AO VIVO: 185a Conferência Geral (Sessão de Sábado à Tarde)

Com este artigo, durante a sessão de conferência, vocês podem fazer comentários enquanto ouvem os discursos ou acompanham os resumos digitados aqui. Clique em “recarregar” no seu navegador para ler as atualizações sobre os discursos em tempo real.

Ouviu algo que você acha merecer maior ênfase? Comente! Acha que algo dito vai provocar reações negativas? Comente! Será que o discurso não é relevante para a vida no Brasil? Comente! Não gosta do cor da gravata do orador? Comente! Concorda muito com algo? Comente! Discorda de algo? Comente!

[Traduções rápidas — não serão iguais ao que se publica na Liahona!]

Coro: Adultos Solteiros dos Condados de Weber e Daviess

Dirigindo essa sessão: Henry B. Eyring, 1o Conselheiro da Primeira Presidência

Coro: Louvai a Deus

Oração: Jean A. Stevens, 1a Cons. Pres. Geral Primária

Sustentação e Apoio das Autoridades Gerais: Dieter F. Uchtdorf, 2o Cons. Prim. Presidência

Sem surpresas ou alterações entre os 15.

Houve gritaria em oposição nos votos para a Primeira Presidência e para os Apóstolos, mas a câmera não mostrou nada!

Setentas de Área desobrigados. David Bick, Larry Gibson, Randall Ridd desobrigados da Pres. Geral dos Rapazes. Jean Stevens  e Cheryl Esplin desobrigadas como conselheiras na Pres. Geral da Primária. Substituídos por Cheryl Esplin e Mary Durham, além de Stephen Owen, Douglas Holmes, e Joseph Brough.

Novos Setentas para o Primeiro Quórum (Kim Clark, Allen Haynie, Von Keetch, Hugo Montoya, Vern Stanfill) e novos Setenta de Área chamados.

“Presidente Monson, os votos foram contabilizados. Convidamos todos que se opuseram para contactar seus Presidentes de Estaca.”

Finanças da Igreja e Auditoria: Kevin R. Jergensen, Departamento de Contabilidade da Igreja

Nenhum dado concreto divulgado. Nada.

Estatísticas: Brooke P. Hales, Secretário da Primeira Presidência

Estacas – 3 114

Missões – 406

Distritos – 561

Unidades (alas e ramos) – 29 621

Membros – 15 372 337

Novas Crianças – 116 409

Conversos – 296 803

Missionários de Proselitismo – 85 147

Missionários de Serviço – 30 404

Templos – 144 (3 novos templos: Haiti, Costa do Marfim, Tailândia)

Coro: Assombro Me Causa

Discursante: David A. Bednar “Portanto Silenciaram Seus Medos” 

“Mas podemos silenciar nossas medos que tão facilmente e frequentemente nos assolam no mundo moderno? A resposta para essa pergunta é inequivocadamente ‘SIM’. Três princípios básicos são centrais para receber essa benção em nossas vidas: 1) Olhar para Cristo, 2) Construir sobre uma fundação em Cristo, e 3) avançar adiante com fé em Cristo.”

Discursante: D. Todd Christofferson “Por Quê Casamento, Por Quê Família”

“De qual maneira  o casamento entre um homem e uma mulher transcende o amor que um tem pelo o outro e sua própria felicidade se torna ‘um posto de responsabilidade perante o mundo e a humanidade’? De que maneira ele vem ‘de cima, de Deus’? Para compreender isso devemos voltar ao início. Profetas nos revelaram que existimos como inteligências, e que recebemos forma, ou corpos de espírito, de Deus, nos tornando assim Seus filhos espirituais – filhos e filhas de pais celestiais. Houve um tempo nesta existência pré-mortal de espíritos quando, para avançar Seus desejos que ‘nós pudessemos ter o privilégio de avançarmos como Ele mesmo’, nosso Pai Celestial nos preparou um plano… ‘o plano de salvação’, ‘o grande plano de felicidade’, [ou] plano de redenção’.”

“Ao menos quatro coisas são necessárias para o sucesso deste plano divino: Primeiro, foi a criação da Terra como nosso habitat… Segundo, está a condição de mortalidade… Terceiro, está a redenção da Queda… Quarto, e finalmente, está o nosso nascimento físico e subsequente renascimento espiritual no Reino de Deus. Para Sua obra ter sucesso em ‘nos exaltar como Ele mesmo’, Deus ordenou que homens e mulheres devam se casar e parir filhos, assim criando, em parceria com Deus, os corpos físicos que são a chave para o teste da mortalidade e essencial para a glória eterna com Ele.”

“Uma família embasada no casamento de um homem e uma mulher oferece a melhor situação para que o plano de Deus possa suceder – a condição do nascimento de crianças que vem em pureza e inocência de Deus, num ambiente para aprendizado e preparação para uma vida mortal bem sucedida e vida eterna no mundo vindouro.”

“A evidência da ciência social em favor de casamento e famílias encabeçadas por um homem casado com uma mulher é convincente… Mas nossos avisos sobre o papel do casamento e da família repousa não na ciência social mas na verdade da criação de Deus. Foi Ele, no começo, que criou Adão e Eva em Sua imagem, macho e fêmea, e os uniu como marido e mulher para se tornarem ‘uma carne’ e multiplicar e preencher a Terra.”

“Cada indivíduo carrega em si a imagem divina, mas é na união matrimonial de um macho e uma fêmea que se pode atingir talvez o sentido mais completo de nós termos sido criados na imagem de Deus – macho e fêmea. Nem nós, nem qualquer outro mortal pode alterar essa divina ordem do matrimônio. Não é uma invenção humana.”

“[Satanás] luta para desencorajar o casamento e a formação de famílias, e onde casamentos e famílias são formadas, ele faz o que pode para rompe-los. Ele ataca tudo que é sagrado sobre a sexualidade humana, arrancando-a do contexto do casamento…”

“Ao declarar as verdades fundamentais relativos ao casamento e à família não significa ignorar ou reduzir os sacrifícios e os sucessos daqueles para quem o ideal não é uma realidade presente. A alguns de vocês lhes é negados as bençãos do casamento por razões incluindo uma falta de candidatos viáveis, atração do mesmo sexo, deficiências físicas ou mentais, ou simplesmente o medo de fracasso que, ao menos pelo momento, sobrepõe-se à fé… Mesmo assim, todos tem dons, todos tem talentos… muito do que é bom, muito do que é essencial – mesmo às vezes tudo que é necessário por agora – pode ser alcançado em situações abaixo das ideais.”

Coro: Graças Damos, ó Deus, Por Um Profeta

Discursante: Wilford W. Andersen, Setenta “A Música do Evangelho”

“Como todo músico competente sabe, é mister prática diligente para se tocar uma música bonita. Se esforços iniciais para criar uma música pareçam muito dissonantes e discordantes, lembrem-se que dissonância não pode ser corrigida com críticas. Dissonância no lar é como a escuridão num quarto. Não adianta nada gritar para a escuridão. Podemos retroceder a escuridão apenas introduzindo a luz. Então, se os baixos do seu lar estão altos ou fortes demais, ou se a seção de cordas está aguda demais, o se os picolos impetuosos estão fora de tom ou de controle, sejam pacientes. Se você não está ouvindo a música do Evangelho no seu lar, por favor lembrem-se de duas palavras: Continue Praticando. Com a ajuda de Deus, o dia virá quando a música do Evangelho permeiará o seu lar e preenche-lo com alegria indiscritível.”

Discursante: Dale G. Renlund, Setenta “Santos dos Últimos Dias Seguem Tentando”

“O desejo de Deus para os Santos do Últimos Dias sigam tentando também se extende para além de apenas superar pecados. Seja sofrendo por relacionamentos tumultuosos, desafios financeiros, doenças, ou por consequência dos pecados de terceiros, a Expiação infinita do Salvador pode curar e até, ou mesmo especialmente, aqueles que sofrem inocentemente. Ele entende perfeitamente o que é sofrer inocentemente como consequência da transgressão de outros. Como profetizado, o Salvador irá ‘consolar os quebrantados’, trocar ‘beleza por cinzas’ e ‘óleos de alegria por choros’. Não importa o que aconteça, Deus espera que os Santos dos Últimos Dias sigam tentando.”

“Meu convite a todos nós é para avaliar nossas vidas, arrepender-nos, e continuar tentando. Se não tentamos, somos Pecadores dos Últimos Dias; Se não perseverarmos, somos Desistentes dos Últimos Dias; E se não permitimos que os outros tentem, somo apenas Hipócritas dos Últimos Dias. Quando tentamos, perseveramos, e ajudamos outros a fazer o mesmo, então somos verdadeiros Santos dos Últimos Dias.”

Discursante: Michael T. Ringwood, Setenta “Verdadeiramente Bom e Sem Malícia”

“Num mundo onde elogios, posição, poder, fãs, e autoridade são procuradas por todos os lados, eu honro aquelas almas abençoadas e maravilhosas que são verdadeiramente boas e sem malícia, que são motivadas por amor de Deus e de seus vizinhos, aquelas grandes mulheres e homens que ‘estão mais ansiosas para servir do que para exercer domínio’.”

“Neste convênio, Deus e Cristo nos socorrem para que possamos socorrer aqueles que necessitam de nosso socorro.”

Discursante: Quentin L. Cook “O Senhor É Minha Luz”

“Maridos e mulheres são parceiros iguais. Eles têm responsabilidades diferentes, mas complementares.”

“Mulheres podem parir crianças, o que abençoa a família inteira. O marido pode receber o Sacerdócio, o que abençoa a família inteira.”

“Reconhecemos que alguns membros têm perguntas e dúvidas enquanto se esforçam para fortalecer suas fés e seus testemunhos. Devemos ter cuidado para sermos críticos ou julgarmos aqueles com dúvidas – pequenas ou grandes. Ao mesmo tempo, aqueles com dúvidas devem fazer tudo que podem para construir sua própria fé e testemunho.”

“Alguns dizem que há mais membros saindo da Igreja hoje, e que há mais dúvida e descrença do que no passado. Isso simplesmente não é verdade. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias nunca esteve mais forte. O número de membros que pedem para remover seus nomes dos registros da Igreja sempre foi pequeno e está significantemente menor nos anos recentes do que no passado. O aumento em áreas demonstrávelmente mesuráveis, como membros com investiduras com recomendações de templo atualizadas, dizimistas integrais adultos, e missionários, têm sido dramático. Deixe-me dizer novamente, a Igreja nunca esteve mais forte.”

Coro: Trabalhemos Hoje

Oração: Randy D. Funk, Setenta

 

11 comentários sobre “AO VIVO: 185a Conferência Geral (Sessão de Sábado à Tarde)

    • A meu ver, a conversa com o Presidente de Estaca só vai servir para a pessoa ter a sua Recomendação para o Templo retida. Duvido que a Igreja queira aprofundar esse diálogo.

  1. Essa sociedade “religiosa” só se importa com o poder que tem nas mãos, essa balela toda de plano de redenção e blá, blá,blá… no fundo o que todos querem é status e poder. E com certeza a corrupção é gingante dentro destas instituições. As pessoas hoje tem tanta informação, não compreendo como as mesmas se mantem com as mentes fechadas. Mas um dia a pessoa acorda e percebe o quanto foram condicionadas.

    • Andre , devo discordar de vc. Nao cremos pq somos cegos, mas sim pq enxergamos! Respeito seu ponto de vista.mas, quando se tem um testemunho…nao ha como negar.cada pedaco de mim treme, com a certeza dessas verdades. A cada dia. Mais certeza tenho.

    • Acorda! deixa de falar se voce não conhece. Que Deus o perdoe e o ajude um dia ser um membro daigreja de Jesus Cristo.

  2. O voto contrario, só é Valido, em casos de dignidade e se tiver provas, então se falarem com o presidente da estaca e provarem que as pessoas apoiadas cometeram algum tipo de “crime” religioso, serão ouvidas, se não recomendações já era…

  3. Pingback: 185a Conferência Geral: Impressões, Resumos, Votos Contrários | Vozes Mórmons

  4. ja fui membro desta intituição e o numero de pessoas que se afastam é muito grande, a instituição se baseia no numero de batismos feitos, até tem um forte plano de retenção porem extremamente ineficaz, com o passar dos anos me senti um ser adestrado vejam que suas respostas sempre são as mesmas, vocês foram treinados desta forma, qualquer questionamento parece sofrer uma espécie de inquisição moderna, por exemplo neste vídeo que acabei de assistir vi em grande maioria pessoas de origem norte americana e brancas e porque? podem me responder pois isso acontece deste sua fundação.

    • Sinto a mesma coisa sobre o adestramento. Mas foi bom ter saído. Só de fora a gente percebe essas coisas. Agora chega a ser cômico quando por exemplo leio ou ouço alguém dizendo “eu sei” sobre uma experiência unicamente espiritual e individual, e ainda dizem “sem sombra de dúvidas” ou “não porque alguém me disse, mas porque eu busquei e recebi resposta”. Nem cômico sei se é… Talvez seja mesmo trágico!

  5. o Adestramento e o aliciamento que ocorre é incrível e as pessoas nem param para pensar, refletir, e ter respostas as suas perguntas, O que antes eu dizia “eu sei”, nada mais é que a lavagem cerebral impregnada, pois o “eu sei”, todo mundo diz que sabe, em todas religiões, países diferentes. O que no fundo importa, é o viver em sociedade de forma digna, associados a pessoas boas, e fazer o bem a quem precisa, amando o seu Deus de forma que lhe traga paz a sua vida, sua família e amigos, não interferindo na vida e fé de ninguém… o resto é balela.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s