O que é Corpus Christi?

Hoje no Brasil comemoramos o feriado de Corpus Christi.

Procissão na Piazza San Marco, por Gentile Belline (ca. 1496)

Você sabe o que é e o que celebra Corpus Christi? É muito provável que não saiba, ou que ache tratar-se de algo bem diferente.

O feriado de Corpus Christi (latim para “corpo de Cristo”) é uma solenidade litúrgica do rito latino celebrando a tradição e crença no corpo e sangue de Jesus Cristo e Sua presença real na Eucaristia (ou, para Mórmons, sacramento). Ele enfatiza a alegria da instituição da Eucaristia. A festa é liturgicamente comemorada na quinta-feira que se segue ao Domingo da Trindade (o domingo após Pentecostes ou oito semanas após o Domingo de Páscoa).

No final da Santa Missa, muitas vezes há uma procissão do Santíssimo Sacramento, geralmente exibido em um ostensório. A procissão é seguida pela Bênção do Santíssimo Sacramento.

A celebração do feriado foi suprimida em igrejas protestantes durante a Reforma, e hoje a maioria das denominações protestantes não reconhecem a festa. A Igreja Anglicana, por exemplo, a aboliu em 1548 com o avanço da Reforma Inglesa, porém acabou reintroduzindo-na posteriormente.

A instituição de Corpus Christi como uma festa do calendário cristão resultou de cerca de quarenta anos de trabalho por parte de Juliana de Liège, uma freira norbertina do século 13, nascida em Liège, Bélgica, uma cidade onde havia grupos de mulheres dedicadas ao culto eucarístico. Guiadas por sacerdotes exemplares, elas viviam juntas, dedicadas à oração e às obras de caridade. Órfã desde os cinco anos de idade, ela e sua irmã Agnes foram confiadas aos cuidados das monjas agostinianas do convento e leprosário de Mont-Cornillon, onde Juliana desenvolveu uma especial veneração ao Santíssimo Sacramento. Os esforços religiosos de Juliana ganharam notoriedade regional, mas o feriado realmente tornou-se uma festa verdadeiramente universal só depois que o edito do Papa Urbano IV foi incluído no conjunto de leis conhecidas como “Clementinas”, compiladas sob o Papa Clemente V e promulgadas pelo Papa João XXII em 1317.

Quando o Papa Pio V reformou o calendário romano geral, Corpus Christi foi um dos dois únicos “feriados de devoção” que ele decidiu manter. Nesse calendário, Corpus Christi era celebrado na quinta-feira após o Domingo da Trindade, onde ele vem sido celebrado até os dias atuais, exceto em países onde não é um dia santo obrigatório, então celebrado no domingo seguinte.

Corpus Christi é um feriado público em vários países com população predominantemente católica, incluindo, entre outros, Áustria, Argentina, Brasil, Bolívia, (partes da) Bósnia e Herzegovina, Chile, Colômbia, Croácia, Cuba, República Dominicana, Timor Leste, Haiti, Israel (somente em Jerusalém), Itália, (partes da) Alemanha, Granada, Liechtenstein, Mónaco, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, (partes de) Puerto Rico, San Marino, Espanha, (partes da) Suíça, Santa Lúcia, Trinidad e Tobago, (partes dos) Estados Unidos, Uruguai e Venezuela.

Mórmons celebram alguns dias santos do rito latino, como Natal e Páscoa, enquanto mórmons brasileiros comemoram Carnaval em festas chamadas acampamento. Por que não celebramos Corpus Christi, também? Será apenas um legado histórico do contexto Protestante de Joseph Smith, que abraçava Natal e Páscoa mas rejeitava os mais católicos Corpus Christi e a quaresma? Ou haveria uma motivação mais específica e doutrinária?

6 comentários sobre “O que é Corpus Christi?

    • Bem lembrado, Quintino. Essa distorção linguística-litúrgica é uma curiosidade mórmon, realmente. Em teoria, sim, batismo seria um “sacramento” tanto quanto a “santa ceia”. Contudo, no vernáculo popular e litúrgico mórmon, “sacramento” acabou sendo relegado apenas à santa ceia. Note que tomamos cuidado no artigo acima para não confundir a situação por causa dessa distinção idiosincrática.

  1. Uma correção, não ”comemoramos” o carnaval a qual chamamos de acampamento, os Jovens aproveitam os feriado (já que o país para) vão para o acampamento onde tem reuniões, sacramento e etc… a maneira como falam ”comemoram” é totalmente destorcida.

    • “Destorcida” (sic), Karollina?

      Anualmente, em uma data específica, mórmons participam de um evento coletivo com conotações sociais, culturais, e religiosas, que se repete todo ano, que é vinculada exclusivamente para essa data específica, e que não se repete em outras datas. Explique-nos, racionalmente, como isso não é uma “comemoração”!

      O “país para” (sic) em vários outros feriados durante o ano. Os “Jovens aproveitam” (sic) esses outros feriados com acampamentos, também?

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s