Luzes da Alma

O poeta Antônio Lídio, que mantém o blog Vozes de Minha Alma, nos envia os versos abaixo. Reproduzo aqui também sua saudação à equipe do Vozes Mórmons e seus leitores.

Antônio, parabéns pela iniciativa e proposta do blog.
Sempre nutri uma admiração pelos mórmons, e gostaria de deixar esse poema que para mim simboliza as almas daqueles que buscam na luz do Cristo, a clareza, e a iluminação para dissipar toda e qualquer barreira que se levanta contra essas vozes maravilhosas.

Um fraterno abraço.

Luzes da Alma

Nas luzes dos corações benditos
Das aspirações ansiadas ardentes
Vêm mundos gloriosos e os ritos
Vêm luzes lindas, frementes

Vêm luzes que emanam da alma
Vêm luzes de alma vibrante
Virtude formosa que exalta
Centelha formosa brilhante

Da natureza divina, celeste e amada
Dos mundos etéreos de amores imensos
Do ouro divino e de fonte sagrada
Da mirra perfume, de sonhos incensos!

É quando poemas, os hinos e tantos
Na transcendência sagrada infinita
Florescem em luzes e lindos encantos
Na alma mais pura e bendita!

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.