O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Discutindo o assunto da baixa taxa de retenção de membro na Igreja SUD no Brasil, recebi os seguintes comentários de um amigo.

Comentários, não. Desabafo!

Eu gostaria de compartilhar publicamente essa carta que, ao meu ver, expressa bem algumas frustrações comuns entre SUDs no Brasil. Além disso, é honesta, bem humorada, positiva, e excelente início para uma discussão franca.

Ele apenas solicitou que lhe protegera a identidade, não por si, mas para evitar o risco de ferir os sentimentos dos membros de sua Ala ou Estaca.

PORQUE SE AFASTAM?

Alexandre Silva Mil
(pseudônimo)

O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Esse é um tópico da maior importância, pois ao aborda-lo, talvez nos capacitemos a melhor ajudar outras pessoas.

A pergunta “o que faz as pessoas se afastarem da Igreja” é tão ampla que fica difícil eleger apenas uma resposta.

Coloco aqui algumas considerações pessoais, inteiramente baseadas nas minhas próprias impressões e na minha experiência anedotal. Não presumo expor considerações acadêmicas ou baseadas em pesquisas ou estudos sociológicos.

Primeiramente, noto que a Igreja apresenta-se mais como “empresa” que como entidade “espiritualista”. No dia que a Igreja mudar esse ar corporativo e passar a fornecer alguma coisa realmente espiritual para os membros, ao invés de ficar com esse número infindável de reuniões (focadas em análises de números e estatísticas) que mais parecem reuniões de “marketing-de-rede”; no dia em que a Igreja deixar de ser a Igreja da “diplomacia” e dos “delegados”, com certeza as pessoas não vão querer se afastar tanto.

A pergunta que se deve fazer aqui é o que as pessoas que deixam de ir a Igreja estão procurando lá fora e não encontraram aqui dentro? Com o quê elas se decepcionaram na Igreja?

É incrível como entra ano, sai ano, a inatividade na Igreja aumenta e os métodos continuam os mesmos! Não é preciso fazer um estudo muito aprofundado para se intuir o por quê das pessoas se afastarem, pelo ao menos aqui no Brasil. Basta frequentar uma capela por uns três meses que a maioria das pessoas vai, eventualmente, se desiludir.

A Igreja hoje não oferece espiritualidade em uma época em que as pessoas estão sedentas por espiritualidade. O cidadão entra pra Igreja, começa a frequentar aquele monte de reuniões chatérrimas, que só falam de números, que parecem reuniões de empresa, e junto a isso recebe um pacotão de tarefas que inclui: almoço para os missionários, limpeza das capelas, visitas de mestre familiar, e outros bônus mais. Daí um tempo ele começa a sacar, e aí vem a diplomacia que citei acima, uma ou duas famílias, usualmente as mais antigas na Igreja, se encarregam de ajudar os membros novos a se afastar. Uma ou duas famílias, lá do púlpito, começam a falar com voz mansa que temos que fazer isso, temos que fazer aquilo, temos que fazer mais aquilo outro, que o Senhor esta vendo tudo, e Ele vai cobrar um dia, etc., e além desses membros “antigos” não “pegarem no pesado”, começam com aquela estória de que desde que eles entraram para a Igreja “não sei quantas pessoas entraram e saíram”, mas eles e suas famílias ficaram firmes, e os “fracos” não aguentaram e se afastaram! E aí, tudo que parecia lindo e perfeito começa a cair por terra: você vê que a família do Presidente da Estaca é mais desorganizada que a sua, e mesmo assim os “líderes” delegam. É a Igreja dos “delegados e diplomatas”. Não raro em reuniões de liderança ouvi-se o seguinte: Olha, dá esse cargo para tal pessoa, que é membro novo, por que ele é “sangue novo” e ainda tá animado…

Não tem nada de sangue novo, é que o cara ainda tá fascinado com a imagem dos missionários, e ele demora um pouco pra sacar a jogada. Um pouco de gente dá um monte de ordens, faz um monte de reuniões, uma atrás da outra, manda o cara preparar reunião de integração, visitas isso e aquilo. É claro, somos uma Igreja que prometemos nada mais, nada menos que a eternidade da família. Claro, desde que o indivíduo goste de sua família e queira passar a eternidade com ela.

Uns demoram mais, outros demoram menos, mas cedo ou tarde percebem que toda essa “atividade” (já que a palavra aqui é “inatividade”) faz mais mal do que bem. O cara percebe que o Bispo, além de pedir o dízimo, pede também para ajudar a financiar a missão de alguém, e dai em pouco ele percebe que está sendo completamente sugado, não tem tempo de ficar com sua família, os membros de sua família que não são da igreja se tornam uma espécie de “os outros”, ai ele começa a ter algum problema, conversa com o Bispo e a receita é sempre a mesma: Quando não fala que ele é um portador do Sacerdócio e, portanto, tem que “aguentar firme ” por que alguém não sei onde e não sei quando caiu de uma carroça, morreu, foi atacado pelos índios, e que esses são os pioneiros e que ele também deve ser valente como os pioneiros; ou então manda ele orar, jejuar, e ler as escrituras. Então ele vê aquele líder, que lhe pediu dar do seu dinheiro pra financiar a missão de alguém, usar de alguma forma o dinheiro da Igreja e a “diplomacia” da Igreja para, com o dinheiro da Igreja, pagar um curso de inglês para um filho, arrumar uma bolsa na BYU pra outro filho, e o coitado do membro-novo não tem um Sábado pra passar com a família por que, quando não é missionário, é visita de mestre familiar, é limpeza de capela, é reunião de treinamento, etc. Ufa, eu já estou até cansado só de pensar em toda essa atividade!

E ainda nos perguntamos por que as pessoas se afastam da Igreja. Ainda temos a coragem (principalmente entre os membros antigos) e a covardia de falar que fulano saiu por que é fraco. Que aquela menina que ficou esperando 10 longos anos por um portador do Sacerdócio digno, e se casou fora da Igreja, fez isso por que não tem fé, por que não é fiel!

Sinceramente, esse assunto é muito serio e é cruel a maneira com a qual a liderança de diplomatas e delegados tratam essas pessoas. É por isso que as outras igrejas como a Batista, a Quadrangular, a Renascer, a Universal, o Espiritismo estão cada vez mais cheias. As pessoas chegam, ouvem que Jesus as ama, que a maldição da vida delas vai ser retirada AGORA, e não num futuro distante, numa eternidade incrivelmente inatingível. O cara não precisa entrar nessa espécie de “Big Brother”, no que a nossa Igreja se tornou, onde os próprios membros se encarregam de eliminar uns aos outros, onde a lista infindável de tarefas como Sacerdócio, missão, cargo, casamento no templo, visitas, etc., são pontos que contam pra você vencer o jogo!!!

Eu, como Mórmon, fico preocupadíssimo. Nossa Igreja tem que repensar varias coisas. Líderes da Igreja no Brasil, onde estão? Alguém aqui, por favor, pode repassar essa mensagem para a liderança da Igreja no Brasil, para que possam pensar e refletir em quais mudanças poderiam ser benéficas para a Igreja.

Todo mundo aqui sabe que a nossa Igreja não é uma Igreja de amor, não é uma Igreja de espiritualidade. Muitas vezes você chega em casa pior do que foi. Eu, que sou nascido na Igreja, e passei a minha vida inteira na Igreja, já encontrei maior espiritualidade em visitas a reuniões da Seicho-No-Ie, de igrejas evangélicas, e de igrejas espíritas, do que encontro todo Domingo nas minhas reuniões dominicais. Hoje em dia, você não encontra nenhuma espiritualidade numa reunião da Igreja Mórmon.

Será que precisamos, realmente, perguntar por que as pessoas se afastam???


Leia também

Conheça o luxuoso Shopping da Igreja Mórmon.

Entenda o processo inglês contra o Presidente Monson.

O que os Profetas e Apóstolos ensinaram sobre Sexo Oral?

Saiba como a Igreja Mórmon discrimina contra famílias LGBT.

Por que líderes  estão preocupados com a deserção dos jovens?

Quantos SUD há no Brasil? Como realmente cresce a Igreja SUD?

Resultados da pesquisa sobre membros de Igreja SUD que “perdem a fé”.


380 comentários sobre “O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

    • Tenho no meu Facbook decorrido sobre o Tema (Igreja Mórmon), sou membro afastado, fui presidente de ramo e depois Bispo conselheiro da Estaca, professor da Escola dominical entre outras coisas, era encantado pela Igreja. Agora que exponho coisas investigavas sobre ela além de receber criticas ainda de quebram me bloquearam, por que? Eles não aceitam investigar e querem viver na na mentira, por mim tudo bem, mais calar a minha boca eles não tem direito!

      • vc só fez oque muitas pessoas humilde fazem, vc fez oque o salvador jesus cristo instruiu
        EXAMINAI AS ESCRITURAS POIS JULGAI TER NELAS A VIDA ETERNA,eu tambem tive varios chamados e participei de muitas reunioes mais nem uma das reuioes foi para
        visitar os doentes nos hospitais ou os presos na cadeias. eu sei que essa igrejafoi FUNDADA POR ALGUEM COMO QUALQUER OUTRA Abraço até mais

      • “eu sei que essa igrejafoi FUNDADA POR ALGUEM COMO QUALQUER OUTRA Abraço até mais” Se você estiver se referindo à Joseph Smith, eu concordo. Mas para mim, o fundador é Jesus Cristo, pois a Igreja pertence a Ele.

      • sim mas joseph se refere em seu livro só a jesus cristo qué é pedra da igreja e foi fundada baseado nele então melhor da uma lida 1° antes de criticar

      • “tive varios chamados e participei de muitas reunioes mais nem uma das reuioes foi para
        visitar os doentes nos hospitais ou os presos na cadeias” . Mas você chegou a sugerir estas coisas para a Liderança?

      • nenhum membro dessa igreja não perde o tempo querendo calar a boca de ninguem existe mandamentos principios jesus cristo vai nos ajudar atraves dessas coisas agora se apartir do momento em que vc para de ler a bíblia de fazer as orações sim vc vai enfraquecer espiritualmente e vai começar desacreditar de tudo aquilo que foi ensinado e é que vc já foi membro imagina se não estivesse sido

      • o que cristo quis dizer com esse versiculo é que os farizeus examinavam as escrituras e achavam que elas dariam a vida eterna a eles, mas se reparar no restante ele quer dizer que a salvação vem dele e as escrituras testificam que só ele pagou o preço por nós para que fossemos salvos.

      • Caro amigo, para fazer isso vc não depende dos outros. “Os homens devem fazer “muitas coisas boas” de sua livre e espontânea vontade e realizar muita retidão, pois são seus próprios árbitros… lembra

      • Olá Francisco, talvez sejamos parentes pois também sou Sanguinetti (nome de solteira) e é isto que me motiva a comentar. Fico muito triste em saber o quanto estás desanimado em relação a igreja, e fico triste também em ver quantas pessoas se dedicam a denegrir o nome da igreja mais do a qualquer outra. Mas sei que isto faz parte do plano, sabemos que isto aconteceria. Meu esposo serviu missão em 1984-1985, também foi Bispo durante 8 anos, serviu na Estaca, e teve muitos chamados relevantes, Tenho 3 filhos, uma moça casada no Templo, com um missionário retornado, um filho servindo na Missão Rio de Janeiro, e o outro em preparação para receber o chamado,para a missão. Estruturamos nossa família desde a juventude nos ensinamentos do evangelho através da igreja, estes ensinamentos nos ajudaram a vencer as adversidades, a nos manter-mos unidos, a suportar a perda de um filho, a ter uma vida saudável, enfim a ser felizes com poucas coisas e a reconhecer a mão do Senhor em cada uma delas. Nos tornamos melhores ao servir o nosso próximo e pretendemos continuar neste caminho que não é fácil e cheio de desafios, mas que com a ajuda do Senhor sabemos que conseguiremos.Na igreja existem muitas pessoas que nos desapontam muitas vezes, mas ninguém é perfeito e infelizmente existem pessoas com falta de caráter em todos os seguimentos, religiosos ou não. Mas ore ao Pai Celestial, e pergunte a ele o que ele deseja para a sua vida, Tenho certeza que ele responderá. tenho certeza que teve muitos momentos especiais em sua vida que sentiu a mão do Senhor lhe conduzindo, como um bom líder que acredito tenha sido. Em que momento você se decepcionou? O evangelho para mim e minha família é maravilhoso, só tem me trazido coisas boas, estou casada a 27 anos, namorei 6 anos, e posso dizer que somos muito felizes! Não entendo como o evangelho pode ter lhe prejudicado, com certeza foi alguém que lhe decepcionou! mas pondere em seu coração, o que aconteceu em sua vida para que enfraquecesse em seu testemunho. Oro para que você, possa encontrar a paz e esta certeza novamente, que possa voltar para o seu lugar que é na igreja, e que possa trabalhar com mais vigor que antes ainda nesta obra maravilhosa que só traz felicidade e esperança no futuro, Você é um filho especial do Pai Celestial, e ele o ama profundamente, mais do que nós conseguimos compreender. Independente do que possa ter acontecido volte! Se tiver que se arrepender, faça-o! mas não se torne amargo ou infeliz cheio de dúvidas, lembre que Satanás é o pai da dúvida, da discórdia e de tudo que não edifica. Sua irmã em Cristo, Claudia . ,

      • Caro amigo, posso compreender sua frustação, já passei por muitas situações difíceis nos meus 40 anos que me batizei na igreja de Jesus Cristo. Ao longo do tempo pude observar muitas coisas que os líderes faziam que iam contra aos princípios estabelecidos pelo Senhor, fui muito questionador e sei que incomodei muitas pessoas e fui de uma certa forma discriminado, sentindo-me rejeitado por certas pessoas, que por sinal eram meus líderes direto, mas independente de ter que viver toda essa situação frustante, apoiei-me no meu testemunho, e ignorei essas pessoas, e procurei dar mais atenção apenas as doutrinas e deixei o elemento humano de lado, com muito esforço e sacrifício, adquiri minha própia luz, e assim ando com minhas própias pernas, não dependo de ninguem pra continuar nessa minha tragetória, pois sei que um dia tudo isso vai ter seu fim e o Salvador reinará e teremos uma condição de vida perfeita sem ter que conviver com esses aborrecimentos. Concordo com voçe, somos livres e temos todo direito de questionar, investigar todas as coisas as quais não nos parece claro ao nosso entendimento, esse comportamento de tentar calar-nos, não provém de Deus mas daquele que deseja a destruição de todos os filhos de Deus, o própio Lúcifer. Gostaria de lhe dizer que apesar de voçe ter vivido todas essas experiências amargas, ignore os homens, não abra mão do seu direito a exaltação e de sua família, apoie-se no seu testemunho e confie no Salvador, ele o ama e deseja o seu bem estar, e reconhece seus esforços para viver uma vida em retidão, pois o Senhor disse que a vingança seria dele, que o justo não precisa temer. Desejo-lhe felicidades, e não abra mão daquilo que o Salvador lhe concedeu através da sua expiação, remissão dos nossos pecados e promessas eternas.

      • Verdade que as pessoas fazem muitas reuniões, e que há uma série de problemas,isso devido a igreja de Jesus Cristo,não escolher pessoas de alta classe ou instruidas para serem líderes da igreja,isso é um fato que torna muitos líderes não preparados,e quando temos líderes mais preparados (instruídos) alguns acham que são donos da igreja. Sobre as reuniões, elas servem para colocarmos a nossa mente e o nosso corpo em ação,é uma igreja de ação,mas infelizmente, por culpa nossa mesmo,nós estamos esperando um exemplo para seguir,se ninguém fizer, nós também não fazemos.Todo ensinamento é correto,nós é que entendemos errado,ou fazemos somente reuniões e se não praticarmos o que as reuniões ensinam,tudo vai ser realmente muito chato,por que são as ações é que daram rítimo e vida ,são elas que trarão o espírito,e se não fazemos,tudo fica apenas condicionado a ser mandados,por aqueles que também não fazem.Se não vimos ninguém fazer nada de bom para o próximo, como:vestir os nús, alimentar os famintos, aconselhar os desesperados,visitar as cadeias, ser luz para alguém na escuridão,é por que esperamos alguém fazer, e esquecemos que a igreja somos nós, se eu fizer a igreja também estará fazendo. Estamos fazendo o que é bom para nós, quando fizermos para o nosso próximo,ai sim, sempre teremos a compania do espírito santo, e teremos felicidade,só podemos ser felizes se ajudarmos o próximo, e seguirmos a Cristo, estamos hoje seguindo os líderes que não fazem nada, e assim nos afastamos por que temos que seguir a Cristo, ele é o nosso exemplo a igreja é dele !! Não nossa !! Não dos líderes !! Não das reuniões,mas das ações! Mas, enquanto não agirmos, continuaremos indo nas reuniões, acharemos tudo chato, por que seguimos aos próprios membros e não a Cristo. Seguir a Cristo requer ações, e aos membros apenas reuniões,por que não fazemos nada além disso, culpa nossa !!! Sim, somente nossa !!! A igreja fica vazia, culpa nossa !! A igreja não é isso que estamos vivendo,ela é ação, e nós não estamos praticando o que aprendemos!! A igreja é viva, é muito espiritual,é o poder de Deus !!Já sentiu o espírito do Senhor quando ajudou alguém??Já ficou feliz por alguém ou já viu milagres acontecerem por que você mesmo participou dele na vida de outra pessoa? Isso aí, é a ação !!Essa é a igreja de Cristo, ela somente faz milagres quando nós praticamos a caridade e humildade com os outros ao nosso redor. A visita de mestre familiar é essencial a nossa espiritualidade, é apenas o começo da bondade que devemos ter com o nosso semelhante,se não fazemos como podemos acolher outros filhos do Senhor??Se eu não gosto, nem de visitar um irmão?Focalizamos muitos erros na igreja, por que não seguimos ao Senhor ,estamos seguindo os homens .Quando seguirmos a Cristo, seremos como ele, e faremos os milagres acontecerem.A igreja só é fria,sem espiritualidade por que não entendemos as coisas simples, e é fácil nos afastar, ao invés de, olharmos as virtudes de Cristo, olhamos os defeitos dos outros que passam a ser mais interessantes do que qualquer ação que eu possa fazer !! Creio até que no dia do julgamento, seremos cobrados pelo que ouvimos nas reuniões e não praticamos.Há na igreja todo tipo de membros, muitos que não são exemplos.Mas, atai a Cristo, e aqueles que seguem a Cristo. São poucos, mas existem !!! Se não existirem sejam esses !!!A igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Útimos Dias é Verdadeira, somente quando nós o somos. Pensem nisso !!!

      • Que coisa mais triste é ler uma pessoa que passou pela igreja como você com ditos cargos ter aprendido tão pouco ou quase nada de nosso Salvador. Se você se permitiu cegar pela astúcia dos homens, você tem seu livre arbítrio, mas porque criticar? A crítica já é um sinal que você não é uma pessoa bem espiritualmente. Vou lembrar de voc~e em minhas orações, que você possa encontrar paz!

      • Uma igreja que não exija sacrifício de seus membros não tem poder para salvar as almas dos filhos dos homens.

      • Irmão do fundo do meu coração : se arrependa. Ninguém que foi contra essa obra progrediu. Pq? Porque ela é de Deus não de homens. Esse reino jamais será destruído desde a época de Joseph Smith muitas calúnias e difamações tem acontecido. Mas a verdade seguirá avante até ter penetrado todo o continente. E então o Senhor aparecerá com poder e grande glória para julgar toda humanidade. E todo joelho se dobrará.

      • Qual é a sua dúvida sobre a igreja? Nada do que aconteceu na igreja a faz perder seu mérito, espiritualidade ou divindade!
        E se há falta de espiritualidade nas reuniões da igreja e se vc não sente o espírito, a solução chama-se arrependimento, pra que o Espírito do Senhor habite com vc, porque em templos impuros o Espírito Santo fica LONGE.

      • oi irmão francisco vejo aqui as suas frustações referente aos membros da igreja e digo a você quanto mais se aprofundar mais vai se decepcionar com as pessoas porque digo isto porque somos diferentes um do outro e a igreja esta de braços abertos pra acolher todo tipo de pessoas umas que vão realmente entender a mensagem do mestre e outras que vão simplesmente ir por ir e quando vamos simplesmente por ir não conseguimos receber o testemunho eu acredito muito como eu e você sabemos disso que a igreja é verdadeira e essa verdade ainda esta dentro de você somente busque a verdade no salvador e ele ti libertara abraço meu irmão

      • Que mentira pode justificar a falta de fé de um homem???……Nunca a Igreja de Cristo foi ou se tornou Uma moda ou foi comoda…..ela é sim um desafio constante…..lamento saber que tantos membros veem as dificuldades como limitações que não merecem, e que o trabalho ou o serviço são coisas que podem ser eliminadas das obrigações dos membros…..Todos eles querem uma igreja á sua medida. sem grandes exigências e com boa musica de preferência onde não tenham de participar muito….para isso está lá o pastor ou o padre……aí tem razão esta igreja não é assim e como tal se não se querem sacrificar e humilhar, obedecendo e vivendo por amor a Jesus e ao Seu Evangelho , tem razão …há outras que vos ajudam mais a viver uma aparência de espiritualidade, força…mas eu tenho muita pena que pensem assim…:(

      • Que bom que hoje o irmão Sanguinetti é ativo novamente e é missionário junto com sua esposa e é um grande amigo

  1. Muito bom esse desabafo! Sou membro da igreja há 16 anos,ne batizei com 15,fiz missao,casei no templo… e concordo com o desabafo acima! Se faz muita reuniao na igreja e perde-se muito tempo e muito pouco de efetivo é realizado…fora que os membros tem uma mania “maravilhosa”9pra nao dizer ao contrario) de se meter na vida das pessoas e achar que as pessoas precisam de ajuda sem a propria pessoa solicitar essa “ajuda” e acabam expondo a vida do membro pra todos na ala!!
    Frequento a igreja somente por causa do meu testemunho….

    • Que bom que o irmão tem um testemunho. Isso significa que sabes que a igreja é verdadeira. Assim sendo, és um homem abençoado.
      Mas sinto muito que ainda existam pessoas que usam desses “desabafos”, e ainda mais, que tenham pessoas como o senhor que concordam com tanta bobagem. Desafio o irmão a colocar o sacerdócio em ação, e agir de modos a resolver os problemas que existem na igreja, pois é para isso que somos ordenados ao sacerdócio. Ou será mais fácil criticar aqueles, que mesmo errando, estão buscando as bençãos de um trabalho abnegado, com os olhos fitos na glória do Pai Celestial.
      Concordo que existam pessoas que se “metem” na vida alheia e por vezes geram fofocas e desentendimentos. Mas isso é motivo para criticar a igreja em um site aberto, onde todas as pessoas no mundo, tanto as que gostam como as que não gostam vão ter acesso, sendo possível afastar as que frequentam e distanciar ainda mais as que ainda não a conhecem??
      Ainda não li todos os livros publicados pela igreja, mas posso dizer que li alguns, dentre eles os manuais de instrução, obras padrão e a a Liahona. E posso garantir que é vontade de nosso Senhor que cada Homem dessa igreja tome uma atitude de fazer a obra do senhor prosperar na na sua terra natal.
      É passada a hora de cada um de nós( todos os membros dessa igreja, especialmente os portadores do sacerdócio) tomarmos a atitude de deixar de ser a pedra e experimentar o difícil desafio de ser a vidraça. Pois é muito confortável achar que as coisas poderiam ser melhores, apenas criticando. Vamos a luta meu Irmão, se arrependa, o salvador espera muito mais de ti, de mim e de todos nós que somos peças fundamentais dessa máquina( a igreja) que deve funcionar em perfeitas condições.
      PS: Desculpe-me se pareci duro, mas presto testemunho que somos capazes de melhorar. Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos…
      Delson
      (61) 8144-1512
      (61) 9263-8647

      • Querido Irmão!! embora respeite a sua opinião referente ao assunto em questão tenho que realmente me manifestar, muitas vezes tenho lido as opiniões aqui expressas tendo as apenas como base para conhecimento, porém vc dizer que temos que fazer nossa parte para o crescimento da igreja,( desculpe a expressão, não é minha intenção ser rude ) mais ou vc é ingênuo ou hipócrita, em uma religião cristã vc JAMAIS pode impor obrigações as outras pessoas sejam elas portadoras do sacerdócio ou não, o que esta se discutindo nesse blog é a maneira FRIA como os novos conversos são tratados, não tem haver com doutrina ou manuais de instrução, porque se dependesse de interpretação dos textos dos manuais pelos “lideres” estaríamos todos no vinagre…até porque em nossa religião vc não pode discordar de lider que sobe ao pupito para falar apostasia e coisas que ´por incrível que pareça destoa totalmente da doutrina de cristo e dos manuais da igreja, por que isso é considerado apostasia e vc não estaria apoiando seu “lider”…o que o irmão se refere é as vans tradições impostas como doutrinas, isso não tem haver com testemunho, tem haver com a visão humana do que é divino, tenho meu testemunho mas não tapo o sol com a peneira, não sou alienado muito menos não doutrinado para ouvir certas coisas e ficar calado.

      • é verdade, até pra discursar temos ler o que os lideres americanos mandam.. temos que repetir oque foi dito na liahona, nao podemos usufruir do espirito SANTO, apenas repetimos oque ja foi dito, os discursos dao sono

      • Irmão Antonio,

        Lamento que tenha sido assim com você. Comigo aconteceu totalmente diferente do que você disse, quando fiz meus discursos. Foi me dado o tema e pude utilizar os recursos da Igreja que eu quis e pude usufruir da inspiração do Espírito Santo livremente.

        Veja o que o Élder Donald L. Hallstrom Da Presidência dos Setenta fala a respeito:

        “Unir o evangelho com a Igreja. Ao concentrar-nos no evangelho, a Igreja se tornará uma bênção maior, e não menor, em nossa vida. Se formos a cada reunião preparados para “[procurar] conhecimento, sim, pelo estudo e também pela fé” (D&C 88:118), o Santo Espírito vai ser nosso professor. Se formos para nos entreter, com frequência nos frustraremos. Perguntaram certa vez ao Presidente Spencer W. Kimball: “O que você faz quando está numa reunião sacramental entediante?” Sua resposta: “Não sei. Nunca estive numa reunião assim” (citado por Gene R. Cook, em Gerry Avant, “Learning Gospel Is Lifetime Pursuit”, Church News, 24 de março de 1990, p. 10).”

      • Eu sou membro a mais de 30 anos, e gosto de ter discursos de ” A LIAHONA” COMO BASE DO QUE EU VOU FALAR NUM DISCURSO, MAS RECORRO AO ESPÍRITO SANTO PARA ME ORIENTAR…E QTO A SENTIR SONO AO OUVIR OS ORADORES , VAI DE COMO ESTÁ MEU RELACIONAMENTO COM O ESPÍRITO,SE EU FOR A UM RESTAURANTE E Ñ DESFRUTAR DO ALIMENTO ,PREFIRO FICAR EM KSA…JAMAIS NESSES 30 ANOS ,VOLTEI VAZIA DE UMA REUNIÃO…APOIO OS LÍDERES AMERICANOS SEM PRECONCEITO OU DISCRIMINAÇÃO E SEMPRE PROCURO POR EM PRÁTICA AS SUGESTÕES DELES, NUNCA ME ARREPENDI DISSO OU PERDI ALGO COM ESSA PRÁTICA…

      • Testemunho??? Você acha que uma Corporação norte americana escravagista com fins somente lucrativos é a igreja verdadeira. Vocês tem que sair desse transe mental que estão. As reuniões mórmon é uma chatice , somente estão interessado em seu dinheiro, seu dízimo, nada mais do que isso. Me responda , como que da vinha pode nascer azeitonas, decapitados respirar, nenhum achado arqueológicos sobre os povos citados no livro de mórmon, onde estão os restos mortais dos elefantes pré colombianos, então quer dizer que néfi inventou a bússola e descobriu o aço??? Joseph Smith teve 33 esposas , casou com mulheres até casadas(poliandria) e menores de 14 anos(pedofilia), copiou sinais maçônicos e colocou no templo, traduziu erradamente os papiros egípcios , todo mundo sabe que é uma fraude o livro de abraão. Verdadeira Igreja do capeta.

      • nao consigo imaginar JESUS CRISTO usando o livro de mormon para ensinar sobre a vida eterna

      • Sou á favor que passem para o lado da “Macedônia”,ninguém é obrigado á morrer espiritualmente,por que a “Igreja é verdadeira”(assunto decorado)…mas, se a Igreja de Cristo somos nós e não as paredes e não os Templos,com certeza temos sim o direito de sair e procurar o melhor para nós e que Cristo o Único e Bom Pastor,nos guie e nos guarde.E fracos,não são os que saem, e sim os que permanecem na mesmice,sabendo,sim por que no fundo sabem,que está tudo errado,mas,não tem coragem,para admitir para familia,membros ou seus “chamados”que se enganaram.

    • e é importante uma coisa se vc quer realmente vc espiritualidade faça acontecer viva cada principios de jesus cristo para que exemplo melhor ele sim nos ajuda apartir do momento que colocamos ele em primeiro lugar vamos deixar a vida do outro em paz se não for querer ajudar então melhor não falar nada

  2. Ao meu ver, em essência seria o testemunho da pessoa, e a mesma manifesta sua limitada convicção espiritual através de “máscaras” que não revelam a real razão de sua apostasia pessoal… Então elas podem supor que: “As vezes a vergonha por transgressões diante de Deus e de pessoas queridas as intimidaram; talvez a postura de algum líder ou membro da Igreja as tenham decepcionado, ou mesmo algo que tenham dito ou deixado de dizer; pode ter sido, ainda, que alguma doutrina da Igreja não tenha sido bem esclarecida e/ou entendida, o que poderia ter causado sérias dúvidas e preocupações; ou provavelmente seja por questões alheia a vontade, como o trabalho aos domingos ou reais desafios particulares; e finalmente, é possível que tenha conscientemente decidido assim o fazer, por desânimo ou desinteresse, ou por achar, por hora, que outras coisas merecem sua atenção e prioridade…”

    Ao meu ver, seja qual for o motivo, precisamos ser francos e repetir que qualquer razão que tenha sido, sejam as citadas acima ou outras não mencionadas, as desculpas não estariam à altura de justificar abandonar as muitas oportunidades e grandes promessas de se ter uma Família Eternamente Unida e verdadeiramente FELIZ! Quaisquer dos obstáculos que Lúcifer tenha posto em seu caminho na busca do retorno ao redil, como o desânimo, desinteresse, medo, orgulho, preguiça, etc…, visam obstruir seu progresso e salvação… Pois satanás deseja ‘tornar todos os homens tão miseráveis como ele próprio’! (2 Néfi 2:7)

    Espero ter corroborado…

    abs

    • vou te dizer algo somos humanos temos falhas vai existir momento em que eles vão errar e não vão perceber mas isso não significa que nem todos são assim.estamos em progresso de nossas vidas deus nos amam e vai colocar obstaculos para crescer

  3. Confesso que achei estranho o “desabafo” acima.
    Pelo que entendi do texto a pessoa reclama que a Igreja deveria ter menos reuniões e mais espiritualidade, é isso?
    Mas como pode existir espiritualidade se não me encarrego de nutrir meu relacionamento com Cristo? Como posso servir a Cristo se não gosto de servir ao meu próximo, se não faço minhas visitas àqueles que estão precisando de auxílio e conforto?
    Na Comunidade MT há alguns posts que discorremos sobre este assunto. O fenômeno da inatividade religiosa acontece em todas as religiões, algumas em maior e outras em menor grau.
    O que posso dizer é que o Mormonismo é uma religião extremamente pragmática, um membro de minha Ala costumava dizer que esta é a “Igreja do Fazer”, não a “Igreja do Saber”. Ponderei bastante sobre estas palavras e vi que ele tinha razão. Nossos líderes não são aqueles que vão para treinamento em faculdades de teologia, experts em filosofia, latim, grego ou hebreu. São meros trabalhadores comuns que em suas horas vagas trabalham para edificar a vinha do Senhor.
    Sou membro do sumo-conselho de minha Estaca e tenho reuniões todos os domingos às 7hs da manhã. Depois assisto às reuniões na Ala da Estaca para o qual sou designado, assisto às reuniões durante a semana dos Quóruns de Élderes e Grupo de Sumos e participo das Reuniões de Conselho de Ala e de Comitê Executivo. Resumindo, algumas semanas chego a ter 6 reuniões, o dobro do membro médio que assiste somente a 3. Acaso perco minha espiritualidade com isto? Pelo contrário! A cada reunião falamos em como podemos ajudar as famílias a virem a Cristo, damos atenção especial para aqueles membros novos que precisam de orientação especial no evangelho (80% dos membros inativos tornam-se inativos nos primeiros 10 meses de filiação à Igreja), e este cuidado especial por estes filhos do Pai Celeste, nossos irmãos em Cristo, edifica-me, pois creio que quando estamos a serviço de nosso próximo estamos somente a serviço de nosso Deus.
    Querer espiritualidade sem se preocupar com nosso próximo é quase como querer aproximar-se de Deus sozinho, um anacoreta em busca de experiências místicas, e isto com certeza não é o cerne da Igreja de Cristo.
    Mas voltando a questão, por que as pessoas se afastam? Há muitos fatores, e com certeza cada membro menos ativo pode contar sua própria experiência. Eu mesmo tenho a minha. Minha família logo que se batizou, após 2 meses ficou inativa e somente posteriormente, graças ao amor de vários irmãos que nos faziam visitas, eu e meu irmão voltamos (mais tarde minha mãe também voltaria). Agradeço ao trabalho destes irmãos, e com certeza nossa família era lembrada nos Conselhos da Ala.
    Para toda conversão espiritual há também uma conversão social. Meu pai passou pela 1ª, mas infelizmente não conseguiu passar pela 2ª. Todos os seus amigos eram não-mórmons, costumavam se reunir aos domingos para conversar e beber cerveja. Sua conversão ao mormonismo gerou um vácuo social, não tinha amigos íntimos na sua nova religião e nem poderia se sentar com seus velhos amigos da mesma maneira que antes. Este choque social acabou por amenizar seu fervor espiritual inicial, começou a faltar na Igreja com a desculpa que teria que trabalhar aos domingos até que já estava completamente inativo e voltando a tomar sua cervejinha com os antigos amigos.
    Esta transição não é fácil, na verdade somente podemos dizer que uma família está ativa depois que ela se selou no templo. Lembrando, o Mormonismo está profundamente centrado na “unidade familiar”. Muitos membros que não conseguem estabelecer este ideal familiar mórmon (famílias seladas, reuniões familiares às 2ª feiras, estudo das escrituras em família e oração familiar diários), acabam se frustrando e conseqüentemente se afastando.
    Confesso que chegar a este ideal de família SUD não é fácil, mas é extremamente gratificante. Eu mesmo, apesar de ser selado no templo com minha esposa e de ser membro há 36 anos, até pouco tempo atrás tinha dificuldade em fazer reunião familiar. Após nossa Estaca enfatizar o programa do NOÉ (Noite Familiar, Oração Familiar e Estudos da Escrituras), conseguimos por em prática nossas reuniões familiares. Já estamos há quase um ano realizando-as todas as 2ª feiras, e notei um nível de espiritualidade maior em nossa família, principalmente nos nossos filhos. Ainda sofremos para estudar as escrituras e orar em família, mas pelo menos sabemos o caminho a seguir.

    Bye!

    • MUITO BOM ,GOSTARIA DE PARTICIPAR DA RELIGIAO,NAO SEI SE PELO FATO DE SER MAE SOLTEIRA SERA POSSIVEL?SE TEM ALGUM PROBLEMA? GOSTARIA DE FORMAR UMA VERDADEIRA FAMILIA COM MINHA FILHA,POIS TENHO SONHO DE QUE ELA SEJA UMA PESSOA EQUIBRADA PARA NAO COMETER OS MESMOS ERROS QUE EU .

      • Olha você esta realizando o 1° passo que é a fé, só falta ir a igréja, é um lugar muito bom onde crio meus filhos mais proximo de jesus Cristo e lonje dos perigos do mundo. estou orando por vocês. filemon 1:4

      • Não faça essa loucura!!! Eles (os membros dessa igreja) vão te depreciar de uma forma que mesmo o mundo jamais faria, procure ler a Bíblia Sagrada e ponderar em seu coração toda a palavra que te possa ser revelada lá. Que o Senhor Jesus seja contigo!

      • Inacio, tbm fui mãe solteira, e não a depreciação ou aprovação das pessoas que interessa, e sim ela ter total consciencia do que está buscando para sua familia, porque mesmo sendo somente ela e seu filho, ainda sim são uma familia e mto amada pelo Senhor, qtoa aos membros que segundo voce,irão a depreciar, esses sõ mostram que não estão seguindo o exemplo de nosso Senhor Jesus Cristo.

      • irmã, esta no lugar certo, a igreja é o melhor lugar para criar nossos filhos

      • Ana Lucia, por gentileza, há uma capela aí em sua cidade (Cabo de Santo Agostinho, PE), procure os missionários em: RUA MANOEL CLEMENTINO CAVALCANTE 136, COHAB. eles poderão lhe ensinar corretamente o Evangelho de Jesus Cristo e responder às sua dúvidas.

      • Olá gostei do seu comentário e foi muito sincero…oro para o Senhor te guie na sua busca, e abençoe sua filha para encontrar um caminho correto na vida.As vezes encaramos a religião como um apanhado de princípios e valores que colocam o homem sob controle e mais estável em seu comportamento.Mas minha opinião que todas essas coisas são meios de relacionamento, tudo se baseia em relacionar – se com Jesus Cristo e o nossos irmãos aqui na Terra.Infelizmente, muitas vezes as coisas não são colocadas na perspectiva correta. A lei fica acima do amor a Cristo e as pessoas, por isso a necessidade de ter caridade.

    • Querido irmão, só hoje li o teu comentário, e oro ao Pai celestial que te possa abençoar e te ajudar a manter a tua família nesta rota, pois é esse o caminho de volta ao pai celestial.
      Parabéns!!! Continues assim…
      um abraço.

    • Ola irmão boa noite!!! nosso relacionamento com Deus assim como a nossa exaltação é individual, não depende de reunião, as pessoas tende cumprir o seu chamado por amor, excência da nossa religião cristã.

  4. Como de inicio foi dito, não há uma resposta apenas, do porque as pessoas se afastam? A meu ver, algumas coisas ditas acontecem mesmo, uma delas é de certa forma muitas vezes as coisas na Igreja acontecerem como se ela fosse uma empresa. No começo da decada de 90 quando fui secretario adjunto, sentia muito isso, o peso da importancia demasiada dos numeros era muito enfadonho de tal forma que parecia eu estar numa empresa, firma etc.
    Porem…discordo de que a Igreja hoje não ofereça espiritualidade. Tal pessoa disse que sentiu mais espiritualidade na Seicho no Ie do que na Igreja, sinceramente, nada tenho contra tal denominação filosofica e até os admiro de certa forma, mas já os visitei certa vez, e não senti algo tão espiiritual assim.

    Penso que ainda, a igreja (membros em geral) não daõ a devida atenção aos neofitos, e digo isto por expericenia propria , sendo eu converso desde 1984, até hoje unico da familia, não vou me porlongar aqui, mas desde o inicio, levei um balde de agúa fria quanto ao assunto, e não falo isto por min mesmo mas também por outros que se batizaram na mesma época (ano) que eu, sendo que eu foi o unico que até hoje é ativo na Igreja.

    Por outro lado, defendo que poucos, muiito poucos mesmo estão dispostos a pagar o preço em obter um testemunho autentico, pois caso o contrario seriam bem menos os que se afastariam da Igreja.

    Alem do mais, vejo que um dos probelamas, é que vivemos em uma sociedade de consumo, na qual, o que é valorizado é a materia, e nem vou falar em pecado..enfim, muitos se iludem achando que ao se filiarem a Igreja, suas vidas vai se transformar do dia pra noite, e de fato isto pode ocorrer, mas — não de forma magica, como muitos esperam.

    Enfim, o assunto é longo, mas creio ter exposto o que mais aocntece, na minha opinião.

    • só pq vivemos no mundo em que hoje em dia as coisas meteriais é considerada mais importante não significa que vou esquecer de deus mais nenhum ser humano é obrigado a permanecer na igreja o principal é colocar deus em primeiro lugar se vc faz parabéns vc está indo pelo caminho certo continue assim ele ira abençoar

    • Élder Colosimo missão Brasil Recife?
      Acho que fomos companheiros por duas semanas, em Ouro Preto em 1988/ Olinda acho que em maio daquele ano. Confirma aí..
      um abraço Guerreiro.

  5. Olá ”Alexandre”.
    Meu nome é Pedro e te digo que concordo com boa parte com o que você escreveu. Vou contar de maneira resumida ”OS MEUS MOTIVOS”. Me batizei quando tinha 12 anos por escolha própria, mesmo contra a vontade de meu pai. Logo no primeiro ano como membro fui acusado pelo então presidente da estaca de amassar seu carro pulando sobre ele. Eu estava o tempo todo dentro da capela e o carro nem estava amassado. Minha irmã foi perseguida e criticada por alguns líderes por estar namorando um rapaz, ambos estavam com 18 anos… Quando eu fui para a missão, que era a realização de um sonho, meu presidente de missão me encheu de palavras de incentivo, mas quando eu tive que fazer a cirurgia do joelho após 8 meses para colocar a patela no lugar e o médico disse que eu teria que ficar 2 meses fazendo apenas fisioterapia sem caminhadas longas, ele disse que eu era um irresponsável que estava desperdiçando o dinheiro da igreja (com essas palavras). Quando chegue na minha cidade para começar o tratamento o presidente da estaca da época disse que a estaca iria bancar todo o tratamento, sendo que eu disse que tinha plano de saúde, mas ele disse que não, que a estaca ia pagar. Depois que 3 médicos não me liberaram para voltar para a missão e tive que encerrar a missão com apenas 1 ano. Fui informado que não receberia certificado de honra. Não bastando isso, meu então presidente me chamou em sua sala e me apresentou as notas fiscais dizendo que eu teria que reembolsar a estaca insinuando que não era certo eu e meu pai na época ainda vivo darmos esse tipo de calote na igreja.
    Eu tenho tantas outras coisas pra desabafar, mas acabaria me estendendo muito. Só uma coisa eu digo. Não acho errado a igreja cobrar o dízimo, e quanto as outras contribuições e doações são de escolha do membro se vai ou não contribuir, pelo menos deveria ser assim, ninguém vai pro inferno se não colabora com o fundo de jejum. Mas eu sei que a doutrina é verdadeira, mas o problema é que os líderes e os membros tratam dos assuntos da igreja como uma empresa realmente. Nisso concordo com você. E tem mais, fofocas, intrigas, inveja, hipocrisia… Eu estou inativo e desassociado já faz uns 7 anos, mas não procurei por outras, pois como já falei, sei que o evangelho é verdadeiro. A falsidade está em alguns líderes e membros. Falta mesmo espiritualidade, pois ”status” tem de sobra.

    • MUITAS COISAS NOS DESANIMA NA IGREJA, MAIS TODOS VEZ QUE LEMBRO DO MEU SALVADOR JESUS CRISTO, QUE ELE PAGOU PELOS MEUS PECADOS. TODA VEZ QUE EU ORO E PENSO NELE, EU LEMBRO QUE ELE NÃO TEM CULPA DOS ERROS DAS PESSOAS, DA HIPOCRISIA OU QUALQUER COISA QUE NÃO SEJA CONDIZENTE COM OS ENSINAMENTOS QUE ELE DEIXOU. ENTÃO BUSCO ME ARREPENDER E ME TORNAR UMA PESSOAS MELHOR E ME PREPARAR PARA SER UM PORTADOR DO SACERDÓCIO DIGNO E EXERCÊ-LO DA MANEIRA DO SENHOR, AMANDO A DEUS E AO MEU PRÓXIMO. POIS RECLAMAR NOS DERRUBA, MAIS AGIR NOS FORTALECE.

    • Oi Pedro, Enquanto lia as respostas, me atentei à sua, gostaria de fazer um breve comentário, embora eu saiba que você esteja ciente disto, nunca é demais enfatizar algo que possa contribuir positivamente para a vida de um irmão.

      Não sou mórmon, mas tive experiências parecidas com a sua pelo caminho que estou indo para tentar servir a Deus. Primeiro, o que lhe ocorreu, acontece em qualquer outro local ou religião, mesmo uma empresa, veja, existe um foco, e existem pessoas encarregadas de levar outras a alcançar este foco, alguns são, por dom ou por bagagem adquirida, capazes de fazê-lo, outros por, despreparo ou inexperiência, incapazes, os que são liderados, precisam entender que seus líderes não são o exemplo ideal para se seguir a fim de alcançarem o foco, mas e, como todos eles, buscadores do mesmo. Em suma, se a vida eterna é o foco, se tornar sua família eterna é o foco, asseguro-lhe que nesta terra, onde as coisas são finitas, não encontrará o modelo perfeito para tomar como base e, portanto chegará a inevitável frustração e abandono do foco principal.

      Acredito que – simplesmente – o irmão poderia ter mudado de “ala” ou “estaca”, não sei bem como denominam os ajuntamentos de irmãos, onde pudesse ter um líder mais bem capacitado ao ofício e que lhe ajudasse acertadamente na busca pelo seu objetivo eterno. Então, pense em voltar à igreja, e o faça com brevidade, procure uma “ala” ou “estaca” cujo líder esteja bem sintonizado com o foco principal e não somente com o funcionamento da máquina.

      Outrossim, seu foco talvez não tenha sido tão somente a vida eterna ou família eterna ou o progresso do reino de Deus entre os homens porque se tivesse sido, nunca teria se estagnado por causa de um simples “homem”.

      Pense nisto, Jesus Cristo é o seu modelo e ele nunca desistiu ou se estagnou porque sempre teve seus olhos fitados no céu, onde encontrava seu modelo perfeito, seu Pai e os ideais Dele, por isso, quando sentiu fraqueza disse: Pai, não seja a minha vontade, mas a sua. E prosseguiu ainda que tivesse de padecer, e como padeceu, e sabia que isto era necessário.

      Pedro, volte à igreja. Mas não esqueça de que seu modelo é chamado Senhor Jesus Cristo, o filho do Deus altíssimo, e nunca mais um homem lhe será por barreira para sua jornada.

      Um forte abraço.

      • O mormon tem que ir a igreja pra adorar a Deus nao com a ambiçao de se tornar um deus na eternidade A Biblia ensina claramente que so ha Um Deus

      • Com isto, eu concordo plenamente Marcelo, contudo entendo que, como diz as escrituras, haverão 144 mil, ou ainda que alguns digam que este seja um número simbólico, que ministrarão diante do Deus altíssimo no seu santo lugar, ora, e se assim o é, entende-se que terão e se revestirão de uma glória capaz de suportar a glória da presença do Todo Poderoso, não sei se como deuses, pois também não vejo base bíblica para isto, mas através de corpos celestes tão perfeitos e semelhantes, eu penso, gostaria de ser corrigido a este respeito caso esteja equivocado, se alguém tiver mais esclarecimentos à luz do Espírito.

      • sim irmão, temos que adorar a Deus e buscar conhecer a Ele e Seu maravilhoso plano de felicidade que foi preparado para nós, Seus filhos. Então quando nosso testemunho se fortalece começamos a ser convertidos no Evangelho. Como diz em Gênesis 1:27, nós fomos criados á imagem e semelhança de nosso Pai Celestial, e Ele nos ama e quer que nos tornemos como Ele. Tornar-nos Deuses não é uma ambição, é uma meta Divina. Com certeza o maior passo para isso é amar a Deus e obedecer Seus mandamentos, depois aprender sobre Seu plano para nós. Quando estamos espiritualmente preparados e tendo um conhecimento das doutrina básicas da Igreja de Cristo, só então entenderemos as doutrinas mais profundas do nosso Pai Celeste. Espero que o Irmão e sua família possam cresce juntos no Evangelho, e desejo que o irmão tenha o desejo de conhecer mais sobre o maravilhoso plano de um Pai que se preocupa e ama Seus filhos e que deseja o que há de melhor para eles.

    • vamos dizer que a falsidade está em todo canto nessa parte ai da missão não sei muito mas te digo algo só pq pessoas como ele que se acham melhor que vc de a volta por cima vá para igreja e mostre que vc não esta ali por ele mais sim pelo salvador e deus olha por vc e tem um plano maravilhoso na sua vida

    • Olá Pedro, quando li sua historia pensei nesta citação
      de discurso proferido em conferência geral pelo apóstolo Stephen L. Richards:

      “Eu disse essas coisas porque eu temo dogmatismo ditatorial, rigidez de procedimentos e intolerância ainda mais do que eu temo cigarros, baralhos, e outros dispositivos que o adversário pode usar para anular a fé e matar a religião. O fanatismo e a intolerância têm sido os inimigos mortais da religião verdadeira no passado distante. Eles a fizeram proibitiva, encerrada nas paredes cinzas e frias do mosteiro e de convento, longe da luz solar e da fragrância do mundo em crescimento. Eles a vestiram em negro e depois em branco, quando na verdade ela não é nem preta nem branca, tanto quanto a vida não é nem preta nem branca, pois a religião é a vida abundante, brilhante vida, com todos os seus tons, cores e matizes, comos o filhos dos homens refletem nos padrões de suas vidas o brilho do Espírito Santo em graus variados.”

    • irmão Pedro

      mesmo tendo tido muito incentivo e oportunidade de servir uma missão de tempo integral, não o fiz e me mantive inativo por um periodo, ano passado porém, fui trabalhar no mato grosso do sul, e senti a necessidade de frequentar uma simples reunião, e nesta reunião, o então bispo, me fez muito bem vindo e já fui convidado para uma entrevista, ele perguntou se eu ficaria na cidade durante alguns meses, e ao confirmar ele já puxou minha ficha de membro e comecei a fazer parte da ala ponta porã 1, me desafiou a fazer alguns estudos das escrituras e buscar a retidão, afinal ninguém é perfeito na igreja, e ninguém se mantém digno fora da igreja. Logo fiz compromissos comigo mesmo, muito jejum, muito estudo sincero em espirito de oração com o Senhor, sempre pedi a companhia novamente do espirito santo, e orientação do Senhor. pois eu passara 6 anos inativo estudando muito material anti mormon, mas nada tirava meu testemunho do evangelho, mesmo muitas coisas tendo balançado agressivamente minha maneira de ver muitos membros, e infelizmente lideres.
      Recebi designações, buscava e levava embora em media 30 membros todo domingo, e aprendi muitas coisas durante este serviço, pois eu tendo meu proprio negocio, e trabalhando predominantemente a noite, acordava sempre a hora q eu queria, geralmente as 10 horas, pois fazia meus horarios, e a partir deste compromisso com tantos membros, necessitava acordar as 6 da manha, portanto mudar alguns hábitos. Durante o serviço, comecei a julgar alguns membros q acordavam tarde no domingo, missionários q não cumpriam suas regras, e comecei a julgar imensamente a muitos deles, um dia fiz um jejum, para que eu pudesse tomar uma atitude correta, foi então que numa bela manhã, em jejum, decidi deixar alguns missionários para trás, para que aprendessem a cumprir seus compromissos, perguntei aos outros missionários que estavam comigo se eu poderia tomar esta atitude, eles concordaram por não gostar muito de seus lz´s. mas imediatamente senti um sentimento muito forte de amor por eles e todos os outros membros desregrados e descomprometidos, senti forte em minha mente que se o proprio Senhor Jesus Cristo estivesse em meu lugar, não deixaria nenhum deles para Trás, mas talvez os buscasse pela mão, com um belo sorriso e um amor verdadeiro, comecei a sentir este amor imediatamente, e não me importava mais em chegar atrasado nas reuniões, pois sabia que era muito mais importante ajudar mais pessoas, mais filhos do Pai Celestial, a participarem das reuniões e buscarem através de experiencias desafiadoras, elevar seus testemunhos e principalmente o amor ao próximo. logo busquei ser mais proximo das pessoas q menos gostava, das pessoas que menos tinha afinidade, e das que eu mais julgava, e fazer tudo o que eu sentia que o nosso Redentor faria se estivesse em meu lugar. Irmãos, tudo que acontece é necessário para que exercitemos a fé, se tivessemos todos os vestigios, provas e considerações que tirassem todas as duvidas que temos, não exerceríamos nossa fé, pois teríamos certeza, tudo tem um propósito, se vemos falhas em nossos lideres, façamos o que o Senhor faria se estivesse em nosso lugar. Os Apóstolos mesmo na presença do Senhor erraram tantas vezes, um deles trocou tudo que tivera presenciado e aprendido por algumas moedas. Busquemos o Exemplo e o modo de pensar de nosso Redentor, sejamos o exemplo necessário para os membros novos e nossos líderes, assim como o Senhor espera que o façamos. Reconhecer a Verdade depende da humilhação perante o Pai Celestial, pois sem isso nem o povo escolhido do senhor, nem Israel reconheceu Cristo como o Filho de Deus. Desafio que nos eleva.
      Tive a grandiosa Benção de ser acolhido por lideres exemplares de nosso Senhor Jesus Cristo, esses caras são Exemplos, poucos lideres vi assim em inumeras alas que frequentei, frequento hoje uma fábrica de lideres e membros fiéis ao evangelho, todos empenhados em fazer os menos ativos a sentirem um pouquinho do Amor de Cristo, e Virem a Ele. Lembrando que aqui nos preocupamos com as reuniões propostas e também atividades de integração, re integração, lembramo-nos dos enfermos, aflitos e dos presos, afinal, reconhecemos a mão do Senhor sobre um homem imperfeito chamado Joseph Smith que morreu em uma prisão. Irmãos, as vezes aquela experiencia que precisamos, encontraremos num leito de hospital, num presidio, num local inóspito, onde não poderemos imaginar se absorvermos o que não nos eleva. Acredito em Revelação, já tive as minhas e sempre que desejo mais uma, dobro meus joelhos, jejuo, oro e mergulho nas escrituras. a revelação vem sem seguida, sim revelação, não apenas inspiração, moisés jejuou 40 dias e sua face iluminou-se, quando desejo uma revelação, jejuo até que isto aconteça, experimente esta experiência, O Senhor se revela àqueles que se humilham perante ele. adoro DeC 76:1-10.
      bom jejum a todos.

    • Irmão Pedro
      Vc é um vitorioso ,vc não é o primeiro e nem o ultimo a passar por atribulações e cada um com aquilo que pode suportar; porém saiba que situação pior sempre é a nossa, porem tem coisas piores que já contemplei de terceiro e próprio já passei , mas Cristo carrega nos braços e enxuga as lágrimas dos verdadeiros inocentes injustiçados e alivia seus fardos. Tudo isso decorreu porque você incomoda os planos de Satanás e os frustra, porque em seu espírito estar inserido o verdadeiro testemunho, assim como Satanás pediu a Cristo para ciranda ou peneira o Testemunho de Pedro. VC representa uma ameaça aos planos do inimigo com o Sacerdócio e no templo e nos milagres que vc poderia operar com sua fé e retidão, então ele só poderia usar independente de chamados pessoas mais fracas e se deixarem ser levados pela soberba.
      Fui já excluído, perseguido, prejudicado, injustiçado, mas não dou o gosto ao inimigo de querer possuir minha alma depois desta vida e sou firme no testemunho. O ciclo de Deus é eterno.

      Os mesmos que mim prejudicaram, foram expulsos, caíram, ficaram neuróticos, não chegaram até o fim os seus chamados, então Deus faz sua justiça.
      Ainda por alguns poucos temos que acreditar em nossos líderes com cautela e sabedoria.

      Abraço.

    • Olá Pedro, temos o mesmo nome. É lamentável nos depararmos com situações como essa na Igreja de Jesus Cristo, nisso vemos quantas pessoas despreparadas para assumirem cargos, e pouco vemos líderes, mas pessoas que ocupam uma função e agem como se fossem donos da verdade e a autoridade máxima da igreja, andam com o peito estufado pela soberba e vaidade humana. Lamento pelo que te aconteceu, mas desejo que não demores a voltar ao Reino de Cristo, sabemos que é verdadeiro, e que Cristo tem o controle da sua obra e do seu reino, acima dos homens há Deus que nos ama e deseja que sejamos felizes e retornemos a sua presença. Um forte abraço.

  6. Creio que o desabafo acima pende para uma linha mais critica apontando o dedo,é mais facil, do que,como será que eu pósso melhorar esta situação, comesando,por mim,que talvez seje onde está o problema,tive o privilégio de servir na igreja dentro e fora do brasil,europa especificamente,onde o nivel intelectual e material é maior,pessoas com bons cargos sociais,confeso que durante aqueles anos não percebi,no convivio que tive,considerações do tipo acima,aqui no brasil,membro á 24 anos,venho de uma época que,celular,computador,internet e alguns outros auxilios,comesaram muito mais tarde,hoje com tudo isto á disposição,entra em campo principalmente o comodismo,falta de planejamento,sem contar na consideração de enxergar seu irmão como um ser do mesmo planeta,sim porque o fato de ser membro da igreja faz com que não se póssa agir como pessoa normal para muitos;

    Claro que reuniões são nessesárias,más digo com autoridade não da forma como voce colocou,de não ter tempo para a familia ou vida pessoal,confira no manual e verá que não é assim,então não é a igreja e sim os que servem néla que devem se organisar,conheci um querido irmão,que a maioria dos negocios que ele colocava não dava certo,certa vez foi chamado para uma estaca no interior do rs,servindo como presidente fez verdadeiros milagres,isto em uma época em que bicicleta éra luxo,e muitos e muitos remanecentes daquela época vivem hoje em um casamento sólido,voce falou em espiritualidade,na verdade a igreja te oferece ensinamento ou seja de como voce deve conduzir sua vida pessoal,não diz que voce estará sorrindo diariamente ou seja só o fato de ser membro já nos diferencia,más não nos dá o direito de formar opinião generalisada pois sendo assim tratarse-a de uma auto confisão,apontando para si próprio disendo que o problema está consigo e não onde se pensa estar;Evidentemente temos lideres mau treinados,que se locomovem a pé,muitos em onibus.outros em seus carros,ao contrario do auto entitulado apóstolo da mundial,com 3 carros importados blindados na garagem,helicoptero e jato particular,morando em um condominio de luxo,este é só um exemplo,e voce sabe para onde vai o dinheiro arrecadado?6 milhões para rede 21 para 22 horas diárias,101 mil para uma empresa sul africana para sinal de tv,59 mil mensais para 1 hora diária na africa do sul etc…,seu braço direito veio assim como muitos outros pastores da universal;Gostária de saber em quantos terremotos ésta gente ajudou,ou em quantas catástrofes fiseram frente,pois a igreja SUD estava lá,eu sou testemunha,penso que voce deve madurar seus conhecimentos,pois tem sido feito pelas pessoas muito mais do que voce pode compreender,se existem problemas,é pela falta de interese em faser melhor então o problema não esta na igreja ou em sua estrutura eclesiástica e sim nas pessoas,pois pósso estar enxergando defeitos em voce,más quantos será que voce está vendo em mim?e por onde podemos começar a melhorar?

    claro que as igrejas e seitas que voce sitou recebem a cada dia mais pessoas,é mais facil,saiba que uma sociedade se forma em casa em um lar sólido com bons ensinamentos,para que surjam bons pais e mães,quanto ao dizimo,misão, procure informar-se,claro que muitos membros tem problemas com outros,talves empatia ou por aqueles não conduzirem sua vida da maneira certa,o bom seria que ésta mesma coragem de lingua afiada foce praticada fora da igreja,em seu bairro,com seu vizinho pois como voce disse eles frequentam outros lugares e certamenta lá eles aprendem a serem bons,ou será que néstas horas falta coragem e éla aparece só quando se fala na igreja?pense nisto,dobre seus joelhos,coloque mais amor em seu coração ólhe a sua volta e procure entender o porque das coisas, me escreva,terei prazer em ouvilo.

    • Querido Cilamar, sempre com palavras que nos fazem refletir. Sinto falta de lideres como você. O melhor presidente dos rapazes que tive.

    • Li as considerações do irmão sobre porque as pessoas se afastam da Igreja, e, e acho que há um equivoco as reuniões os treinamentos e as designações e chamados que recebemos é para nos tornarmos pessoas menos egoístas, individualistas e sermos seres servidores ao nosso próximo e assim tornar-nos mais próximos a Cristo que ensinou o amor o serviço ao próximo como condição primordial de seus discípulos. Negar isso é não conhecer o Salvador.
      Com todo respeito o afastamento da Igreja se dar mais por ignorância ou falta de entendimento do que qualquer outo motivo. Concordo que a nos é ensinando que precisamos mudar hábitos e costumes, eu costumo dizer que o evangelho e contrato de adesão nós precisamos está acordo com as condições impostas pelo Salvador, precisamos nos adaptar a Igreja não ela a nós, pois ela tem a responsabilidade de tornar nossa vida mais excelente. Os membros da igreja são conhecidos e chamados pelo nome, temos uma identidade, formamos uma só família, não somos forasteiros somos concidadãos dos Santos. Talvez isso seja pesado para alguns e outros não compreendam, mas somos felizes e amamos a todos os ativos e menos ativos e os que ainda não são membros da Igreja.
      Querido com todo amor e carinho Você parece um pouco preguiçoso, acorde e sirva com alegria, aí você ajudar na retenção.
      Quanto a parte financeira da Igreja é de uma perfeição a toda prova. Somos admoestados a pagar o dízimo com mandamento e as ofertas com generosidade mas se não o fizer ninguém irá lhe cobrar ou importunar, você sabe disso. Então, não temos motivos para criticar a Igreja ela é uma organização isenta de qualquer suspeita seu papel é servir a Cristo e Salvar almas. Como sou feliz em ser membro da Igereja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias.

      • E difícil admitir que eu concorde com tudo qué está descrito nesse texto. E uma declaração lúcida e muito realista. Aí que começa o “problema”, porque vivemos numa religião que condena quem sequer inicie tal discussão como essa. Vivemos com medo da repressão , com medo de pensar e expor nossa opinião. Porque estamos iniciando a “discórdia e a apostasia”.
        Se observamos algo errado da liderança estamos sendo condenados, se falar mal de bispo então ou talvez nem mal no termo pejorativo mas mal em relação ao profissional também estamos disseminando a discórdia e a apostasia pessoal.
        E vivemos num dilema que um irmão citou ai acima que hj se o cara passa por um problema ou desafio pessoal, ele logo vai ser taxado de fraco ou que Ta pecando, melhor não mexer com ele, fubeca andou pisando na bola aí agora não pode ter chamado, tu reparou??? Coisas assim que só servem pra denegrir a moral e querendo ou nao abalam tanto a imagem de um cara que ele acaba ficando mais desanimado que já está por conta da exposiçao da tua vida na ala por conta de um problema teu.
        Agora imagina então pro garoto ou garota que está em processo de separação?? Sem comentários.
        E tudo isso se vendo obrigado a muitas vezes expor tua vida pra um bispado despreparado e com postura duvidosa, pra que ele tenha que ir lá e abrir teu coração e com pouco tempo ta todo mundo sabendo que ele fez ou deixou de fazer, que o fará ficar triste e cobstrangido de ver “amigos” e irmãos se distanciando de tua pessoa por motivos asim. Ruim de admitir mas acontece. E olha que é só um ponto de tudo que foi tratado no texto. Temos que pensar nisso, ne.

    • Irmão até entendo o que vc quis dizer mas eu sou mórmon se eu quisesse saber como o Valdomiro Santiago vive ou se locomove eu iria na igreja dele, o fato não é esse, desculpe mas o sr precisa entrar no mundo real, e, não nesse conto de fadas.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s