A Conversação na Capela e seus Excessos

Texto de Graciela Bravo

“O homem bem educado é aquele que escuta com interesse as coisas que sabe da boca daquele que as ignora.”

eartrumpetHá pouco tempo conversa, gostaria de compartilhar algumas de minhas experiências na capela. Ainda não estou tão bem familiarizada com o jeito SUD de ser. Nada que um tempinho a mais não resolva. Na capela renovamos energias, ouvimos testemunhos e discursos que servem de grandes ensinamentos para as nossas vidas. Portanto, é o local para nos sentirmos bem. É muito desagradável quando somos questionados com uma série de perguntas, as quais uma nada tem a ver com a outra. Perguntas que não dizem respeito a ninguém, perguntas totalmente descontextualizadas. Não são conversas que demonstram um interesse natural em estreitar laços, mas sim, uma sondagem investigativa. Acredito que essa falta de tato esteja relacionada à falta de respeito pela dignidade e individualidade do próximo.Quero iniciar salientando que as reuniões dominicais são inspiradoras e revigorantes. Há muitas pessoas agradáveis e mesmo as não tão agradáveis o são por distração e não por má intenção. Se bem que agora, lembrei de uma situação. No início da minha conversão faltei a alguns encontros. Ao retornar, um irmão aproximou-se para acrescentar meu nome a uma lista e com uma risadinha irônica, disse: “Quer dizer que a irmã se batizou e decidiu tirar umas férias?” Fiquei meio sem graça e constrangida. Optei por não ser tão espontânea e responder com certa grosseria. Esbocei um sorriso amarelo, dei uma risadinha similar e respondi: “Pois é.”

O que acham, sou exagerada ou sensível demais? O fato é que nunca conversei com aquela pessoa e não nos conhecíamos, por essa razão, tal comentário me causa enorme estranheza. Alguns membros usam um tom ameaçador. Nas aulas e discursos chegam a erguer o dedo indicador balançando-o ininterruptamente como se estivessem advertindo o filho menor. Demonstram uma certa irritação ao ouvir opiniões contrárias. Aconselham absurdos quando não solicitado. “Tens que te afastar de teus amigos antigos para andar somente com quem é forte.” Alguém aqui acha que é preciso afastar-nos dos velhos amigos? Esses causarão má influência? A mesma mulher com o seu excesso de franqueza e familiaridade disse que chama a todas de querida e por essa razão, muitos a consideram cínica. Só consegui dizer: “Ah.” A indiscrição e o excesso de curiosidade são os fatores que ligeiramente me incomodam. Ok, também cometo as minhas gafes, claro, muitas gafes… O pior é que logo após proferi-las me dou conta, oops, too late! Melhor deixar quieto. Sempre acabo me perguntando como pude ser capaz de dizer aquilo.

Espero promover algum tipo de reflexão relacionada ao assunto, mas também descobrir se outros têm as mesmas percepções como membros antigos ou recentes. Será que os antigos estão acostumados? Deixo uma última pergunta como fechamento. Por que deveríamos nos preocupar um pouco mais com a forma de abordar as pessoas na igreja?

__________
Relacionado
bishop-interview-258665-printHá abuso nas entrevistas?
Jesus MórmonJesus, você não pode entrar.
leavingO que faz as pessoas se afastarem da Igreja?
president christPresidente Cristo

7 comentários sobre “A Conversação na Capela e seus Excessos

  1. Você descreveu exatamente um dos maiores motivos de afastamentos de recém conversos. Fui missionário de serviços e líder da obra missionaria na igreja sud, e essas conversas de corredor e comentários descabidos eram os grandes desafios que os lideres tinham e ainda tem para manter os recém conversos firmes na igreja. Minha dica eh…. foque no evangelho, aceite conselhos apenas de seus líderes, e fuja, fuja mesmo de conversinhas de corredor e conselhos de pessoas que não são seus lideres espirituais. Melhor ter poucos amigos na igreja, do que perder a sua salvação.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.