”:

        Site Oficial da Igreja Mórmon Mente?

        Anti-Mórmons Hackeam Site LDS.org?

        Não obstante, nós sabemos que “o site oficial” não conta tudo sobre o mormonismo, não é mesmo?

        Por exemplo, você consegue encontrar esse artigo originalmente publicado pela Igreja SUD em seu “site oficial”?

        Jornal Mórmon e a Alemanha Nazista

        E essas citações de Profetas e Apóstolos, originalmente publicadas pela Igreja SUD, estão no seu “site oficial”?

        Poligamia — Necessária Para Exaltação?

        Negros Nascem Negros Por Terem Apoiado Satanás

        Agora, com relação a “meias verdades” e “distorções”, desafiamos você a encontrar um único exemplo de “meia verdade” ou “distorção” publicada em nosso site. Caso consiga encontrar, mostre-nos e imediatamente removeremos o artigo do ar e emitiremos uma nota de desculpas.

        Talvez o que você acha que é “meia verdade” ou “distorção” nada mais é ignorância dos fatos históricos por insistir em apenas ler uma única fonte obviamente interessada em não publicar todos os fatos históricos. “Fica a dica”.

      • Ótimo ponto de vista!

        Pra você?

        Como se sente a respeito do convencimento por meio da revelação e não por fatos históricos não postados nos sites oficiais? Qual vale mais?

        minha opinião e que o estudo que mais importa e das fontes oficiais e do estudo e revelação, pois se trata de assuntos espirituais, cabe a Deus responder! João 7:17

        Muito obrigado

      • “Assuntos espirituais” são de natureza subjetiva e individual, sendo relevante apenas para o indivíduo que o considera, e sem valor epistêmico coletivo, sem méritos ou preocupações racionais, e divorciado da realidade baseada em evidências documentadas ou observáveis.

        A ambiguidade falácia de João 7:17 é um excelente exemplo disso. “Se alguém decidir fazer a vontade de Deus, descobrirá se o meu ensino vem de Deus ou se falo por mim mesmo” é o que todo líder religioso prega, mesmo quando a “vontade de Deus” pregada por uns é completamente diferente da “vontade de Deus” pregada por outros, e ainda assim milhares de pessoas “descobrem se o ensino vem de Deus” mesmo sendo estas tão díspares e distintas entre si.

        Os mecanismos psicológicos como viés de confirmação e viés de escolha que levam a essas respostas são hoje bem conhecido.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.