Programa da VI Conferência Brasileira de Estudos Mórmons

1622681_662079983849210_881109817_nA ABEM convida a todos para a sua sexta conferência anual. A VI Conferência Brasileira de Estudos Mórmons acontecerá no próximo sábado, dia 07 de fevereiro de 2015. Este ano, a Conferência será exclusivamente online, com transmissão através do site LiveStream.

A Conferência é gratuita e aberta a todos os interessados os interessados. Continuar lendo

John Taylor: expandir nossa educação

jt3Deveríamos expandir nossa educação e conhecimento em todas as áreas; cultivar o gosto literário; quem tem talento para literatura e ciência deveria desenvolvê-lo e todos deveriam desenvolver os dons que Deus lhes deu. (…) Se houver qualquer coisa boa e louvável na religião, moral, ciência ou qualquer coisa arquitetada para elevar e enobrecer o homem, nós a procuraremos. Queremos empenhar-nos ao máximo em obter conhecimento; o conhecimento que emana de Deus.

– John Taylor. The Gospel Kingdom, G. Homer Durham (org.), 1943, p. 277

Quando Seu Cônjuge Perde A Fé

Texto por Robert Kirby

 

Foto: kronick_

Foto: kronick_

A coluna de hoje é um teste. Um teste curto, ainda. Consiste de apenas uma pergunta. Você está pronto?

Eis a pergunta: Todas as outras coisas na sua vida permanecendo iguais, você se divorciaria de seu cônjuge se ele ou ela parasse de (ou começasse a) acreditar em Deus? Continuar lendo

Inscrição de trabalhos

Encerram no próximo dia 31 de outubro as inscrições de trabalhos para a IV Conferência Brasileira de Estudos Mórmons. O tema da Conferência em 2013 será “A Relação entre Sede e Periferia na Igreja SUD”. Maiores detalhes estão disponíveis aqui.

Aqueles que pretendem participar do evento, sem apresentar trabalhos, não precisam fazer uma inscrição agora.

A Fé Mórmon e as “Vãs Filosofias”

“Desde antigamente (…) bons e grandes homens, não tendo o Sacerdócio, mas possuindo profundidade de pensamento, grande sabedoria, e um desejo de elevar seus semelhantes, têm sido enviados pelo Todo-Poderoso entre as nações, para dá-los, não a plenitude do Evangelho, mas uma porção da verdade, para que possam ser capazes de recebê-lo e sabiamente utilizá-lo”.

Orson F. Whitney, citado por Howard W. Hunter. [1]

“Os grandes líderes religiosos do mundo como Maomé, Confúcio e os Reformadores, assim como os filósofos incluindo Sócrates, Platão e outros, receberam uma porção da luz de Deus. Princípios morais foram dados a eles por Deus para iluminar nações inteiras e trazê-las a um nível maior de entendimento como indivíduos. (…) Nós cremos que Deus deu e dará a todas as pessoas conhecimento suficiente para ajudá-los em seus próprios caminhos a eterna salvação”.

James E. Faust. [2]

“A filosofia é um tipo de questionamento sobre o ‘ser mesmo’ das coisas, sobre o valor e o sentido da vida e da ação, sobre a própria capacidade de conhecer, sobre se é possível ou não atingir-se a verdade e o que seria a verdade. É o pensamento, aventurando-se nas águas do próprio pensamento”. [3]

Considerações iniciais

Baseando-me nas afirmações e no conceito de filosofia apresentados, gostaria de tentar mostrar que podem existir algumas relações indiretas entre o pensamento de um dos principais fundadores do existencialismo [4] e elementos da fé e cultura mórmon. Com essa experiência, pretendo demonstrar que a filosofia, diferentemente do que alguns acreditam, pode ter lugar dentro do pensamento dos Santos dos Últimos Dias, auxiliando de alguma forma o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos santos, sem necessariamente ter a intenção de alterar ou desqualificar qualquer doutrina pregada por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Continuar lendo

FH: “você tem que respeitar as religiões”

O que é mais importante: crer ou respeitar a crença alheia? Em recente entrevista à revista Alfa, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse “você não tem que perguntar se eu acredito, você tem que perguntar se eu respeito”.

Com a liberdade de alguém que não participa mais de disputas eleitorais, FH tem opinado sobre questões sociais importantes, mesmo as mais polêmicas. Suas opiniões sobre religião apontam para a complexa relação que existe em nosso país entre política e religião, especialmente no que diz respeito a questões de estilos de vida ou escolhas individuais. Continuar lendo