A Lua e os Profetas Mórmons

Hoje é dia de eclipse total da Lua com “superlua”.

Em celebração a esse singular evento astronômico, vamos discutir como assisti-lo e a importância história do nosso único satélite natural para os profetas mórmons.

Superlua fotografada nos céus da Bretanha. (Fotografia por Owen Humphreys/PA)

Superlua fotografada nos céus da Bretanha. (Fotografia por Owen Humphreys/PA)

O fenômeno astronômico de hoje deve ser interessante pelo espetáculo visual e pela oportunidade de aprendizado científico. Eclipses lunares ocorrem quando a Terra, em sua órbita ao redor do Sol, posiciona-se temporariamente entre o Sol e a Lua, projetando sua sombra em seu satélite natural, a Lua, bloqueando os raios solars sobre ela.  E, por causa de fenômenos atmosféricos terrestres, para observadores na Terra a Lua parece mudar de cor para tons bíblicos:

“Em todo eclipse lunar total se observa a chamada “lua de sangue” – termo usado popularmente, mas não adotado tecnicamente pelos astrônomos, e que se refere ao tom avermelhado que a Lua assume quando entra na fase máxima de sombreamento. Essa mudança de cor é provocada pelos mesmos fatores que fazem o céu ser azul.

O eclipse de hoje começa, em sua fase de penumbra, aos 00h36, no horário de Brasília, e será visível em todo território brasileiro. A fase da umbra, em que a sombra do Sol começa a ser observada na superfície da Lua, começa à 01h33, chegando em sua fase total máxima às 03h12. A fase total deve terminar às 03h43, a fase parcial às 04h50, e fase de penumbra às 5h47.

O evento poderá ser acompanhado a olho nu, desde que se tenha um céu livre de nuvens e uma boa visão do céu na direção norte e noroeste. A fase de penumbra inícia-se aproximadamente ao norte (um pouco ao leste de norte) e a 43 graus de altitude (imagine o horizonte em zero grau e o zênite, diretamente acima da sua cabeça, aos 90 graus), a fase de umbra inicia-se ao norte e a 45 graus de altitude, e o eclipse total inicia-se a noroeste e 36 graus de altitude.

Quem não puder ou não conseguir assisti-lo a olho nu, pode acompanha-lo ao vivo aqui:

Espetáculos astronômicos não obstantes, mórmons muitas vezes se interessam mais pela Lua por causa de profecias. Vejamos algumas delas: Continuar lendo

Presidência da Área Brasil Responde a Eventos de Santa Catarina

A Presidência da Área Brasil da Igreja SUD reagiu aos eventos recentes de Santa Catarina quando um grupo de mórmons participou de uma reunião de testemunhos para testificar de profetas e revelações fora da hierarquia eclesiástica formal.

Foto do Templo SUD de São Paulo (© Vozes Mórmons)

Em nota oficial emitida no dia seguinte em que cobrimos esses eventos aqui, a liderança máxima da Igreja SID no Brasil estabelece regras claras a líderes locais de como restringir o tempo livre para testemunhos apenas para membros da Igreja, designar voluntários para estarem sempre prontos para filmar ocorrências, e diretrizes de como lidar com tais expressões de fé e crença que sejam heterodoxas.

Leia aqui o memorando interno distribuído para todos os Setentas, Presidentes de estaca, distrito e missão; bispos e presidentes de ramo d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias: Continuar lendo

Leonard Arrington: Ezra Taft Benson e a Verdadeira História Mórmon

“Tive um sonho na noite de sexta de que havia sido demitido do meu cargo como Historiador da Igreja”, escreveu Leonard J. Arrington em 11 de setembro de 1972. “Isso pode ter sido provocado”, concluiu com humor, “por comer demais frango assado e/ou por um telefonema que recebi”.

Leonard J. Arrington (1917-1999) foi o primeiro não-Apóstolo, e até hoje o único não-Autoridade Geral, chamado para o ofício de Historiador da Igreja desde a instituição de tal chamado eclesiástico por Joseph Smith em 1842. Arrington ainda teve um trabalho fundamental na orientação de uma nova geração de historiadores mórmons até sua aposentadoria como Professor e Chefe de Departamento da Universidade Brigham Young (BYU).

Capa do primeiro volume de “Confissões de Um Historiador Mórmon”, editado por Gary Bergera. | Imagem: Cortesia de Signature Books.

A liberdade acadêmica e  intelectual proposta por Arrington não passou, porém, incólume. Alguns Apóstolos, como Ezra Benson, Bruce McConkie, Mark Petersen, e Boyd Packer fizeram feroz oposição ao seu trabalho, até que em 1982, ele foi desobrigado em reunião privada e seu novo substituto anunciado em Conferência Geral alguns meses depois, sem quaisquer menções ou votos de agradecimento a Arrington. Continuar lendo

Igreja Mórmon Modifica Garments

Maior mudança nas vestes sagradas do templo desde a década de 1920

Na semana passada, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias lançou novos modelos de garments, as vestimentas religiosas usadas por membros que receberam a cerimônia da investidura. Os lançamentos trazem tecidos mais elásticos e mangas menores para o público feminino.  Alguns modelos masculinos e femininos, antes disponíveis nos EUA, também foram descontinuados, como os garments de peça única. Porém, a maior e mais inusitada inovação nas vestes mórmons está na confecção das suas quatro marcas sagradas.

Ao invés de bordadas de forma visível no exterior da peça, as marcas são impressas no avesso, de forma a não serem visíveis de fora. Além disso, devido à impressão, os novos garments têm “validade” prevista de um ano. Na compra dos novos modelos, membros SUD recebem a seguinte explicação: Continuar lendo

Venezuela Sairá da Crise com Dízimo?

O Setenta Autoridade Geral brasileiro Carlos Godoy aparentemente prometeu aos membros da Igreja SUD venezuelanos, num país que está vivendo uma das piores crises econômicas da atualidade, que se os mórmons pagarem seus dízimos adequadamente, o país passará por uma recuperação milagrosa.

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa "digna", deve submeter-se à uma entrevista e provar que segue todas as regras da Igreja

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa “digna”, e poder participar de seus ritos mais sagrados, deve submeter-se à uma entrevista  e provar que está pagando seus dízimos em dia

De acordo com o primeiro conselheiro da Missão Venezuela Valencia, Godoy teria prometido aos membros da Igreja: Continuar lendo

Editora do New York Times Rebate Mórmons Sobre Thomas Monson

O editorial do The New York Times oferece uma resposta, e uma reprimenda, aos membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por não compreenderem (ou fingirem não compreender) o que significa, e como funciona, ética jornalística.

Presidente Thomas S. Monson no lobby do Prédio Memorial Joseph Smith em junho de 2011. (Foto: Scott G. Winterton, Deseret News)

Tudo começou com o falecimento do Profeta e Presidente da Igreja SUD Thomas Monson. A seção de obituários do respeitado jornal The New York Times emitiu uma nota de falecimento reconhecendo sua passagem, como de costume com figuras públicas. E os membros da Igreja imediatamente entraram em ação. Continuar lendo

Programação do Velório e Funeral de Thomas Monson

O Departamento de Relações Públicas d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou a programação para os serviços de velório e funeral para o falecido Profeta e Presidente Thomas Spencer Monson.

Presidente Thomas S. Monson no lobby do Prédio Memorial Joseph Smith em junho de 2011. (Foto: Scott G. Winterton, Deseret News)

O velório de Monson, falecido no dia 2 p.p., será realizado no Centro de Continuar lendo

Falece Profeta Mórmon Thomas Monson

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou ontem à noite que o Profeta e Presidente da Igreja Thomas Spencer Monson faleceu ontem às 22:01, horário local, de “causas relacionadas com idade”.

saúde Thomas Monson profeta

Imagem original: Salt Lake Tribune

Monson, que havia completado 90 anos de idade em agosto p.p., não mais Continuar lendo

Igreja Mórmon Inova em Caridade

Aproveitando a enorme circulação de turistas (e dinheiro) ao redor do seu icônico Templo de Salt Lake City, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias este ano decidiu inovar em suas ações humanitárias e publicitárias de Natal, instalando quatro máquinas de venda em que podem-se comprar produtos e serviços destinados a populações de países pobres.

Missionária Hope Davis em frente a uma das máquinas instaladas no Joseph Smith Memorial Building. | Imagem: Cortesia de Spenser Heaps, Deseret News.

De acordo com a reportagem do jornal Deseret News, os valores vão de US$ 5 (cerca de R$ 16) a US$ 75 (cerca de R$245): Continuar lendo

Joseph F. Smith: Sem Poligamia Não Há Exaltação

O Profeta Joseph F. Smith explicou que é impossível para um homem ser exaltado no Reino Celestial com apenas uma esposa, em discurso no histórico Tabernáculo Mórmon, em 7 de julho de 1878:

Joseph F. Smith serviu como Presidente da Igreja SUD (1901-1918), Conselheiro na Primeira Presidência (1866-1877, 1880-1887, 1889-1901), e Apóstolo (1866-1918).

Continuar lendo

Heber C. Kimball: Como Conseguir Um Casamento Celestial

O Presidente Heber C. Kimball, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, fez os seguintes comentários para missionários em perspectiva se preparando para sair ao campo missionário sobre como se deveriam comportar para “conseguir um casamento celestial“:

Heber C. Kimball, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência (1847-1868)

Continuar lendo

Igreja SUD Compra Manuscrito do Livro de Mórmon

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias adquiriu o chamado “manuscrito do tipógrafo” do Livro de Mórmon por USD 35 milhões. O valor, anunciado pela Comunidade de Cristo, é considerado o maior já pago por um manuscrito literário.

Primeiras páginas do manuscrito do tipógrafo, adquirido pela Igreja SUD.

“O manuscrito do tipógrafo”, afirmou Steven E. Snow, do Departamento de História da Igreja SUD, “é a mais antiga cópia sobrevivente de cerca de 72% do texto do Livro de Mórmon, já que apenas cerca de 28% da cópia anterior sobreviveram às décadas de armazenamento em uma pedra angular em Nauvoo, Illinois”.

A Comunidade de Cristo, sediada em Independence, Missouri, foi proprietária do manuscrito do tipógrafo de 1903 até a venda na semana passada. Até 2001, a denominação era conhecida como  Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias até 2001.

Dois manuscritos

Originalmente, dois manuscritos do Livro de Mórmon foram escritos. O primeiro, que historiadores chamam de “manuscrito original“, foi redigido enquanto Joseph Smith ditava (de acordo com testemunhas oculares, lia as palavras que apareciam na pedra de vidente colocada no fundo de um chapéu) por vários escrivões, entre eles Emma Smith e Oliver Cowdery.

Esse primeiro manuscrito foi enterrado em 1841 nas fundações da Mansão de Nauvoo, a qual Joseph Smith estava construindo para lhe servir de hotel e bar, e desenterrado após quatro décadas por sua família, sendo distribuído em partes entre descendentes e amigos. Menos de um terço do manuscrito havia sobrevivido sem danos causados por umidade e fungos.

O segundo manuscrito foi copiado por Oliver Cowdery do primeiro manuscrito, com correções e emendas ditadas por Joseph Smith, de modo a levar para a tipografia de E. B. Grandin apenas algumas páginas por vez durante o trabalho de edição, tipagem e impressão da primeira tiragem do Livro de Mórmon. Esse manuscrito, que permaneceu em posse da família de Joseph Smith após sua morte em 1844, historiadores intitulam de “manuscrito do tipógrafo“.

Cooperação entre “primos”

Em 2015, a Comunidade de Cristo havia autorizado A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, através do seu Departamento de História, a fotografar e preparar para publicação o segundo manuscrito do Livro de Mórmon. A publicação desse manuscrito permitiu acesso ao documento mais próximo ao original do livro ditado por Smith e que hoje, após milhares de alterações e revisões, é cultuado e reverenciado como escritura sagrada por milhões. Além de sua importância histórica, avaliações criteriorosas dessas mudanças e revisões servem de pistas sobre o processo evolutivo do pensamento e das crenças Mórmons.

Preço recorde

Antes da negociação entre a Igreja SUD e a Comunidade de Cristo, o preço mais alto já pago por um manuscrito havia sido de USD 30,8 milhões, quando Bill Gates adquiriu manuscritos de Leonardo da Vinci, conhecidos como Codex Leicester, em 1994.

Bênçãos Patriarcais Aos Mortos

“Teu filho, William[,] terá poder sobre as igrejas, ele é pai em Israel sobre os patriarcas, e toda a Igreja; ele é o último da linhagem que é levantado nestes últimos dias”, afirmava a visão recebida por Lucy Mack Smith, acerca de seu filho William Smith.¹

Patriarca da Igreja William Smith bênção patriarcal

William Smith, circa 1862. | L. Tom Perry Special Collections, BYU; Joseph Smith Papers Project.

William Smith (1811-1893 ) foi terceiro Patriarca d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.² Apesar da grandiosidade do seu ofício, reiterada na revelação de sua mãe, William Smith teve sua autoridade por demais limitada por parte dos Apóstolos. Ainda tentando recuperar-se do trauma do assassinato de Joseph e Hyrum Smith, e sem uma Primeira Presidência, os apóstolos liderados por Brigham Young não apreciavam a percepção de Lucy Mack ou muitas das opiniões do novo Patriarca, com quem desenvolveram uma relação atribulada. Continuar lendo

Utah, Estado Com Menor Igualdade de Gêneros

Dentre os 50 estados norte-americanos, sede mundial do mormonismo tem a pior disparidade entre homens e mulheres, de acordo com estudo publicado esta semana.

mulheres mórmons Utah emprego

O ranking elaborado pelo site de finanças WalletHub considerou três categorias: (1) igualdade de tratamento no ambiente de trabalho; (2) igualdade de oportunidades para educação e saúde; e (3) empoderamento político. As três foram avaliadas usando 15 métricas, em uma escala de 100 pontos, comparando a diferença entre homens e mulheres por categoria em cada estado.

Utah foi classificado em

  • 40º lugar em empoderamento político;
  • 43º  em ambiente de trabalho;
  • 46º em posições executivas;
  • 48º em número médio de horas de trabalho;
  • 50º em nível educacional avançado.

Continuar lendo

Igreja Mórmon Excomunga Autoridade Geral

Primeira excomunhão de um líder mundial da Igreja SUD em 28 anos

excomunhão autoridade geral setenta

James J. Hamula. | Foto: lds.org

Membro do Primeiro Quórum dos Setenta, James J. Hamula foi excomungado ontem (08/08), por um conselho disciplinar formado pela Primeira Presidência e o Quórum dos Doze. Continuar lendo