Mulheres SUD Protestam Conferência Geral

Mulheres SUD aproveitaram ontem durante a 186ª Conferência Geral semi-anual da Igreja para realizar um protesto respeitoso contra a discriminação de mulheres mórmons.

(Scott Sommerdorf | The Salt Lake Tribune) Mahalia Lotz, left, climbs the stairs to the LDS Church Administration Building with Debra Jenson as the Ordain Women group visited the LDS Church Administration Building to request a meeting with a general authority, Saturday, October 1, 2016. They found the doors were locked to their visit.

Mahalia Lotz (esq) e Debra Jenson unem-se a outras mulheres SUD em frente à sede da Igreja SUD para solicitar uma reunião com autoridades gerais. (FOTO: Scott Sommerdorf | The Salt Lake Tribune)

Entre 30 e 40 mulheres membros da Igreja SUD fizeram uma passeata pela cidade de Lago Salgado entre sessões matutinas e vespertinas da conferência carregando guardas-chuvas roxos, por si e outras 300 peticionárias, saindo do Parque City Creek, próximo ao Centro de Conferências da Igreja SUD, atravessando o centro da cidade e parando na sede da Igreja para reivindicar uma reunião com a Primeira Presidência e os Doze Apóstolos sobre a questão de ordenar mulheres ao sacerdócio.

Os guardas-chuvas servem de metáfora para o sacerdócio, vindo de um ensinamento mórmon de que o homem carregaria nele o guarda-chuva para proteger toda sua família.

Explica Debra Jenson, ex-diretora do movimento “Ordain Women” (Ordene as Mulheres):

“Nós temos pais celestiais que nos amam e se preocupam conosco, que creem que tanto o homem como a mulher são capazes de carregar seus próprios guardas-chuvas, que creem que tanto homens quanto mulheres são igualmente capazes de receber revelações diretas, que nos veem como parceiros iguais no compartilho desse evangelho.”

Enquanto isso, nos escritórios da Igreja, vários funcionários e seguranças recusaram-nas acesso ao prédio ou mesmo o privilégio de explicar-lhes a natureza de sua reivindicação. Ninguém saiu para conversar com as mulheres ali ao sol, em seu protesto silencioso.

∼¤∼

Na Conferência Geral de abril de 2014 nós cobrimos o primeiro protesto da organização de mulheres SUD “Ordain Women” para tentar entrar na Sessão do Sacerdócio da Conferência e reivindicar ordenação ao sacerdócio.

Image

No Parque City Creek, perto do Centro de Conferências, o movimento Ordain Women (Ordene as Mulheres) se reunira às 16 horas para oração e testemunhos.

Image

Tinesha, do estado de Washington, veio à Utah para estudar na BYU. Ao trabalhar com a Organização das Moças, disse ter percebido que deveria haver uma busca por maior igualdade.

Image

Mary Ellen disse que é difícil argumentar contra a ordenação de mulheres ao Sacerdócio, especialmente numa igreja com o clero laico e onde as mulheres já tem muitos papeis ativos. Perguntada se ela acha que o movimento Ordain Women (Ordene as Mulheres) está pronto para chegar ao membro médio da Igreja, ela responde: “Talvez ainda não estejamos no mainstream, mas o importabnte é que abrimos o diálogo sobre um tema que era tabu. Mesmo quando as pessoas se opõem, elas estão tendo que pensar a respeito”.

Image

Rostos conhecidos do Vozes Mormons: Kristy Money e Rolf Straubhaar.

Contrariando o pedido feito pela Igreja de permanecerem fora da Praça do Templo, o grupo do Ordain Women (Ordene as Mulheres) fora em direção à Sessão Geral do Sacerdócio.

IMGP1577

Mulheres do Ordene as Mulheres aguardam no Largo do Templo para entrar na 184a Sessão do Sacerdócio da Conferência Geral

IMGP1589

Mulheres do Ordene as Mulheres aguardam no Largo do Templo para entrar na 184a Sessão do Sacerdócio da Conferência Geral

Como já esperavam, a entrada de mulheres foi negada. Mas fizeram questão de manter o simbolismo do ato. Sua ideia era chamar a atenção das autoridades gerais para que orem a respeito da ordenação feminina.

Image

Mulheres aguardando na fila de entrada da Sessão do Sacerdócio.

Image

Ao fundo, teto prateado do Tabernáculo, onde tradicionalmente acontece a Sessão Geral do Sacerdócio, aberta exclusivamente a homens (de qualquer idade e independente de serem ou não portadores do sacerdócio).

Image

A brasileira-americana Caitlin apos sair da fila. Em alguns meses ela estará servindo como missionaria de tempo integral no Paraná.

Image

Naquele ano, e provavelmente em resposta ao movimento em si, a Igreja incluira pela primeira vez uma recepcionista mulher (de casaco azul). Paciente, ela conversava com as mulheres atentamente e até distribuiu alguns abraços.

No ano seguinte, elas tentaram participar das sessões de sacerdócio em suas respectivas estacas, com resultados variáveis. Esse ano, portanto, foi uma passeata em protesto silencioso.

∼¤∼

Outro evento passado organizado por esses membros da Igreja fora a comemoração do aniversário de 185 anos da Restauração do Sacerdócio. O movimento ‘Ordain Women’ (‘Ordene as Mulheres’) lançou 6 palestras sobre a questão de ordenação de mulheres ao Sacerdócio. A primeira palestra, lançada no dia 15 de maio, aniversário histórico da restauração do Sacerdócio Aarônico, e, está disponível no site oficial delas ou no seu canal do YouTube, junto com subsequentes eventos e palestras.

Seis Palestras do Ordene As Mulheres: 1) Reconheça os sintomas; 2) Conheça a história; 3) Estude as escrituras; 4) Deleite-se na revelação; 5) Enxergue nosso potencial; 6) Seja a mudança

Seis Palestras do Ordene As Mulheres: 1) Reconheça os sintomas; 2) Conheça a história; 3) Estude as escrituras; 4) Deleite-se na revelação; 5) Enxergue nosso potencial; 6) Seja a mudança

 

19 comentários sobre “Mulheres SUD Protestam Conferência Geral

  1. Se você é mulher e acha que tem direito ao sacerdócio, vá para a Igreja Reorganizada. Lá isso é uma realidade.

    As mulheres não portarem o sacerdócio é uma de muitas doutrinas machistas da Igreja. Mudar só esse ponto é tampar o sol com a peneira.

    • E achar que meia duzia de protestos vai mudar alguma coisa é o mesmo que tentar fazer com que o mocedo doe sangue e o saci cruzar as pernas!

      • 1) Saci é um personagem fictício.

        2) Mocedo é um grupo de moças.

        3) Morcegos (que, supõe-se, era o que você queria dizer) “chupando sangue” é uma lenda popular. 70% de todas as espécies de morcego são insetívoras, quase 30% são frutívoras, algumas poucas espécies são piscívoras, e apenas 3 espécies são hematófagas. Essa minúscula parcela de toda população e diversidade de morcegos consome, tipicamente, até 20 ml de sangue em uma refeição, causando nenhum dano importante aos mamíferos de médio e grande porte que lhes servem de fonte alimentícia.

    • Você tem razão. Trata-se apenas de apenas “uma de muitas doutrinas machistas da Igreja”.

      Contudo, muito se engana quem pensa que a presença de mulheres em posições de liderança e decisão não impacta negativamente em reduzir atitudes machistas prevalentes. Leia essa análise, ou esse estudo , ou essa opinião da Primeira Conselheira Geral da Sociedade de Socorro, para citar apenas três exemplos.

      • Adriano,acho que você não reagiria dessa forma se alguém que você ama fizesse escolhas erradas.
        Apenas acho.Mas como dizia abujamra “o achismo é uma merda”.

    • Cada um tem seu papel… A mulher não porta o sacerdócio mas tb pode ser abençoada por ele. Os papeis ambos se complementam. Seguindo essa lógica ridícula, então os homens devem fazer um protesto para poderem dar à luz tambem, pois só a mulher poder dar a luz é uma das doutrinas femista, né. Assim como o sacerdócio é o poder dado ao homem, o poder de dar à luz é dado a mulher, ambos se complementam e vivem em harmonia. Querer dar conselhos a Deus é algo absurdo.

  2. Pois percebo que por menor que seja o número dessa pobres e sofredoras mulheres SUD vale a pena continuar protestando, eles tem medo sim e só assim as coisas mudam, espero que elas continuem em busca do que é de direito delas, como o João acima disse, foi assim que tudo mudou com esse pequeno grupinho de meia duzia de pessoas ao longo da história.

  3. A mulher que concorde com essa ideia nao compreende nada sobre a religião que pertence, isso é bem claro quando vamos ao templo, o convênio que é feito com o Senhor. Essas mulheres precisam horar pedindo horientacao do Senhor. A Igreja é a mesma hoje é sempre, os mandamentos do Senhor não mudam pq as pessoas querem que sejam mudados, e sim nós mudamos para que possamos segui-los, se fosse ao contrário porque teríamos que nos sacrificar para sermos dignos de frequentar o templo, deixamos de fazer muitas coisas em nosso dia-a-dia para que possamos estar mais próximos de Cristo. O papel da mulher é muito importante no plano do Senhor, mais até que o homem, pois ele tem q conquistar o direito de ter o sacerdocio, a mulher já não, ela já vem com esse poder da pre-existência, por isso nao existe ordenação a ela… Nos mulheres podemos servir ao Senhor mas homem se nao tiver o sacerdocio ele nao é nada, nao pode servir, nao pode entrar no templo… A mulher não precisa do Sacerdocio pois ela é muito mais forte e fiel na fé, agora o homem é fraco e precisar algo para que o mantenha na fé. Mulheres olhem para seus maridos e vejam como tempo que tratá-los no dia-a-dia, se eles não têm uma mulher os empurrando eles se acomodam e não crescem, mesmo caso na igreja a mulher é o apoio.

    • Amanda, você não conhece nossa história, o próprio Joseph ordenava mulheres e elas tinham o sacerdócio. O ideal talvez seja conhecer e entender como a igreja foi fundada. Olhe para uma das dissidentes da igreja de Joseph, hoje comunidade de Cristo la ordenam homens e mulheres para o sacerdócio..Conheça nossa história e depois repense no que você acha certo.

      • Quem não conheci é vc !!! Ou vc pertence a outra igreja, porque A igreja de Jesus Cristo dos santos dos últimos dias que eu pertenço não foi assim , vc está mto mal informada. Vc deve pertencer a outra ! Eu sinto vergonha dessas mulheres, mulheres Sud não devem ser !….. Pq quem faz um negócio desse, não tem um testemunho do profeta vivo hj e nem de Cristo.

      • Nathali,

        Sua educação mostra que tipo de sud você é.

        Mas uma que não conhece a sua própria história.

        Antes peço a gentileza de ler o livro a historia da igreja, não sei se você sabe existem livros da igreja em inglês infelizmente nem tudo foi traduzido para português que fala sobre esse assunto
        Agora se quiser dar palpites errados, e quiser morrer na ignorância isso é um problema seu.

        Mas, o que vejo hoje, são membros que nada conhecem sobre a igreja e falam sua opinião pessoal.

        E antes de prestar falso testemunho sobre a minha pessoa. Sou membro sim e ja fui missionária.

        Agora fica aqui uma dica de leitura.

      • “Mas, o que vejo hoje, são membros que nada conhecem sobre a igreja e falam sua opinião pessoal”.

        Também percebi isso com o tempo. Fico abismado quando a pessoa não sabe sobre a crise de sucessão de 1844 ou vem dizer que a poligamia foi para “cuidar das mulheres de homens que morreram em guerras”.

  4. Esse site está divulgando notícias falsas. Nota-se claramente nos guarda-chuvas que essas mulheres na realidade são funcionárias do wordpress.com. 😉

  5. Discordo totalmente do que esta tal “Amanda” disse…..se eles não têm uma mulher os empurrando eles se acomodam e não crescem, mesmo caso na igreja a mulher é o apoio….aff…nada haver….tem mulher que mais atrapalha o desenvolvimento do homem do que se ele estivesse só…digo por experiencia própria….cada um é responsável pela vida que tem…longe de mim uma mulher “me empurrando….eu tenho meu objetivos e os conquisto….não preciso de mulher pra crescer na vida!

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s