N. Eldon Tanner: A Lei de Deus Discrimina Contra Negros

O Presidente Nathan Eldon Tanner admitiu em uma entrevista de 1967 que a “lei de Deus” era discriminar contra os negros.

Nathan Eldon Tanner, Conselheiro na Primeira Presidência (1963-1982) sob os Presidentes David O McKay, Joseph Fielding Smith, Harold B Lee, e Spencer W Kimball

Tanner, que serviu na Primeira Presidência entre 1963 e 1982 como Conselheiro dos Profetas David O McKay, Joseph Fielding Smith, Harold B Lee, e Spencer W Kimball, admitiu em entrevista para a revista Seattle Magazine em dezembro de 1967 que a crença prevalente sobre a segregação racial imposta pela Igreja era uma lei divina.
Continuar lendo

N. Eldon Tanner: Obediência Cega

Mórmons são institucionalmente estimulados à obediência cega a seus líderes eclesiásticos.

Mórmons são ensinados que obediência é a “primeira lei do céu” e, portanto, o princípio mais importante de sua religião. Membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias são orientados a ignorar suas próprias consciências, seus instintos e seu julgamento pessoal e apenas obedecer o Presidente da Igreja, sem hesitação ou questionamento.

Por exemplo, o Profeta Heber Grant explicou que devemos obedecer o Profeta mesmo quando ele nos pede para fazer algo errado. Em outro exemplo, esse ensinamento publicado pela Igreja SUD estipula que não devemos pensar por nós mesmos, apenas obedecer.

Nathan Eldon Tanner, Conselheiro na Primeira Presidência (1963-1982) sob os Presidentes David O McKay, Joseph Fielding Smith, Harold B Lee, e Spencer W Kimball

Contudo, poucos líderes deixaram esse tema mais explícito do que o Presidente N Eldon Tanner em uma mensagem da Primeira Presidência para todos os membros da Igreja em agosto de 1979. Além de explicar que membros da Igreja não devem nunca questionar os ensinamentos de seus profetas, e apenas ignorar suas opiniões pessoais e segui-los, Tanner ainda elabora como “crianças estão sendo negligenciadas e abusadas porque suas mães estão buscando … carreiras fora de casa”.

Eis a mensagem da Primeira Presidência em sua íntegra (ênfases nossas): Continuar lendo

Harold B. Lee, de Idaho

harold-b-lee-mormon-prophet-165057-galleryEm 07 de julho de 1972, o Quórum dos Doze apoiava e ordenava Harold B. Lee como novo presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Seus conselheiros foram N. Eldon Tanner e Marion G. Romney.

Harold B. Lee era natural do estado de Idaho, uma exceção na história mórmon do século XX. Desde 1918 até o presente, todos os presidente da Igreja foram originários de Utah. Seu conselheiro Marion G. Romney foi outra exceção: apesar da cidadania americana, Romney havia nascido no México. Continuar lendo