Ordenanças do templo – parte 4

O Quórum dos Ungidos, a Investidura e as Segundas Unções

Em 04 de maio de 1842, 49 dias após seu ingresso na maçonaria, Joseph Smith introduziu uma nova cerimônia, que posteriormente passaria a ser chamada de “investidura”. Como já havia acontecido em Kirtland, o profeta mórmon não aguardou que o templo de Nauvoo estivesse pronto. Juntamente com seu irmão Hyrum, Joseph Smith administrou a investidura a um grupo de oito homens. Na casa de tijolos vermelhos em Nauvoo, Joseph e Hyrum Smith administraram a um grupo de oito homens a “ordem sagrada”. No dia seguinte, os dois irmãos receberam as mesmas cerimônias.

red-brick-storeQuarta-feira, 4 – Passei o dia na parte superior da loja, onde fica meu escritório particular, em conselho com o General James Adams de Springfield, o Patriarca Hyrum Smith, os bispos Newel K. Whitney e George Miller, o Presidente Brigham Young e os élderes Heber C. Kimball e Willard Richards. Dei-lhes instruções sobre os princípios e ordem do sacerdócio, cuidando dos lavamentos, unções, investiduras e da comunicação das chaves pertencentes ao Sacerdócio de Aarão, e assim sucessivamente até a ordem mais alta do Sacerdócio de Melquisedeque, explicando a ordem concernente ao Ancião de Dias e todos aqueles planos e princípios, por meio dos quais qualquer um pode alcançar a plenitude das bênçãos preparadas para a Igreja do Primogênito, e ascender e habitar nas presença de Elohim nos mundos eternos. Nesse conselho, instituiu-se a ordem antiga das coisas, pela primeira vez nestes últimos dias. E as comunicações que fiz a esse grupo foram de coisas espirituais, e só aqueles que têm mentes espirituais as poderiam receber; e nada se revelou a esses homens que não se fará saber a todos os santos dos últimos dias, tão logo estejam preparados para recebê-las, e se prepare um lugar próprio para comunicá-las, sim, mesmo ao mais fraco dos santos. [1]

Emma Smith, na década de 1870.

Emma Smith, na década de 1870.

Selamentos

O grupo inicial voltou a se reunir para orar e administrar as ordenanças da investidura a novos candidatos. À época, Joseph Smith já havia iniciado algumas pessoas na “doutrina do sacerdócio” ou “ordem do sacerdócio” (D&C 131), como era geralmente chamada a doutrina do casamento plural. O primeiro selamento ocorreu em abril de 1841, entre Louisa Beaman e Joseph Smith. Sua esposa legal, Emma Smith, seria a ele selada em 28 de maio de 1843. [2]

O Quórum dos Ungidos

A primeira ministração da investidura a mulheres ocorreu em 28 de setembro de 1843. Foi só com o ingresso de mulheres que o grupo secreto passou a ser formalmente um quórum do sacerdócio – o Quórum Ungido ou Quórum dos Ungidos. Como sua existência deveria permanecer desconhecida da Igreja, os registros oficias falam de um “conselho especial”. [3] Nessa mesma reunião do dia 28, Joseph Smith foi escolhido como presidente daquele quórum. Realizando pela primeira vez a maior de todas as cerimônias do mormonismo, Joseph e Emma Smith receberam também as suas segundas unções. Nos registros do Quórum dos Ungidos, lê-se:

Baurak Ale [Joseph Smith] foi por comum acordo e voz unânime escolhido presidente do Quórum e ungido e ordenado à maior e mais alta ordem do sacerdócio (& Companheira) [Emma Smith]

De acordo com o diário de Wilford Woodruff, “Então por comum acordo Joseph Smith o Profeta recebeu sua segunda Unção da mais Alta e Sagrada ordem”. [4]

As três principais instituições do mormonismo em 1844.

As três principais instituições do mormonismo em 1844.

Como vimos em um post anterior, na década de 1830 surgiram alguns precedentes para o desenvolvimento dos chamados círculos de oração. A elaborada “verdadeira ordem de oração”, porém, foi implementada a partir de 1842 com a investidura e constituía uma das principais atividades do Quórum dos Ungidos.

Segundas unções

A segunda unção, recebida preferencialmente pelo casal, tinha como objetivo ratificar o “chamado e eleição” dos iniciados, confirmando as promessas feitas nas primeiras unções e abluções da investidura. Tal ordenança gradualmente passou a ser desconhecida na cultura mórmon, e sendo transformada em algo quase inatingível  – e, de acordo com o folclore sud contemporâneo, dado diretamente por Cristo. Um estudo da segunda unção, no entanto, aponta para um papel de maior destaque das mulheres no quebra-cabeças do sacerdócio em Nauvoo.

No prefácio a uma compilação de registros sobre o Quórum dos Ungidos, o historiador Todd Compton observou que

Talvez o aspecto mais importante desta história para leitores contemporâneos será sua relação com o desenvolvimento do feminismo mórmon. No mormonismo mainstream contemporâneo, mulheres são geralmente vistas como separadas do sacerdócio. Porém, nas reuniões do Quórum Ungido, encontramos, sob a jurisdição do profeta, mulheres admitidas em um importante quórum do sacerdócio, cujo um dos nomes era exatamente “sacerdócio”. [5]

Planta do Templo de Nauvoo

Planta do Templo de Nauvoo

Uma incógnita

Registros pessoais em diários e cartas, assim como denúncias dos rituais mórmons, publicados em jornais e livros “gentios”, fornecem-nos vários elementos para um panorama dos primórdios da investidura e demais cerimônias do templo. Entretanto, os rituais fundadores na casa de tijolos vermelhos, em 1842, permanecem em parte sujeitos à especulação. Joseph Smith não deixou uma cópia escrita dos rituais e os mórmons que seguiram Brigham Young após o martírio receberam a investidura com alguns elementos que não estavam originalmente na investidura administrada por Joseph Smith.

NOTAS

1. Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, p. 231. William Law e William Marks estavam no grupo, mas seus nomes foram retirados posteriormente do texto, após o assassinato de Joseph Smith.

2. Na mesma data, James e Harriet Adams foram também selados. Os dois casais foram os primeiros legalmente casados a receberem o selamento.

3. “(…) fui escolhido presidente do conselho especial”. History of the Church 6:39.

4. Entradas dos diários de Joseph Smith e Wilford Woodruff. Citados em Joseph Smith’s Quorum of the Anointed, 1842-1845. A documentary history. Signature. Salt Lake: 2005. p. 25, 27.

5. Joseph Smith’s Quorum of the Anointed, 1842-1845. A documentary history. Signature. Salt Lake: 2005. p. xi.


Leia os demais posts desta série:

Parte 1 – O Templo antes dos templos e os precedentes para os Círculos de Oração

Parte 2 – O que significavam investidura e selamento para os mórmons na década de 1830?

Parte 3 – Simbolismo maçônico e o Ancião de Dias

Parte 4 – O Quórum dos Ungidos, a Investidura e as Segundas Unções

Parte 5 – No topo das montanhas

Parte 6 – Círculos de oração, vestimentas e altares

Parte 7 – Investidura: instruções junto ao véu

2 comentários sobre “Ordenanças do templo – parte 4

  1. Esse é mais um daqueles assuntos estranhos e mal compreendidos na igreja que se baseia se não estou enganado no episódio relatado no novo testamento quando Jesus lava os pés dos apóstolos e diz a Pedro que se ele não fizesse isso eles não teriam parte com ele. O significado disso infelizmente não é encontrado em todo o novo testamento. Por isso as igrejas cristãs criaram cada uma um significado diferente.

    Apesar da igreja ocultar a realização da segunda unção para alguns privilegiados amigos das autoridades gerais como não poderia ser diferente. Alguns desses privilegiados abriram o bico foi o que encontrei no site de John Dehlin ( Mormon Stories Podcast) que entrevista um membro da igreja Tom Phillips que na época em que servia como secretário executivo numa presidência de àrea recebeu o convite para receber a segunda unção de seu amigo Elder Hillam.

    Trechos da entrevista:

    Muitos membros da Igreja SUD não sabem que uma ordenança secreta nos templos chamada de “Segunda Unção” é regularmente administrada por apóstolos da Igreja SUD para amigos da elite, familiares e líderes (a maioria presidentes de estaca, presidentes de templo, presidentes de missão, e Autoridades Gerais, juntamente com suas esposas). Nesta ordenança (de acordo com relatos) um apóstolo lava os pés do casal no templo, unge-os na cabeça com óleo de tal forma que a sua “vocação e eleição esta garantida e certa” (garantindo-lhes um lugar no reino celestial), e em seguida, convida o casal a retirar-se para uma sala no templo, em que a mulher lava os pés de seu marido, e, em seguida, coloca as mãos sobre a sua cabeça para dar-lhe uma bênção especial do sacerdócio.

    Tom Phillips, e a Segunda Unção, e o Apóstolo SUD Jeffrey R. Holland
    27 de Abril de 2015
    By John Dehlin

    Entrevista dada por Tom Phillips ao programa na internet de John Dehlin, leia e ouça a entrevista completa no site http://mormonstories.org

    Trechos da entrevista
    tradução livre

    -Bem, obviamente, nós fomos com nossas recomendações e nossas vestes do Templo… Fomos recebidos pelo Élder Ballard
    e também um conselheiro (do templo),… Normalmente seria o Presidente do Templo, o Apóstolo, e outra Autoridade Geral. Neste caso
    Élder Pedersen também estava lá – … Élder Ballard explicou o que iria acontecer – seríamos ungidos e teríamos nossos pés lavados por ele. Ele disse que estava agindo sob a direção do Profeta Gordon B Hinckley, e depois cada casal seria levado para salas separadas para sozinhos executarem a segunda parte da ordenança. Depois todos nos encontraríamos novamente com o Élder Ballard na Sala Celestial do templo.
    -Me acenaram para sentar em uma cadeira especial e o Élder Ballard ajoelhou-se e lavou os meus pés e enxugou-os.
    – E ele fez isso para sua esposa também?
    – Sim.
    -E ele citou alguma oração antes? Ele explicou o que significava?
    -Sim, e depois na sala Celestial, ele deu mais explicações.
    -… houve uma unção com óleo sob minha cabeça, então eu fui ordenado…realmente como um rei e sacerdote…
    -Então você foi literalmente ordenado um rei?
    -Sim, ordenado um rei – não era para me tornar, fui ordenado um rei.
    -Obviamente, para governar e reinar na casa de Israel para sempre. Então recebi bênçãos sobre minha
    cabeça, testa, olhos etc que foram ungidos com óleo e receberam bênçãos específicas relativas a conhecer, compreender e falar a verdade. O poder da
    plenitude do sacerdócio, e uma bênção, que incluiu o poder selador para ligar e desligar, amaldiçoar e abençoar. As bênçãos de Abraão,
    Isaac e Jacó, e a graça do Santo Espírito da Promessa…
    -Então, fomos ordenados a não revelar a outras pessoas que tínhamos recebido esta ordenança, e novamente, minha esposa foi ungida e ordenada
    Rainha e Sacerdotisa, …
    -…para a segunda parte entramos em uma sala de selamento. Cada casal foi designado para uma sala de selamento diferente.
    -Foi-nos dito que lá as esposas lavariam os pés do marido e, em seguida, elas colocariam as mãos sobre a cabeça do marido e lhe daria uma bênção conforme fosse inspirada a falar pelo Espirito Santo.
    -Então você teve os seus pés lavados duas vezes.
    -Sim, uma vez pelo Apóstolo, e uma vez por minha esposa.
    -Mas você não lavou os pés de sua esposa?
    -Não, ela fez isso para mim.
    -E você não lhe deu uma bênção?
    Não, eu não lhe dei uma bênção.
    -Bem é isso, ele pediu-nos para irmos a sala Celestial e fez um resumo do que tinha acontecido naquele dia, e perguntou
    se havia alguma pergunta porque só poderia ser respondida naquele momento, você sabe que não pode sair de lá e
    de repente fazer uma pergunta.

    Caros amigos do vozes mórmons podemos confiar no relato desse membro Tom Phillips existem outros relatos que reafirme esses passos relatado por ele.

  2. Nossa… Que fantástico é o evangelho de Jesus Cristo! Graças a Deus ele foi restaurado, e hoje, homens e mulheres podem ser selados reis e rainhas, sacerdotes e sacerdotisa.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s