Heber C. Kimball: São Brigham Young

O Presidente Heber C. Kimball fez os seguintes comentários sobre Brigham Young e seus conselheiros na Primeira Presidência, celebrando e descrevendo-os de maneira teologicamente muito similar ao posto canônico de “Santo”,  e com mais poderes que o Papa, para os Católicos:

Heber C. Kimball, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência (1847-1868)

 

“Aqui na grande Salt Lake City está a sede do governo para a Igreja e o Reino de Deus, pertencente a todas as pessoas que já vieram a um estágio probatório nesta terra, se eles estão agora em tabernáculos sobre a terra, ou se eles estão no mundo espiritual, ou no inferno. Este é o lugar de depósito de todas aquelas chaves pertencentes à salvação da família humana; e nunca haverá uma alma daqueles espíritos agora na prisão a sair daquele lugar, exceto se as chaves do reino de Deus, que agora estão mantidas na grande Salt Lake City abram a porta e os deixem sair. Eles podem espernear e murmurar, e podem ter revelações até o Juízo Final, e podem declarar por toda a eternidade que Joseph Smith é um falso profeta, e que o irmão Brigham é um falso profeta, e que esta Igreja é falsa, e eles ainda assim permanecerão no inferno até que nós os deixemos sair.

O irmão Brigham Young detém as chaves; e o irmão Heber C. Kimball, e Daniel H. Wells, e outros, detêm essas chaves em conexão com o irmão Brigham; e não há uma alma de vocês que detém quaisquer chaves ou poder de salvação exceto o que está em nós; e isso é uma coisa para vocês aprenderem. Essas chaves e poderes estavam com Joseph Smith, quando ele estava na carne; e antes de partir, ele pôs as mãos [1] sobre o irmão Brigham, e o irmão Heber, e outros, e conferiu as chaves da salvação sobre eles; e aqui estamos nós, na última dispensação do reino de Deus, que diz respeito a cada homem e mulher na terra, no inferno e no mundo espiritual; e o resgate de nenhuma alma individual será obtida mediante qualquer outro princípio.” (Journal of Discourses 5:27)

 

Na tradição Católica, um “santo” é uma pessoa de reconhecida divindade e cuja exaltação para o Céu e a presença de Deus é certa, e a quem, pela natureza desta posição exaltada, se espera intercessão entre nós e Deus. Ademais, na tradição Católica, o Papa é infalível e sua vontade se sobrepõe à vontade divina na vida pós-mortal no seu poder de determiná-la ainda na mortalidade.

Como Mórmons na atualidade veem a canonização especial para “santo” ou “papa” de Brigham Young por Heber C. Kimball?


[1] Joseph Smith nunca ordenou nenhum sucessor especificamente, além de seu filho Joseph III e seu irmão Hyrum.

 

Leia mais sobre a crença de que Joseph Smith seria o Espírito Santo

Leia mais sobre o status de Santo de Joseph Smith

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre o que Joseph Fielding Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre a proibição de ordenação de negros ao Sacerdócio

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre a semente de Cã

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young e John Taylor ensinaram sobre negros

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s