O Templo

Poema de Antônio Lídio

© 2000, Cleoton Biehl.

Lindo templo…
No alto daquele monte,
Onde são feito os convênios!
Lindo, belo, sublime e imponente!
Com um lindo querubim no centro…

Eterno, singelo tão puro,
Reflete a luz solar.
De uma brancura total,
Com uma torre e um sinal… Continuar lendo

Luzes da Alma

O poeta Antônio Lídio, que mantém o blog Vozes de Minha Alma, nos envia os versos abaixo. Reproduzo aqui também sua saudação à equipe do Vozes Mórmons e seus leitores.

Antônio, parabéns pela iniciativa e proposta do blog.
Sempre nutri uma admiração pelos mórmons, e gostaria de deixar esse poema que para mim simboliza as almas daqueles que buscam na luz do Cristo, a clareza, e a iluminação para dissipar toda e qualquer barreira Continuar lendo