Quem são nossos samaritanos?

Hoje, na Escola Dominical, uma das parábolas abordadas foi a do samaritano socorrendo o judeu à beira da morte, em Lucas 10. A radicalidade do ensinamento de Cristo ao colocar o samaritano como próximo do judeu só pode ser entendida a partir da exclusão mútua entre os dois povos. Falando como judeu a uma audiência judaica, Cristo escolhe como exemplo de misericórdia um indivíduo do povo que reivindicava a herança de Israel, mas era considerado miscigenado e desviado da verdadeira tradição.

Tentando aplicar a parábola à nossa realidade, eu me pergunto quem são os nossos samaritanos de hoje? Que grupo de pessoas nós, santos dos últimos dias, elegemos como impuro ou desviado ou – usando uma palavra favorita do nosso meio – apóstata?

Poderíamos lembrar dos muitos ramos da restauração a quem muitas vezes queremos negar o direito de se chamarem “mórmons”.  São os primos que se desviaram, não seguem o profeta atual, etc.. Lembro bem da surpresa que senti quando era um recém-converso e li a afirmação de que mórmons e católicos não eram cristãos, de acordo com a opinião de algum outro cristão. Senti uma atitude semelhante ao ouvir que mórmons fundamentalistas não eram mórmons; nós eramos. Só nós.

Tudo bem. Talvez essa defesa tribal esteja num nível até tolerável de exclusão, ao menos para nós que não temos outras denominações mórmons em nossa vizinhança. Não tem grandes efeitos práticos se focarmos em nosso pequeno universo local. Mas e dentro de nossa própria denominação? Penso que temos sido eficazes em criar nossa categoria interna de samaritanos.

Nosso cotidiano na Igreja favorece a criação de categorias hierárquicas. Pensamos em termos de “membros” e “não-membros”; “membros com recomendação para o templo” e aqueles sem; “dizimistas integrais” e os outros; “membros ativos” e “inativos”; cada par representando uma dicotomia onde o segundo elemento tem um valor menor. O problema é que o segundo elemento em questão é um ser humano, tão humano quanto o primeiro do par.

Eis que então surgem multidões de samaritanos à nossa frente, criados pela categorização que prevalece entre nós. Alguns deles têm rostos e nomes, pois os vemos nas reuniões de domingo; outros são apenas nomes numa lista, porque nunca vimos seus rostos. Talvez estejamos rodeados de samaritanos em nosso próprio lar.

Cuidado.

Caso for espancado e roubado, espero não ter que depender de um sacerdote ou levita passando pela redondeza. Oro para ser visto por um dos muitos samaritanos.

Disse, pois, Jesus: Vai e faze da mesma maneira.

Leia ainda: Crescimento da igreja?

Leia também Compaixão para os que não merecem

5 comentários sobre “Quem são nossos samaritanos?

  1. Pingback: Por Que As Pessoas Se Afastam Da Igreja? | Vozes Mórmons

  2. Pingback: Romper os grilhões | Vozes Mórmons

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.