‘Bons Samaritanos’ e a História Complexa por Trás da Expressāo

Terry Giles

Bom samaritano” é um rótulo frequentemente usado para descrever alguém agindo desinteressadamente em benefícios de outros, mesmo que seja um completo estranho.

Alguns podem reconhecer que a expressāo tem sua origem em uma estória bíblica, uma das parábolas de Jesus contadas no livro de Lucas, capítulo 10. Nela, um viajante da comunidade samaritana, um grupo étnico e religioso do Oriente Médio, encontra um homem que tinha sido roubado e espancado à beira da estrada.

Samaritanos celebram o festival bíblico de Shavuot no Monte Gerizim, em junho de 2006. | Imagem: cortesia de Fade to Black, Wikimedia Commons.

O ferido foi ignorado por dois homens que passavam, ambos pertencentes a grupos que eram religiosamente respeitados na comunidade judaica de Jesus: um sacerdote e um levita, uma tribo com responsabilidades religiosas especiais. Em contraste, o samaritano dá os primeiros socorros à vítima, coloca-a sobre o seu jumento e transporta-a para uma estalagem onde o espancado recebe alojamento, cuidados e alimentaçāo – com todas as despesas pagas pelo viajante samaritano.

Como professor de estudos bíblicos que escreve sobre samaritanos, aprendi que, embora a maioria de meus alunos tenha ouvido falar do “bom samaritano”, poucos estão cientes das realidades sociais e históricas refletidas na história – muito menos que a comunidade samaritana ainda existe hoje.

Continuar lendo

Igreja SUD Demite Funcionário em SP, Justiça Ordena Reintegraçāo

Funcionário afirma que sua demissāo foi motivada por homofobia.

Justiça do Trabalho determinou no dia 03 de junho a reintegraçāo provisória do funcionário.

A Associaçāo Brasileira d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em abril passado, demitiu seu funcionário Frederico Rocha por justa causa. Ele foi acusado pela instituição de infidelidade conjugal, o que constitui uma violaçāo da conduta esperada pela Igreja de seus funcionários.

Rocha afirma que o real motivo da sua demissāo foi homofobia por parte de seu empregador. Ele iniciou um processo contra a ABIJCSUD por danos morais, pedindo uma indenizaçāo no valor de R$ 750 mil. Também pede a reversāo de sua demissāo, e o pagamento retroativo de salários e outros benefícios desde abril.

Continuar lendo

Igreja Mórmon Anuncia Doação Bilionária

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou, às vésperas de sua Conferência Geral anual, que pretende doar USD 100 bilhões (R$ 474 bilhões na cotação de hoje) para várias ações humanitárias, entidades sem fins lucrativos, e fundos de auxílio a refugiados de zonas de conflito.

Salt Lake Temple Blue Hour
Templo de Lago Salgado (FOTO: Manish Prabhune)

Entenda o contexto

Continuar lendo

The Economist: O Mormonismo Conseguirá Prosperar Como Fé Global?

Os problemas que afetam o progresso d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias como denominaçāo presente em diversos países, bem como possíveis soluçōes apontadas por estudiosos da religiāo, foram tema de artigo da revista The Economist, publicado em seu website no último dia 08 de janeiro.

O templo de São Paulo, d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. | Imagem: Cortesia de aigrejadejesuscristo.org

O artigo, intitulado “O mormonismo conseguirá prosperar como fé global?”, inicia notando os paralelos arquitetônicos entre os templos SUD de Sāo Paulo e de Provo, em Utah, apesar dos enormes contrastes entre duas cidades e suas respectivas culturas:

Continuar lendo

Em Comunidades Polígamas, Raízes Profundas de Desconfiança Definem Hesitação Para Com Vacinas

Cristina Rosetti

Desde o início da pandemia do COVID-19, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, comumente conhecida como Igreja Mórmon ou Igreja SUD, seguiu as diretrizes do governo para proteger os membros de sua comunidade religiosa. Em 25 de março de 2020, a igreja fechou seus templos e incentivou membros a usarem máscaras. Líderes elogiaram a vacinação, a qual o presidente da Igreja Russel M. Nelson, cirurgião aposentado, chamou de “enviada literalmente de Deus“. Ele e outros membros seniores foram vacinados, convocando os membros da igreja a seguirem seu exemplo.

Mórmons fundamentalistas
Jovens da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, originalmente sediada na fronteira entre os estados de Utah e Arizona. A Igreja FSUD constitui apenas um dos diversos grupos que praticam o casamento plural no oeste dos Estados Unidos. | Imagem: Cortesia de Stephanie Sinclair, New York Times

Ramos fundamentalistas do mormonismo, entretanto – grupos que começaram a se separar da igreja SUD depois que ela encerrou a prática institucionalmente sancionada da poligamia em 1904 – tomaram um caminho diferente. Muitos fundamentalistas se recusaram a tomar a vacina e buscaram terapias alternativas, incluindo o controverso uso de ivermectina, medicamento comumente prescrito para o tratamento de parasitas intestinais.

Cerca de 30% dos norte-americanos não receberam nenhuma dose da vacina contra COVID-19. Muitos expressam ceticismo sobre a intervenção do governo na saúde de suas famílias, opiniões às vezes enraizadas em desinformação ou teorias de conspiração.

A cautela em relação ao governo e às autoridades médicas pode ocorrer de modo especialmente profundo em comunidades isoladas ou marginalizadas. Como estudiosa do fundamentalismo mórmon, vi como tais medos, para fundamentalistas, estão enraizados na desconfiança. Desde a fundação da igreja SUD em 1830, seus membros muitas vezes enfrentaram discriminação e perseguição, mas o conflito diminuiu significativamente após o fim dos casamentos polígamos sancionados institucionalmente. Grupos fundamentalistas, por outro lado, ainda veem o governo com suspeita. Muitos continuam a poligamia, e o medo de serem denunciados às autoridades policiais os impede de acessar recursos, como assistência médica.

Continuar lendo

Podcast Aborda História do Templo de Nauvoo

O Projeto Joseph Smith Papers lança série de podcast em português.

Joseph Smith nunca construiu uma capela ou outro local para as reuniōes cotidianas de seu movimento religioso. Ele foi, no entanto, um construtor de templos, locais sagrados para a execuçāo dos rituais mais sublimes do mormonismo.

Desenho do arquiteto William Weeks (1813-1900) para a planta orginal do Templo de Nauvoo.| Imagem: cortesia da Biblioteca de História da Igreja.
Mesmo após o assassinato de seu Profeta em 1844 e de terem decidido deixar sua cidade-estado em Illinois, mórmons prosseguiram com a construçāo do Templo de Nauvoo, dedicaram-no sem que estivesse totalmente finalizado e, em cerca de 60 dias, ministraram dia e noite todas as cerimônias templárias possíveis antes de deixar os Estados Unidos.
Continuar lendo

Templo em Vitória, ES, Anunciado na Conferência Geral

Planos para a construçāo de um templo na capital do Espírito Santo foram anunciados no último domingo por Russel M. Nelson, durante a 191a Conferência Geral Semianual d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O futuro templo em Vitória foi um dos treze anunciados por Nelson, Presidente da Igreja, no último domingo (03/10), no Centro de Conferências em Salt Lake City.

A icônica estátua do Anjo Morôni no Templo de San Antonio, Texas. Estátuas similares nāo fazem parte dos novos templos planejados ou atualmente em construçāo | Imagem: Shutterstock

No Espírito Santo, a Igreja SUD possui apenas um distrito e três estacas, atualmente servidos pelo Templo de Campinas, dedicado em 2002. Uma viagem de Vitória ao Templo de Campinas pode durar mais de 15 horas. A localizaçāo do futuro Templo de Vitória ou planos concretos para o início de sua construçāo ainda nāo foram divulgados pela Igreja.

O Espírito Santo conta com 2.853 membros da Igreja SUD, número superado em diversas outras unidades da federaçāo onde nāo há templos, de acordo com amostras do mais recente censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Templos prometidos para áreas com menos membros não parecem ser uma anomalia nestes últimos quatro anos da presidência de Nelson. E talvez apontem para uma nova estratégia da hierarquia mórmon.

Continuar lendo

‘Adão, Que Era Filho de Deus’: Fragmentos Persistentes da Teoria Adão-Deus no Sistema Educacional da Igreja

Samuel R. Weber

Como estudante de graduação na Universidade Estadual de Utah entre 2004 e 2007, assisti a uma aula no Instituto de Religião SUD, em Logan, Utah, na qual o professor afirmou inequivocamente que Adão e Eva eram filhos gerados fisicamente por Deus.

Sistema Educacional da Igreja, Brigham Young

Era a primeira vez que muitos de nós ouvíamos tal ideia, apesar de sermos membros da Igreja durante a vida inteira. O instrutor garantiu à classe que essa era a doutrina oficial da Igreja, embora menos discutida. Reforçando a importância desse conceito, o exame final do curso incluiu a seguinte questão para preencher as lacunas: “O Pai Celestial foi o pai do corpo _____ de Adão, bem como de seu corpo _____.” As respostas corretas eram “espiritual” e “físico”.2

Como descobri mais tarde, este ensinamento em particular tem uma linhagem complexa, originada em antigos ensinamentos mórmons eventualmente rejeitados, mas vivendo em fragmentos quando se fazia necessário para responder a questões teológicas colocadas pela evolução biológica. Hoje, parece sobreviver principalmente no Sistema Educacional da Igreja.

Continuar lendo

Igreja Mórmon Desfaz-se de Arte em Templos

As encenações ao vivo da cerimônia da investidura serão descontinuadas nos templos de Salt Lake City e de Manti, conforme anúncio da Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Os dois templos construídos no século 19 contarão com a exibição de filmes, tal como feito nos demais templos da denominação ao redor do mundo.

Mural na Sala do Mundo, pintado por Minerva Teichert no interior do templo de Manti, Utah.

Os projetos de renovação desses dois templos do estado de Utah ainda previam originalmente a destruição de murais artísticos, incluindo as obras de dois dos mais celebrados artistas mórmons, C. C. A. Christensen (1831-1912) e Minerva Teicheirt (1888-1976). O projeto foi classificado por alguns como violência cultural, em óbvia contradição aos diversos projetos de preservação histórica e arquitetônica da Igreja, incluindo sua reconstrução do templo de Nauvoo.

Continuar lendo

Bastidores dos Ensaios de Tópicos do Evangelho

Raça e sacerdócio, casamento plural, mulheres e as ordenanças do templo – esses são alguns dos temas explorados em ensaios publicados pel’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em seu site oficial, e cujas informações ainda parecem não ter alcançado a imensa maioria de seus membros ao redor do mundo. Mais de sete anos depois do início de sua publicação, os treze ensaios histórico- apologéticos permanecem pouco difundidos. E isso tem sido, em grande parte, intencional.

Ensaios Evangelho Igreja SUD

Assuntos “espinhosos” da história e teologia mórmons à distância de um clique, mas apenas para quem achar. | Imagem: Cortesia de cottonbro via Pexels.

As Autoridade Gerais da Igreja SUD nunca anunciaram ou promoveram nas revistas oficiais da denominação os treze ensaios sobre Tópicos do Evangelho. Seu temor era que isso “poderia causar uma crise de fé para alguns santos dos últimos dias que não estavam familiarizados com o conteúdo dos Ensaios”, afirma o historiador Matthew L. Harris. Continuar lendo

Igreja Mórmon Condena Violência em Washington, Urge Respeito a Resultado das Eleições

Em declaração publicada hoje, a liderança máxima d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias condena a invasão do Congresso norte-americano, perpretada por apoiadores do presidente Donald Trump, no último dia 06 de janeiro, e reafirma a necessidade se honrar o resultado da eleição presidencial nos Estados Unidos.

Policiais tentam impedir manifestantes de adentrar o Congresso, em Washington, D.C., em 06 de janeiro| Imagem: AP Photo/Jose Luis Magana

A nota dos profetas e apóstolos ainda pede aos membros da denominação que coloquem filiações partidárias abaixo de seu status como santos dos últimos dias. Continuar lendo

Entrevista com Maurício Berger e Seguidores

“Não estou afirmando nada”, diz Maurício Berger quando questionado se considera ser a reencarnação de Joseph Smith, doutrina que vinha sendo sendo pregada abertamente por muitos de seus seguidores meses antes da entrevista.

O gaúcho Mauricio Berger diz haver traduzido a parte selada das Placas de Mórmon. Ele lidera hoje um novo movimento religioso restauracionista.

O Livro Selado de Mórmon, os anjos Rafael e Morôni, poligamia, reencarnação e a busca pela unificação de todos os santos dos últimos dias são alguns dos temas tratados nesta entrevista concedida por Maurício Berger e seus associados a Emanuel Santana. Em suas respostas, podemos ver o retrato de um jovem movimento religioso ainda em construção, com todas as suas inseguranças e convicções. Continuar lendo

Joseph Smith: O Sermão de King Follet

Discursos de Conferências Gerais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias acontecem semestralmente. Um dia muito importante que membros de vários países se juntam em capelas, casas ou em frente ao computador para assistirem e ouvirem o presidente da Igreja, o qual o chamam de profeta.

Em 07 de abril de 1844 o presidente e fundador do mormonismo, Joseph Smith Jr. (1805-1844) deu um discurso que se tornaria um dos mais importantes para os estudiosos da religião mórmon. Esse discurso antecede seus três últimos e conturbados meses de vida até seu assassinato em Carthage, Illinois. Continuar lendo

A “Revolta Racial” em Salt Lake City Que Nunca Aconteceu

Na esteira dos protestos em Salt Lake City, boatos circularam sobre a iminente invasão de casas na região norte de Utah. Manifestantes supostamente planejavam bater em portas e “se as pessoas atenderem quando baterem, eles [iriam atirar] para provar que vidas negras importam”. Departamentos de polícia de toda a região emitiram declarações através de mídia social de que parecia não haver uma ameaça credível. De fato, os boatos podem ter sido desencadeados por postagens de mídias sociais, como uma postada por “Blacklivess Matter”, que prometia “estaremos assassinando famílias brancas até que a justiça seja feita!!!” ou outra da “ANTIFA America”, que declarava “Hoje à noite dizemos ‘F…. A Cidade’ e entraremos nas áreas residenciais. . . nos bairros brancos. . . para tomar o que é nosso”. Isso era assustador. Mas, como os rumores em Utah,  faziam parte de uma mentira. A rede NBC News descobriu, por exemplo, que a conta da “ANTIFA America” estava vinculada a um grupo neonazista conhecido como Identity Evropa. O objetivo de tais boatos era semear discórdia, medo e, assim como a violência entre manifestantes, servia para deslegitimar um movimento e desviar a atenção de sua mensagem.

‘Líderes SUD: usem sua influência em prol da justiça moral”, dizia a faixa carregada por estudantes e professores da Universidade de Utah, em 1965. Marchando ao lado de membros da NAACP, em Salt Lake City, eles pediam que a Igreja Mórmon usasse sua influência em favor do movimento de direitos civis. | Imagem: The Daily Utah Chronicle/KUED

Essa tática de desinformação e propaganda política tem uma longa história entre governos e tem sido empregada nos Estados Unidos em inúmeras ocasiões. Infelizmente, os rumores sobre violência inspirada pelo Black Lives Matter (Vida Negras Importam) no norte de Utah fazem lembrar uma campanha de desinformação semelhante, lançada contra a população de Utah em setembro de 1965. Continuar lendo

Revelação a Newel K. Whitney Através de Joseph, o Vidente (1842)

Um ano antes de ditar a revelação sobre “pluralidade de esposas”, a qual viria a ser canonizada décadas após sua morte como a seção 132 de Doutrina & Convênios, Joseph Smith recebeu uma revelação em que o Senhor instruia seu futuro sogro sobre como realizar o casamento de sua filha ao Profeta.

Sarah Ann Whitney, em Utah. Em 1842, Sarah Ann Whitney foi selada a Joseph Smith em cerimônia oficiada por seu pai, e tendo sua mãe como testemunha. O ritual foi prescrito em uma revelação recebida por Joseph Smith | Imagem: Cortesia de Batsheba W. Bigler Smith Photograph Collection, circa 1865-1900, Biblioteca de Historia da Igreja, Salt Lake City.

Em 25 de julho de 1842, Joseph Smith Jr. ditou a Newel K. Whitney uma revelação sobre a cerimônia na qual Whitney lhe daria sua filha, Sarah Ann Whitney, em casamento.

A revelação foi publicada pela primeira vez este ano pelo Projeto Joseph Smith Papers, reconhecido projeto documental do Departamento Histórico d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e faz parte do seu mais recente volume de documentos, cobrindo o tumultuado período entre maio e agosto de 1842.

De acordo com os editores, a revelação, antes inacessível ao público, traz “as únicas instruções existentes do período de vida de [Joseph Smith] para a realização de uma cerimônia de casamento plural”. Continuar lendo