Brigham Young: São José Smith

O Presidente Brigham Young fez os seguintes comentários sobre Joseph Smith na Conferência Geral de Outubro de 1859, celebrando e descrevendo Smith de maneira teologicamente muito similar ao posto canônico de “Santo” para os Católicos:

Brigham Young

“Joseph Smith possui as chaves desta última dispensação, e agora está envolvido atrás do véu na grande obra dos últimos dias. Eu posso dizer ao[s] nosso[s] amado[s] irmão[s] cristãos … que nenhum homem ou mulher nesta dispensação jamais entrará no reino celestial de Deus sem o consentimento de Joseph Smith. Desde o dia em que o Sacerdócio foi tirado da terra até a cena da dissolução de todas as coisas, cada homem e cada mulher deve ter o certificado de Joseph Smith, júnior, como um passaporte para sua entrada na mansão onde Deus e Cristo estão – Eu com você e você comigo. Eu não posso ir para lá sem o consentimento dele. Ele possui as chaves do reino para a última dispensação – as chaves para governar no mundo espiritual; e ele governa lá triunfante, pois ele ganhou o poder pleno e uma vitória gloriosa sobre o poder de Satanás enquanto ele ainda estava na carne, e foi um mártir para a sua religião e o nome de Cristo, o que lhe dá uma vitória mais perfeita no mundo espiritual. Ele reina lá como um ser supremo em sua esfera, capacidade e chamado, assim como Deus no céu. Muitos exclamarão- “Ó, isso é muito desagradável! É ridículo! Não podemos suportar essa idéia!” Mas é a verdade.” (Journal of Discourses 7:289)

 

Na tradição Católica, um “santo” é uma pessoa de reconhecida divindade e cuja exaltação para o Céu e a presença de Deus é certa, e a quem, pela natureza desta posição exaltada, se espera intercessão entre nós e Deus.

Como Mórmons na atualidade veem a canonização especial para “santo” de Joseph Smith por Brigham Young?

 


Leia mais sobre a crença de que Joseph Smith seria o Espírito Santo

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre o que Joseph Fielding Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre a proibição de ordenação de negros ao Sacerdócio

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre a semente de Cã

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young e John Taylor ensinaram sobre negros

17 comentários sobre “Brigham Young: São José Smith

  1. Tá… não tem como essa citação não ser divertida, por maior que seja minha admiração pelo profeta fundador, e pela maioria dos presidentes da igreja SUD, é engraçado! São Joseph Smith “padroeiro da restauração”, mas também temos: São Jonh Taylor “padroeiro da poligamia” (ou seria São Young), são Kimball “padroeiro do sacerdócio”, São Hinckey padroeiro do templo, e por aí vai…. de fato nunca vi nenhuma “estatuazinha” destes, mas quadros não faltam nas capelas e lares SUD’s. Gostei.

  2. Creio que Brigham Young neste dia estava muito “inflamado” cheio de alegria e quando uma pessoa está neste estado de espírito, a emoção toma conta e as palavras tomam grandes proporções. Um exemplo disso em minha opinião foi o discurso de Amon na ocasião do encontro com os irmãos na volta da missão aos lamanitas. Aarão até chegou a dar um “toque” no irmão por causa de seu grande entusiasmo, quase chegando a vanglória. Amon caiu em si, porém tentou justificar um pouco o peso de suas palavras (Alma 26:10) rsrsrs!
    Eu endosso BY nesta fala “Joseph possui as chaves desta última dispensação, e agora está envolvido além do véu na obra dos últimos dias”
    Eu entendo que BY quis dizer que: Todos deverão aceitar Joseph Smith como profeta restaurador das doutrinas, ordenanças e convênios que fazem parte da plenitude do evangelho capaz de nos levar de volta ao Pai como seres exaltados.

    • Com todo respeito Ligia, e consideração por suas palavras permita-me discordar. João 14:6 Jesus fala: “Eu sou o caminho a verdade e a luz, ninguém vem ao pai se não por mim…” O livro de mórmon diz: “E sob este nome vós sois libertados e não há qualquer outro nome pelo qual podeis ser salvos…”Mosias 5:8 Fora estas, existe pelo menos mais uma dúzia de escrituras entre o livro de mórmon ,a bíblia e Doutrina e convênios que dizem algo semelhante as duas escrituras que citei. Não ´ha duvidas que Brigham Young era enfático, enérgico e brilhante como orador e é claro que existe um certo nível de empolgação nesta fala. Também é de conhecimento que Joseph algumas vezes deu a entender algo do tipo (assim como também varias vezes deixou claro o oposto, oque era tipico de Joseph, carismático, gentil, genial, contraditório e também um pouco vaidoso ). O Reino é de Cristo, o santo na porta é o altíssimo. É Cristo !, não Joseph quem decide.

      • Olá Richard, com todo o respeito por você, pelo Vozes e por todos os leitores. O que quis dizer é que não acredito que Joseph Smith seja o “Guardião da Porta”. Creio nele como o profeta da restauração e sou muito grata por ter cumprido sua missão.
        BY realmente estava muito exaltado neste dia e exagerou em sua colocação!

  3. Canonização remete à perfeição, e ele não o foi. Ele foi um homem como eu. Mas ele foi o “cara”.
    O profeta que encabeça uma dispensação é responsável pelos seres viventes daquela dispensação. No entanto, tais profetas entregaram as chaves de suas dispensações para Joseph. Meu raciocínio então me leva a crer na seguinte situação: Um bispo tem chaves para julgar os irmãos de sua ala. Seria como se todos os bispos entregassem suas chaves à um bispo apenas, este bispo teria o poder de julgar os irmãos das alas de tais bispos, inclusive estes bispos. Entendo então que, Joseph julgará Adão e todos os demais. Portanto, a afirmação de young vai de encontro com a doutrina SUD.

  4. Deus está ao leme. Nunca duvideis disso. Quando nos depararmos com a oposição, Ele abrirá caminho onde parece não haver saída. Nossos esforços individuais podem parecer humildes e um tanto quanto insignificantes. Mas a soma das boas obras de todos, trabalhando juntos para um propósito comum, permitirá que grandes e maravilhosas realizações. O mundo será um lugar melhor em decorrência de nosso trabalho conjunto. Nosso povo será feliz e abençoado, um povo cujo pastor é o Senhor, que nos guiará a verdes e tranqüilas pastagens, caso sigamos Seus padrões e caminharmos em Sua luz.
    Que não haja vozes dissidentes entre vós. Que os críticos não vos perturbem. Como Alma declarou há muito tempo: “E também não admitais que ninguém seja vosso mestre ou ministro, a não ser que seja um homem de Deus, que ande em Seu caminho e guarde Seus mandamentos”. (Mosiah 23:14.)
    A verdade está nesta Igreja. A autoridade está neste sacerdócio. A liderança está neste grande corpo do sacerdócio, em cada nível. Como declarou o salmista: “Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel”. (Salmos 121:4.)
    Ele, que é nosso Salvador, não tosqueneja nem dorme enquanto vela por Seu reino.
    Tão certo quanto este é o trabalho do Senhor, haverá oposição. Haverá muitos que com sofismas, palavras enganadoras e astúcia irão espalhar a dúvida e procurar minar o fundamento desta causa. Seu brilho será breve. Eles poderão receber, por algum tempo, o aplauso dos que duvidam, dos céticos e críticos, mas irão desaparecer e ser esquecidos, como os de sua espécie no passado.
    Enquanto isso, iremos avante, apesar das críticas, cientes de suas ações e palavras, porém sem nos deixar intimidar. O Senhor disse, antes mesmo de a Igreja ser organizada:
    “Portanto, não temais, pequeno rebanho; fazei o bem; deixai que a terra e o inferno se unam contra vós, pois se estiverdes estabelecidos sobre a minha rocha, eles não poderão prevalecer ( . . . )
    Buscai-me em todo pensamento; não duvideis, não temais.
    presidente Gordon B. Hincley
    liahona abril de 1994

  5. bando de vermes. vocês sofrerão a ira de Deus nessa vida é na outra. vocês estão mostrando a cara descaradamente. sou grato pelo meu testemunho e por não me abalar com o engano de vocês. vocês devem feder cocô com carniça.

    • Aproveita e veste um colete de explosivos e sai pra explodir algum de nós contra os quais os que você vociferou ódio e desdenho. Ah, só não esquece de bradar “por Monson e pelos profetas!” quando apertar o detonador…

      PS.: Perdoe esse jovem sumo aqui, apenas não entendo como um cego consegue querer corrigir outro.

  6. Olha só vejo uma empolgação e ideário como muitos membros tem. Não só Joseph como muitos profetas são idealizados como dessa forma. Agora, tem uns exageros básicos aí nessa fala sem nenhuma dúvida…

  7. Pessoal, fico com medo de tantas coisas que lemos nas opiniões. Jesus disse: “Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim.” . Não lembro das escrituras colocarem mais alguém como intermediário nessa história. Acho que devemos sim, agradecer pela contribuição de JS para o evangelho restaurado, mas dizer que ele é o guardião do reino. Realmente a fé de mais deixa a pessoa cega.

  8. Antônio Trevisan Teixeira
    Bem lembrado, todos prestarão contas a Adão. Então, está correto o raciocínio de que cada profeta que encabeçou uma dispensação julgará os povos de sua dispensação? Pelo que entendi, Smith então julgará os que viveram em sua dispensação. Assim, Cristo julgará somente os cabeças das dispensações?

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s