Presidência da Área Brasil Responde a Eventos de Santa Catarina

A Presidência da Área Brasil da Igreja SUD reagiu aos eventos recentes de Santa Catarina quando um grupo de mórmons participou de uma reunião de testemunhos para testificar de profetas e revelações fora da hierarquia eclesiástica formal.

Foto do Templo SUD de São Paulo (© Vozes Mórmons)

Em nota oficial emitida no dia seguinte em que cobrimos esses eventos aqui, a liderança máxima da Igreja SUD no Brasil estabelece regras claras a líderes locais de como restringir o tempo livre para testemunhos apenas para membros da Igreja, designar voluntários para estarem sempre prontos para filmar ocorrências, e diretrizes de como lidar com tais expressões de fé e crença que sejam heterodoxas.

Leia aqui o memorando interno distribuído para todos os Setentas, Presidentes de estaca, distrito e missão; bispos e presidentes de ramo d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias: Continuar lendo

Alguém se Opõe aos Profetas? Cale-se, Então!

Ontem, durante a segunda sessão da 186a Conferência Geral Semi-Anual d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos, membros da Igreja gritaram votos em oposição ao Presidente Thomas S. Monson, à Primeira Presidência e aos Doze Apóstolos pela terceira vez em dois anos.

Pelo menos 7 membros ativos da Igreja levantaram-se para votar contra Thomas Monson como Presidente da Igreja

Pelo menos 7 membros ativos da Igreja levantaram-se para votar contra Thomas Monson como Presidente da Igreja, em abril de 2015.

Henry Eyring ignorou, como Dieter Uchtdorf havia feito na última conferência há seis meses, os votos dos membros da Igreja em dissensão aos chamados dos Profetas e Apóstolos. Eyring, visivelmente irritado, encurtava a oportunidade para o(s) membro(s) que estava(m) gritando “oposto” ao alongar demais ou reduzir a pausa para que se manifestassem. Ao final do voto de apoios, simplesmente declarou os votos “anotados” e “convidou”: Continuar lendo

Votos Contra na Conferência Geral: Entenda

Ontem, durante a segunda sessão da 186a Conferência Geral d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos, membros da Igreja gritaram votos em oposição ao Presidente Thomas S. Monson, à Primeira Presidência e aos Doze Apóstolos.

Pelo menos 7 membros ativos da Igreja levantaram-se para votar contra Thomas Monson como Presidente da Igreja

Pelo menos 7 membros ativos da Igreja levantaram-se para votar contra Thomas Monson como Presidente da Igreja

Entenda como e por que: Continuar lendo

O Dia do Julgamento Não Deve Ser Todo Domingo

O tema do discurso do domingo domingo na minha ala SUD era sobre comportamento apropriado na reunião sacramental. Pelo menos eu acho que era isso. Eu estava tendo dificuldade para prestar atenção.

sacrament-meeting-297011-gallery1

Eu estava lendo um livro no meu Kindle. Eu também não estava Continuar lendo

Novo planejamento da reunião sacramental

Conselhos de ala ajudarão a planejar reuniões

sacrament-meeting-297011-gallery1A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias estará em breve implementando mudanças para suas reuniões sacramentais. A reunião sacramental deverá ser a primeira das três horas de reuniões dominicais, sempre que possível, e planejada com um mês de antecedência. A principal novidade é que seu planejamento não ficará restrito aos membros do bispado, mas contará com as sugestões do conselho da ala. Continuar lendo

185a Conferência Geral: Impressões, Resumos, Votos Contrários

Terminado a 185a Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, eis um breve resumo dela, uma explicação da questão dos votos contrários, e algumas impressões pessoais.

 

Primeiro fim de semana de abril é tempo para Conferência Geral da Igreja SUD

Primeiro fim de semana de abril é tempo para Conferência Geral da Igreja SUD, e para a cobertura do Vozes Mórmons

 

Comecemos com o fato que mais chamou a atenção esse sábado, principalmente por ser inusitado e incomum.

1) Os Que Se Opõe, Manifesteram-se Continuar lendo

Os Que Se Opuserem, Manifestem-se

Em menos de um mês teremos a Conferência Geral Anual da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Como em todas as outras 184* conferências antes desta, a Primeira Presidência apresentará o nome das Autoridades Gerais para um voto de apoio dos membros da Igreja. Nessa oportunidade, membros da Igreja têm o direito de expressar os seus apoios aos seus líderes eclesiásticos.

A votação numa Conferência Geral oferece uma oportunidade para membros da Igreja expressarem seu apoio aos líderes… ou sua oposição a eles.

A votação  em numa Conferência Geral oferece uma oportunidade única para membros da Igreja expressarem seu apoio aos Apóstolos e Profetas… ou sua oposição a eles!

Ao contrário do que muitos imaginam, porém, essa também é a oportunidade de membros da Igreja darem voz às suas discordâncias com quaisquer homens que estejam em posições de poder e liderança na Igreja. Esse voto não é obrigatória e exclusivamente de apoio, mas pode também servir de oposição.

E um grupo de membros da Igreja planeja justamente isso.
Continuar lendo

Gente invisível

O artista chinês Liu Bolin ficou mundialmente conhecido, graças às suas fotografias, como “o homem invisível”. Em sua arte, há uma constante crítica da sociedade chinesa, seu governo e as relações de consumo – uma sociedade onde pessoas se tornam invisíveis.

Um dos temas mais debatidos no Vozes Mórmons são as causas que levam as pessoas a não frequentarem mais as reuniões de domingo. Será que a “invisibilidade” é uma delas? Que são os homens e mulheres invisíveis na Igreja sud? E como podem voltar a ser vistos?

Escondendo-se na cidade No. 16 e No. 17 — Policial do Povo, 2006.  © Liu Bolin

Escondendo-se na cidade No. 16 e No. 17 — Policial do Povo, 2006. © Liu Bolin

Por favor, Querido Bispo

Recentemente, eu fui banida das reuniões do conselho da ala. Gostaria de compartilhar a minha perspectiva sobre o que aconteceu e o que isso significou para mim.

Mulheres são importantes ou relevantes nos Conselhos da Ala?

Mulheres são importantes ou relevantes nos Conselhos da Ala?

Quem Sou Eu

Eu tenho bacharelado em Química pela BYU e um mestrado em Pedagogia pela Universidade Estadual de Cleveland. Ensino ciências em uma pequena escola pública rural. Sou uma esposa dedicada, casada com um professor de Física e mãe de quatro filhos. Tenho servido em uma ampla variedade chamados. Aprendi espanhol como Continuar lendo

Apóstolo Dallin Oaks Ofende Neozelandeses

Texto por Gina Colvin

Dallin OaksDurante a Conferência Geral de Outubro de 2010, o Apóstolo Boyd K. Packer fez alguns comentários controversos. Primeiramente, ele afirmou que a Proclamação da Família era fruto de revelação. Depois, ele sugeriu que homossexualidade não é congênita, ao exclamar:

“Alguns supõe que eles foram predefinidos e não podem superar o que crêem ser tendências congênitas pelo impuro e antinatural. Não é verdade! Por que o Pai Celestial faria isso com alguém? Lembrem-se, Ele é nosso Pai Celestial.”

Debates se sucederam e logo após o texto publicado do discurso de Packer leria apenas que a Proclamação é um “guia” ao invés de revelação, enquanto que a citação proferida acima foi alterada substancialmente:

“Alguns supõe que eles foram predefinidos e não podem superar o que crêem ser tentações congênitas pelo impuro e antinatural. Não é verdade! Por que o Pai Celestial faria isso com alguém? Lembrem-se, Ele é nosso Pai Celestial.”  (repare na ênfase)

Esta é a beleza da Conferência Geral. Porque todos os olhos estão voltados para o Centro de Conferências, os discursos são construídos com maior cuidado em grande parte porque a mídia está observando, assim como toda a Igreja – o que significa que há todo um cuidado especial para evitar criar controvérsias públicas.

Na Nova Zelândia tivemos hoje (18/05/2014) uma Transmissão de Conferência Regional. Estas ocorrem bienalmente no lugar de uma Conferência de Estaca. A sessão do Domingo de manhã inclui o voto de apoio para os líderes da Estaca, um discurso pelo Presidente da Estaca seguido de uma transmissão simultânea de Lago Salgado para todas as Estacas e Distritos do país.

Dallin Oaks, do Quórum dos Doze, discursou primeiro. Diferentemente dos discursos da Conferência Geral, nada de seu discurso será editado para uma edição final. Na verdade, ele deixou muitos de nós com um gosto ruim Continuar lendo

Por que você é firme na Igreja?

Compromisso, Coerência e Aprovação Social

O primeiro contato com a Igreja é com os missionários. Logo eles pedem para você orar e ler o Livro de Mórmon. Fazem esse primeiro compromisso, além de marcarem a segunda visita. Os vizinhos já viram eles entrando na sua casa e a sua família já sabe ou esteve presente. Então, por ter gostado, achado eles lindos ou pra não ser anti-social, você marca a segunda visita. Com a próxima visita agendada, você fica preocupado em ler o Livro de Mórmon e orar daquele jeito que ensinaram pra perguntar a Deus se o livro é verdadeiro.O dia da segunda palestra chega. Você aguardou eles porque, afinal de contas, não quer parecer uma pessoa “sem palavra”, mas “eu não quero me batizar”, você pensa consigo. Os missionários  perguntam se você leu o livro e se orou. Você responde que sim, pois você assumiu um compromisso e cumpriu. Te convidam pra visitar a Igreja. Você vai, acorda cedo, é cumprimentado pelo pessoal da Igreja e fica lá nas três horas, mesmo não entendendo nada.

Continuar lendo

Concurso: Fotografe Sua Capela

Concurso: Fotografe Sua Capela

Capela Mórmon

Uma das missões da Associação Brasileira de Estudos Mórmons é incentivar a documentação da experiência Mórmon cultural no Brasil.

Sendo assim, o Vozes Mórmons está lançando uma campanha para documentar as milhares de capelas Mórmons espalhadas pelo Brasil afora. Uma campanha com premiação, para um incentivo extra, além do simples prazer de montar um acerto arquitetônico e social Mórmon no Brasil. Continuar lendo

A Conversação na Capela e seus Excessos

Texto de Graciela Bravo

“O homem bem educado é aquele que escuta com interesse as coisas que sabe da boca daquele que as ignora.”

eartrumpetHá pouco tempo conversa, gostaria de compartilhar algumas de minhas experiências na capela. Ainda não estou tão bem familiarizada com o jeito SUD de ser. Nada que um tempinho a mais não resolva. Na capela renovamos energias, ouvimos testemunhos e discursos que servem de grandes ensinamentos para as nossas vidas. Portanto, é o local para nos sentirmos bem. É muito desagradável quando somos questionados com uma série de perguntas, as quais uma nada tem a ver com a outra. Perguntas que não dizem respeito a ninguém, perguntas totalmente descontextualizadas. Não são conversas que demonstram um interesse natural em estreitar laços, mas sim, uma sondagem investigativa. Acredito que essa falta de tato esteja relacionada à falta de respeito pela dignidade e individualidade do próximo. Continuar lendo

A Escola Dominical: o Casamento e a Homossexualidade

Texto de Jamil Jorge Jarjura Jr.

fly happy family on blue skyComo faço todas as manhãs de Domingo, fui à IJCSUD neste dia 08/12/2013. Logo cedo participei da reunião do comitê executivo do Sacerdócio. Logo após, participei do ensaio do Coral da ala. Gosto muito de cantar. Na verdade, posso dizer que sei cantar. Não sou excelente, mas no mínimo posso dizer que sou afinado. Aprendi a cantar na Igreja, na Primária e ao participar do coral da estaca lá pelos meus 17 para 18 anos.

A Reunião com os rapazes foi excelente. O bispo e o presidente dos rapazes buscaram três rapazes que são os “fujões” da Organização dos Rapazes da ala. Os três são a antítese do rapaz sud. Falamos sobre nos tornarmos amigos dos rapazes “afastados” da ala e de como ajudá-los retornarem a frequentar as reuniões da Igreja. Os rapazes se comprometeram juntamente conosco a irem atrás dos “perdidos”.

Hoje, por incrível que pareça eu não tinha nenhuma entrevista ou qualquer outra responsabilidade administrativa a ser realizada no horário da Escola Dominical. Por isto, pude assistir a aula dos “membros antigos”. No início da aula nossa professora lançou uma pergunta sobre “as coisas” que tem atacado as famílias tanto SUD, como as famílias em geral. Para minha surpresa, uma parte dos alunos que abriram suas bocas para participarem e responderem aos questionamentos de nossa professora passou a atacar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Sabemos que a doutrina da Igreja ensina enfaticamente no documento escrito pela primeira presidência e o quórum dos 12, que “a família é ordenada por Deus”, sendo que o casamento foi ordenado por Deus para ser perpetuado entre “um homem e uma mulher”. Continuar lendo