Escolha Não Apelidar

Na última Conferência Geral, o Presidente d‘A Igreja (Mórmon) relembrou o mundo de que o Evangelho não é para todo mundo.

Estou falando sério. Deixe-me explicar.

first-presidency-2018-cropped

Russell M. Nelson (centro) e seus dois conselheiros na Primeira Presidência, Dallin H. Oaks e Henry B. Eyring. | Imagem Cortesia de Intellectual Reserve.

Na Conferência Geral de outubro de 2018, o profeta e Presidente do Evangelho Restaurado de Jesus Cristo dissse palavras firmes, as quais chamou de “um assunto de grande importância”. Continuar lendo

Igreja Retoma Luta Contra “Mórmon”

“Mórmon”, ‘Mormonismo” e “SUD” são termos a serem evitados, de acordo com o presidente e profeta d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Em anúncio feito em 16 de julho, pela Sala de Imprensa Mórmon, Russell M. Nelson retoma inesperadamente uma tendência compartilhada por algumas Autoridades Gerais na Igreja SUD e exposta pelo próprio Nelson na década de 1990.

first-presidency-2018-cropped

Russell M. Nelson (centro) e seus dois conselheiros na Primeira Presidência, Dallin H. Oaks (esquerda) e Henry B. Eyring (à direita), em janeiro de 2018. | Imagem: Cortesia de Intellectual Reserve.

A nova diretriz de Nelson soa gratuita e contrasta com o uso publicitário da palavra “mórmon” durante a administração de seu antecessor, Thomas S. Monson. A Igreja fez marketing do termo com a campanha multi-milionária “Eu Sou Mórmon” entre 2011 e 2014, e o documentário “Meet the Mormons” de 2014. Em anos recentes, a Igreja SUD processou legalmente empresasorganizações pelo uso do termo “mórmon” por suposta violação de direitos de propriedade intelectual. Continuar lendo

Leonard Arrington: Ezra Taft Benson e a Verdadeira História Mórmon

“Tive um sonho na noite de sexta de que havia sido demitido do meu cargo como Historiador da Igreja”, escreveu Leonard J. Arrington em 11 de setembro de 1972. “Isso pode ter sido provocado”, concluiu com humor, “por comer demais frango assado e/ou por um telefonema que recebi”.

Leonard J. Arrington (1917-1999) foi o primeiro não-Apóstolo, e até hoje o único não-Autoridade Geral, chamado para o ofício de Historiador da Igreja desde a instituição de tal chamado eclesiástico por Joseph Smith em 1842. Arrington ainda teve um trabalho fundamental na orientação de uma nova geração de historiadores mórmons até sua aposentadoria como Professor e Chefe de Departamento da Universidade Brigham Young (BYU).

Capa do primeiro volume de “Confissões de Um Historiador Mórmon”, editado por Gary Bergera. | Imagem: Cortesia de Signature Books.

A liberdade acadêmica e  intelectual proposta por Arrington não passou, porém, incólume. Alguns Apóstolos, como Ezra Benson, Bruce McConkie, Mark Petersen, e Boyd Packer fizeram feroz oposição ao seu trabalho, até que em 1982, ele foi desobrigado em reunião privada e seu novo substituto anunciado em Conferência Geral alguns meses depois, sem quaisquer menções ou votos de agradecimento a Arrington. Continuar lendo

Igreja Mórmon Modifica Garments

Maior mudança nas vestes sagradas do templo desde a década de 1920

Na semana passada, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias lançou novos modelos de garments, as vestimentas religiosas usadas por membros que receberam a cerimônia da investidura. Os lançamentos trazem tecidos mais elásticos e mangas menores para o público feminino.  Alguns modelos masculinos e femininos, antes disponíveis nos EUA, também foram descontinuados, como os garments de peça única. Porém, a maior e mais inusitada inovação nas vestes mórmons está na confecção das suas quatro marcas sagradas.

Ao invés de bordadas de forma visível no exterior da peça, as marcas são impressas no avesso, de forma a não serem visíveis de fora. Além disso, devido à impressão, os novos garments têm “validade” prevista de um ano. Na compra dos novos modelos, membros SUD recebem a seguinte explicação: Continuar lendo

Mórmons Brasileiros Não Crêem em Casamento Eterno?

Será que alguns mórmons brasileiros não acreditam no conceito de “casamento eterno”?

Capa do livro ‘Fastasmas da Poligamia: Assombrando os Corações e o Céu de Mulheres e Homens Mórmons’ sobre a crença da poligamia mórmon na vida pós-mortal

A doutrina oficial da Igreja SUD especifica que casamentos realizados em seus templos sagrados não são dissolvidos com a morte, e portanto, duram por toda eternidade. No jargão mórmon, trata-se de “casamento celestial”, “casamento eterno”, “casamento para o tempo e para a eternidade”, e o “novo e sempiterno convênio”.

O manual para mulheres da Igreja SUD ‘Manual Básico da Mulher SUD’ explica, por exemplo, o conceito doutrinário do “casamento eterno”:

“A vida não termina com a morte, e o casamento também não foi feito para terminar com a morte. Porém, o casamento realizado por oficiais civis ou de outras igrejas, fora do templo, é só para esta vida. O casamento eterno no templo é o único que continuará após a morte, e a exaltação no grau mais alto do reino celestial só vem para aqueles que fazem tal convênio e o observam.”

Não obstante, a reação pública de alguns leitores mórmons levanta a questão se a crença no conceito de “casamento eterno” realmente encontra-se internalizado, e não apenas liturgizado. Tomemos, por exemplo, a reação deste Continuar lendo

O Que Esperar do Profeta Dallin Harris Oaks?

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou ontem a formação de uma nova Primeira Presidência após o recente falecimento do Profeta e Presidente Thomas Monson. O novo Presidente da Igreja SUD, como é o costume estabelecido desde 1898 quando Lorenzo Snow reorganizou a Primeira Presidência 9 dias após a morte de Wilford Woodruff, é o até então Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos Russell Nelson.

Presidente Dallin Harris Oaks, Primeiro Conselheiro da Primeira Presidência e Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja SUD sob a adminitração do Profeta Presidente Russell Nelson (à direita)

Nelson assume aos 93 anos de idade e, como era esperado, mantém um dos 2 conselheiros que serviram a seu antecessor Monson por uma década: Henry Bennion Eyring como Segundo Conselheiro. Assim como Joseph Fielding Smith há 48 anos atrás, Nelson chamou o novo Presidente do Quórum dos Doze Dallin Harris Oaks como seu Primeiro Conselheiro. Melvin Russell Ballard Jr. assumirá como Presidente Atuante dos Doze.

Da mesma maneira como Lee assumira a liderança da Igreja para um Profeta e Presidente nonagenário e frágil servindo tanto como Presidente do Quórum dos Doze e como Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência sem nunca haver servido neste quórum previamente, Oaks assumiu a liderança da Igreja SUD ontem igualmente sem jamais pertencer ao quórum presidente e obrigado a demoção de Dieter Uchtdorf com uma década de experiência. Considerando que Oaks, ainda por cima, é o primeiro na linha de sucessão no eventual falecimento de Nelson, Oaks tornou-se de facto o líder da Igreja SUD, se não o líder de jure.

O atual e futuro Profeta

Nascido Dallin Harris Oaks em agosto de 1932 em Provo, Utah, Oaks permaneceu em sua cidade natal até formar-se em Contabilidade pela Universidade de Brigham Young em 1954, quando mudou-se para Chicago, onde se formou em Direito pela Universidade de Chicago em 1957. Oaks seguiu em Chicago trabalhando em escritórios de advocacia e lecionando na mesma universidade até ser chamado pela Igreja SUD em 1971 para voltar para sua cidade natal como Presidente da Universidade de Brigham Young. Esta posição Oaks abandonou ao ser indicado pelo Governador de Utah para servir como membro da Supreme Corte do Estado de Utah em 1980, mas seu mandato durou apenas até 1984 quando foi chamado para o Quórum dos Doze Apóstolos por causa da morte de Mark E Petersen.

Em 1965 Oaks publicou artigo acadêmico demonstrando que Joseph Smith havia destruído ilegalmente a prensa do jornal Nauvoo Expositor¹. Em 1968 Oaks foi um dos fundadores da revista acadêmica mórmon Dialogue: A Journal of Mormon Thought, que incidentemente fora categorizada direta ou indiretamente como “apostasia” por vários Apóstolos como Ezra Benson, Bruce McConkie, e Boyd Packer, e serve até hoje como uma das inspirações para o Vozes Mórmons. Em 1975 Oaks publicou, com o historiador Marvin Hill, uma excelente análise do julgamento dos assassinos de Joseph Smith².

Oaks foi casado com sua namorada do colegial, June Dixon, por 46 anos com quem teve 6 filhos. 2 anos após o falecimento dela, Oaks casou-se novamente em agosto de 2000 com Kristen Meredith McMain, tornando-se na época o mais recente Apóstolo mórmon polígamo na história (até o segundo casamento do atual Profeta Russell Nelson em 2006).

O que esperar de Dallin H. Oaks como Profeta e de facto líder da Igreja SUD? Vejamos algumas notas que nós noticiamos apenas nos últimos anos a respeito dele: Continuar lendo

Anunciada Nova Primeira Presidência da Igreja SUD

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias acabou de anunciar em entrevista coletiva com o Russell Marion Nelson Sr., atualmente Apóstolo e  Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, a formação de uma nova Primeira Presidência após o recente falecimento do Profeta e Presidente Thomas Spencer Monson.

Retrato da Primeira Presidência no site oficial da Igreja SUD até o momento de publicação

O novo Presidente da Igreja SUD, como é o costume estabelecido desde 1898 quando Lorenzo Snow reorganizou a Primeira Presidência 9 dias após a morte de Wilford Woodruff, será o atual Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos Russell Nelson.

A nova Primeira Presidência  Continuar lendo

Venezuela Sairá da Crise com Dízimo?

O Setenta Autoridade Geral brasileiro Carlos Godoy aparentemente prometeu aos membros da Igreja SUD venezuelanos, num país que está vivendo uma das piores crises econômicas da atualidade, que se os mórmons pagarem seus dízimos adequadamente, o país passará por uma recuperação milagrosa.

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa "digna", deve submeter-se à uma entrevista e provar que segue todas as regras da Igreja

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa “digna”, e poder participar de seus ritos mais sagrados, deve submeter-se à uma entrevista  e provar que está pagando seus dízimos em dia

De acordo com o primeiro conselheiro da Missão Venezuela Valencia, Godoy teria prometido aos membros da Igreja: Continuar lendo

O Que Esperar do Profeta Russell Marion Nelson?

Russell Marion Nelson Sr., atualmente Apóstolo e  Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, deverá ser confirmado como Profeta e Presidente da Igreja e membro único da Corporação do Presidente d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (entidade legal da Igreja) após o recente falecimento do Profeta e Presidente Thomas Spencer Monson.

Russell Nelson

Nascido em setembro de 1924, Nelson formou-se médico pela Universidade de Utah em 1947, recebeu treinamento como cirurgião cardiotorácico na Universidade de Minnesota, serviu como médico no exército norte-americano durante a Guerra da Coréia (1951-1953), e após receber mais treinamento médico na Universidade de Harvard, retornou para Salt Lake City para uma posição docente na Universidade de Utah em 1955.

Nelson tornou-se tão renomado em Utah por suas habilidades cirúrgicas e constante atualização nas técnicas mais avançadas da época que, em 1972,  o então Profeta e Presidente da Igreja Spencer W. Kimball o buscou para uma cirurgia de válvula aórtica. Nelson assumiu, assim, o papel de médico pessoal de Kimball por mais de uma década, e em abril de 1984 Kimball o chamou para ser ordenado Apóstolo e assumir o lugar de  Mark E. Petersen no Quórum dos Doze.

Nelson foi casado por 60 anos a Dantzel White, com quem teve 10 filhos, 56 netos, e 18 bisnetos. 14 meses após o falecimento dela, Nelson casou-se novamente com Wendy Watson (n. 1950), professora de “terapia de casamento e família” na Universidade de Brigham Young, tornando-se o Apóstolo mórmon polígamo mais recente na história da Igreja SUD.

O que esperar de Russell M. Nelson como Profeta e Presidente da Igreja? Vejamos algumas notas que nós noticiamos apenas nos últimos 2 anos a respeito dele: Continuar lendo

Igreja Mórmon Inova em Caridade

Aproveitando a enorme circulação de turistas (e dinheiro) ao redor do seu icônico Templo de Salt Lake City, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias este ano decidiu inovar em suas ações humanitárias e publicitárias de Natal, instalando quatro máquinas de venda em que podem-se comprar produtos e serviços destinados a populações de países pobres.

Missionária Hope Davis em frente a uma das máquinas instaladas no Joseph Smith Memorial Building. | Imagem: Cortesia de Spenser Heaps, Deseret News.

De acordo com a reportagem do jornal Deseret News, os valores vão de US$ 5 (cerca de R$ 16) a US$ 75 (cerca de R$245): Continuar lendo

Pessoas Religiosas São Mais Morais?

Por que as pessoas desconfiam de ateus?

Um estudo recente que conduzimos, liderado pelo psicólogo Will Gervais, encontrou preconceito moral extremo e difundido contra ateus ao redor do mundo. Em todos os continentes, pessoas creem que aqueles que cometeram atos imorais, inclusive atos extremos como assassinato em série, eram muito provavelmente ateus.

Embora essa tenha sido a primeira demonstração de tal preconceito em escala global, sua existência é pouco surpreendente.

Dados de pesquisa mostram que norte-americanos confiam menos em ateus do que em qualquer outro grupo social. Para a maioria dos políticos, ir à igreja é muitas vezes a melhor maneira de angariar votos, e revelar-se como não crente pode vir ser um suicídio político. Afinal, não há ateus declarados no Congresso dos EUA. A única congressista de que se sabe sem filiação religiosa descreve-se como “sem religião”, mas nega ser ateia.

Portanto, de onde vem esse preconceito extremo? E qual é a evidência real da relação entre religião e moralidade? Continuar lendo

Joseph F. Smith: Sem Poligamia Não Há Exaltação

O Profeta Joseph F. Smith explicou que é impossível para um homem ser exaltado no Reino Celestial com apenas uma esposa, em discurso no histórico Tabernáculo Mórmon, em 7 de julho de 1878:

Joseph F. Smith serviu como Presidente da Igreja SUD (1901-1918), Conselheiro na Primeira Presidência (1866-1877, 1880-1887, 1889-1901), e Apóstolo (1866-1918).

Continuar lendo

Pornografia no Templo de Salt Lake?

Quem poderia imaginar estar no lugar mais sagrado para os membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o templo central na cidade do Lago Salgado, e deparar-se com uma pintura pornográfica?

Vitral exposto no Templo de Salt Lake City da Igreja SUD, na escadaria entre as salas do Jardim e do Mundo (Foto: The Salt Lake Temple: A Monument to the People)

Essa é justamente a queixa de uma membro da Igreja que, ao encontrar um artigo exaltando os detalhes arquitetônicos do templo, imediatamente ventilou seus sentimentos de frustração, surpresa, e choque de encontrar tamanha indecência e imoralidade na “casa do Senhor”:

Continuar lendo

Ética institucional: Playboy vs Igreja Mórmon

A revista Playboy virou notícia na semana passada ao publicar, pela primeira vez em sua história, um ensaio fotográfico de uma modelo transgênero assumida.

A atenção girou em torno de duas reações polarizadas entre aqueles que elogiaram a publicação pela inclusão aberta e generosa de uma minoria frequentemente marginalizada (i.e., transgêneros), e aqueles cujos preconceitos os motivam a desejar perpetuar tal marginalização e discriminação.

Ines Rau é a “coelhinho do mês” da edição de novembro de 2017 da revista Playboy (Foto: Derek Kettela/Playboy)

 

A Igreja SUD não se pronunciou oficialmente sobre esse evento específico, mas a revista Playboy sim, e sua resposta pública levanta um interessante ponto de contraste com a Igreja Mórmon.

Continuar lendo

Igreja Mórmon Condena Racismo, Não Condena Nazistas

Respondendo ao recente atentado terrorista deste sábado (12), quando um neonazista intencionalmente atropelou 19 manifestantes pacíficos, matando uma jovem de 32 anos, protestando contra a marcha de neonazistas na pequena cidade universitária de Charlottesville, Virgínia, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias emitiu nota oficial condenando “racismo” e “intolerância”.

Neonazistas e Nacionalistas Brancos marcham pela cidade de Charlottesville, Virgina

Não obstante, para o regozijo de muitos simpatizantes deste movimento fascista norteamericano moderno, entre eles próprios membros da Igreja, ela restringiu-se a comentários genéricos e brandos, evitando direta condenação de neonazistas ou os chamados “nacionalistas brancos”. Continuar lendo