Em Comunidades Polígamas, Raízes Profundas de Desconfiança Definem Hesitação Para Com Vacinas

Cristina Rosetti

Desde o início da pandemia do COVID-19, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, comumente conhecida como Igreja Mórmon ou Igreja SUD, seguiu as diretrizes do governo para proteger os membros de sua comunidade religiosa. Em 25 de março de 2020, a igreja fechou seus templos e incentivou membros a usarem máscaras. Líderes elogiaram a vacinação, a qual o presidente da Igreja Russel M. Nelson, cirurgião aposentado, chamou de “enviada literalmente de Deus“. Ele e outros membros seniores foram vacinados, convocando os membros da igreja a seguirem seu exemplo.

Mórmons fundamentalistas
Jovens da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, originalmente sediada na fronteira entre os estados de Utah e Arizona. A Igreja FSUD constitui apenas um dos diversos grupos que praticam o casamento plural no oeste dos Estados Unidos. | Imagem: Cortesia de Stephanie Sinclair, New York Times

Ramos fundamentalistas do mormonismo, entretanto – grupos que começaram a se separar da igreja SUD depois que ela encerrou a prática institucionalmente sancionada da poligamia em 1904 – tomaram um caminho diferente. Muitos fundamentalistas se recusaram a tomar a vacina e buscaram terapias alternativas, incluindo o controverso uso de ivermectina, medicamento comumente prescrito para o tratamento de parasitas intestinais.

Cerca de 30% dos norte-americanos não receberam nenhuma dose da vacina contra COVID-19. Muitos expressam ceticismo sobre a intervenção do governo na saúde de suas famílias, opiniões às vezes enraizadas em desinformação ou teorias de conspiração.

A cautela em relação ao governo e às autoridades médicas pode ocorrer de modo especialmente profundo em comunidades isoladas ou marginalizadas. Como estudiosa do fundamentalismo mórmon, vi como tais medos, para fundamentalistas, estão enraizados na desconfiança. Desde a fundação da igreja SUD em 1830, seus membros muitas vezes enfrentaram discriminação e perseguição, mas o conflito diminuiu significativamente após o fim dos casamentos polígamos sancionados institucionalmente. Grupos fundamentalistas, por outro lado, ainda veem o governo com suspeita. Muitos continuam a poligamia, e o medo de serem denunciados às autoridades policiais os impede de acessar recursos, como assistência médica.

Continuar lendo

Promotores Oferecem Acordo Judicial a Líderes de Igreja Mórmon

Promotores públicos federais ofereceram um acordo judicial para a maioria dos 11 líderes da igreja mórmon formalmente estabelecida como A Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que estão sendo acusados de cometer fraude contra o programa de “bolsa família” do governo federal americano, além de lavagem de dinheiro.

Mórmons fundamentalistas

Jovens da Igreja FSUD. Imagem: Stephanie Sinclair | NYT

De acordo com o acordo judicial oferecido, a maioria dos mórmons acusados confessariam culpa aos crimes, porém evitariam penas de reclusão.

Entenda o caso: Continuar lendo

Profeta Mórmon Erra Profecia

Muitos Mórmons estavam aguardando que o Apocalipse ocorresse ontem. De acordo com o relato pessoal de Elissa Wall, o Profeta Mórmon Warren Jeffs havia profetizado a Segunda Vinda para a data de ontem, 6 de abril de 2016, quando ele e seu irmão, presos por poligamia e fraude, seriam milagrosamente libertados de suas cadeias.

Jesus Mórmon

Elissa Wall, que abandonou Continuar lendo

Mórmon Fundamentalista processado pela Igreja Sud

Wiston Blackmore (Imagem: globalnews.ca)

Wiston Blackmore (Imagem: globalnews.ca)

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está processando o líder de uma pequena comunidade mórmon fundamentalista no Canadá. Wiston Blackmore registrou a marca “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Inc.”. Advogados da Igreja sud deram entrada ao processo no último dia 18 na Suprema Corte da Colúmbia Britânica, com o argumento de que o registro feito “apropria-se indevidamente dos nomes, identidade e reputação” da Igreja e pode comprometer doações feitas a ela. Continuar lendo

Mórmons Perdem Processo Por Discriminação

Família Ganha Processo Contra Município Em Utah Por Discriminação Contra Não-Mórmons

Ron e Jinjer Cooke processaram município por discriminação religiosa

Ron e Jinjer Cooke processaram município por discriminação religiosa

Na semana, um jurado popular deu ganho de causa para uma família de Hildale, Utah, por serem discriminadas por oficiais públicos apenas por não pertencer à mesma fé Mórmon que a maioria na cidade. O município foi condenado a pagar USD 5,2 milhões em danos morais e reparações por anos de discriminação.

A condenação e a sentença concluem anos de brigas e litígio entre a família Cooke e os municípios de Hildale, em Utah, e Colorado City, no Arizona. Eles alegam que oficiais de ambas cidades lhes negaram serviços básicos simplesmente por não serem Continuar lendo

Feliz Aniversário, Manifesto

Wilford Woodruff (centro) e seus conselheiros George Q. Cannon e Joseph F. Smith.

“Reuni-me com 3 dos Doze & meus Conselheiros a respeito de um Assunto importante”, escreveu Wilford Woodruff em seu diário, em 24 de setembro de 1890¹. O assunto tratado era nada mais, nada menos do que viria a ser o maior divisor de águas da história mórmon: o Manifesto que colocou um fim à prática oficial do casamento plural pela Igreja sud. Continuar lendo

Poligamia e a Proposição 8

Joseph F. Smith com esposas e filhos

Somos aquilo que recordamos e também o que resolvemos esquecer.

Iván Izquierdo

Na última terça-feira, o veto ao casamento entre pessoas de mesmo sexo foi derrubado na Califórnia. O veto conhecido como “proposição 8” havia sido aprovado em um referendo de 2008, quando os californianos reverteram, por 52% dos votos, a decisão da Suprema Corte estadual que autorizava tais casamentos. Nesta semana, porém, o veto foi considerado inconstitucional por um tribunal de apelação, visto que a Proposição 8, de acordo com os juízes, contradizia a emenda 14 da constituição dos EUA, que garante a proteção igualitária a todos os seus cidadãos. O relatório do tribunal afirmou que

A Proposição 8 não serve a outro propósito e não tem efeito a não ser diminuir o status e a dignidade humana de gays e lésbicas na Califórnia e reclassificar oficialmente suas relações e famílias como inferiores àquelas de casais de sexos opostos. A Constituição simplesmente não permite “leis desse tipo”. Continuar lendo

Veríssimo e a lição por fazer

Luis Fernando Veríssimo é um dos maiores cronistas do país. Dono de um humor sutil e uma ampla bagagem cultural, Veríssimo desta vez vez se aventurou a falar sobre Mitt Romney e o papel da religião na pré-campanha presidencial dos EUA, no seu texto O fator religião nas eleições americanas. Nem seria uma grande aventura, caso Veríssimo se desse ao trabalho de fazer a sua lição de casa e se informar sobre o que acreditam os mórmons, como a maioria dos jornalistas aparentemente têm feito ao escrever sobre o ex-governador de Massachusetts. Continuar lendo

Abertas inscrições de trabalhos para a III Conferência Brasileira de Estudos Mórmons

A Associação Brasileira de Estudos Mórmons (ABEM) abriu as inscrições para trabalhos a serem apresentados na terceira edição da Conferência Brasileira de Estudos Mórmons que acontecerá em janeiro de 2012. Com o tema “Mormonismo e sua relação com outras denominações”, a Conferência pretende explorar os diálogos travados entre mórmons e não-mórmons.

A Conferência que acontece em São Paulo tem atraído a atenção de pesquisadores e estudantes do Brasil e exterior, sendo o primeiro evento do gênero fora do hemisfério norte. Continuar lendo