Mórmons e o Trabalho

Hoje é o dia do trabalho!

Mórmons acreditam que o trabalho é importante e, tal como a tese calvinista, ele dignifica e é um dom divino. O refrão do hino 142 “Nossa Lei é Trabalhar” mostra esse sentimento:

Nossa lei é trabalhar, trabalhar,
Trabalhar com alegria e cantar,
Pois para nós e nossa grei,
Trabalhar é sempre a lei.

Apesar do incentivo e visão trabalhista, há algumas profissões que para muitos mórmons e cristãos no geral afastariam o fiel do evangelho ou de Deus. Culturalmente em um mórmon que decide estudar história, sociologia, filosofia, direito e psicologia seriam incutidas “filosofia de homens“. Modelos de passarela seriam iludidas pelo glamour mundano ou pela falta de recato nas roupas. Cientistas são mal vistos já que, acreditar na criação aos moldes bíblicos (ainda que a organização dos materiais não seja criação) é sinônimo de ser um verdadeiro cristão.

Muitos desses cursos são ofertados pela BYU. Não consigo ver que tais estudos ou profissões de fato trariam algum revés espiritual. Aliás, a história mostra que cristãos no geral conseguiram conviver bem com essas profissões e serem fiéis. D. Michael Quinn foi um dos mais importantes historiadores e professores da BYU. A historiadora Juanita Brooks mesmo com seu polêmico livro The Mountain Meadows Massacre, continuou uma membro fiel até o fim de sua vida. Apóstolos como Dallin H. Oaks e James E. Faust foram advogados. Charles Darwin era cristão anglicano e o apóstolo John A. Widtsoe também era cientista. Até mesmo a modelo e miss universo Linda Jeane Bement é um exemplo de que a profissão não atrapalha a espiritualidade.

A Miss Universo mórmon na capa da revista Manchete, em 1960.

A Miss Universo e mórmon ativa Linda Bement

Será que realmente há profissões e estudos que nos afastam do evangelho? Você passou por situação semelhante?

8 comentários sobre “Mórmons e o Trabalho

  1. Perdi um emprego muito bom em uma farmácia porque um líder me aconselhou a não ir, hoje me arrependo muito, o emprego teria algumas escalas em domingos.

  2. Meu líder nunca me aconselhou a não ir à algum emprego… ele mesmo falou:
    quem paga suas contas é vc mesmo, então se vc precisa do emprego vá e seja um exemplo…
    Ia trabalhar em shopping, então no domingo era apenas uma folga no mês…
    mesmo assim trabalhei, não deixei de ir pra igreja participava apenas do sacramento, ( quando nao tinha folga, pois quando era folga eu participava da reunião toda) tinha minhas contas todas em dia….
    minha cunhada faz psicologia e é da mórmon, ela diz que o testemunho dela aumentou muito com a execução do curso, ela tem uma visão espiritualmente te, das matérias em que os filósofos eram ateus, que o restante dos alunos não tinha e isso só ajudou a adquirir mais testemunho e conhecimento…

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.