Igreja SUD Remove Hino Racista

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias removeu um hino de seu programa curricular da Organização das Moças para o ano de 2017 devido a queixas sobre conotações racistas.

Autora mórmon Janan Graham-Russell

Autora mórmon Janan Graham-Russell

O hino em questão é intitulado “Brancos”, em clara alusão à passagem da Continuar lendo

Tradução Racista em Hinário SUD Brasileiro

Membros brasileiros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias cantaram, por anos, um hino com letra abertamente racista.

Trecho do hino #24 do hinário SUD atual

Trecho do hino #24 do hinário SUD atual

O mais curioso nesse infeliz episódio da história mórmon no Brasil é que a tradução para o português introduziu trecho racista onde tal conotação não havia. Continuar lendo

Joseph Fielding Smith: Vida Pré-Mortal

A sua conduta pessoal durante a vida pré-mortal influencia a sua vida mortal?

Mórmons acreditam que todos nós vivemos numa existência espiritual antes nascer na Terra como mortais. A este período chamam de “vida pré-mortal” ou “primeiro estado”. De acordo com a doutrina mórmon, durante a vida pré-mortal, todos tivemos o livre arbítrio para obedecer ou desobedecer Deus, assim como o têm aqui na vida mortal, ou nesse “segundo estado”.

Como impactariam as nossas decisões lá no que nos ocorre aqui?

Joseph Fielding Smith foi o 10o Presidente d'A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (1970-1972). Filho do 6o Presidente, Joseph F. Smith (1901-1918), também serviu como Apóstolo (1910-1970).

Joseph Fielding Smith foi o 10o Presidente d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (1970-1972). Filho do 6o Presidente, Joseph F. Smith (1901-1918), também serviu como Apóstolo (1910-1970).

O Presidente Joseph Fielding Smith explicou a questão com bastante clareza em seu livro ‘Doutrinas de Salvação’, publicado por décadas pela Igreja SUD aqui no Brasil¹:

Continuar lendo

Feliciano

feliciano

O que pensam os sud sobre Marcos Feliciano?

Ainda não acabou a polêmica sobre o deputado Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos do Congresso Nacional. Pastor de uma Assembleia de Deus, Feliciano havia publicado no Twitter que “Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss”.

A crença de Feliciano numa interpretação literal da narrativa bíblica – e da tradição que coloca os negros como descendentes de Cão – parece especialmente relevante aos mórmons brasileiros, uma vez que tal visão foi (e em certa medida ainda é) historicamente importante na percepção dos negros no mormonismo.

O que você pensa dessa bagunça toda?