Templo de Xangai, Um Elefante Branco?

Elefantes brancos fazem parte da realidade política brasileira. São aquelas obras faraônicas ou intermináveis como a BR-230, conhecida como Rodovia Transamazônica desde a década de 1970, que prometia ligar a Paraíba ao Amazonas, ou estádios de futebol construídos na Copa do Mundo como o Mané Garrincha em Brasília, que trazem um prejuízo de milhões para o governo federal, tendo esse sido o mais caro de todos. Porém, o presidente Russell M. Nelson anunciou algo que talvez fará da rodovia inacabada ou do estádio com pouco uso muito mais úteis.

Xangai

Nessa última Conferência Geral tivemos algumas novidades como a nova logomarca. Mas os anúncios dos templos foram o que chamaram mais a atenção. Depois dos templos de Roma – a cidade da “Igreja do Diabo” – e do Rio de Janeiro – “a cidade do pecado” (se bem que Las Vegas tem um desde 1989) -, foram anunciados os templos de Dubai, nos Emirados Árabes, e Xangai, na China. O templo na riquíssima cidade contará com apenas uma estaca para atender. Estranho, uma vez que reza a lenda mórmon que um local precisa merecer o templo com frequência, dizimistas, etc. Por mais de 10 anos Recife atendeu toda a região do nordeste e norte do país. Isso num país onde a Igreja Mórmon já tinha um número muito elevado de membros em seus relatórios. Mas o pior vem por aí. Continuar lendo

Desafio de história mórmon: investidura

Enquanto suds brasileiros e ao redor do mundo aguardam a dublagem do mais recente filme usado no templo, convidamos nossos leitores a testar seus conhecimentos sobre a primeira tradução da investidura do inglês para outro idioma.

Para qual idioma foi feita a primeira tradução? Em que ano ocorreu?

Prepare-se para a IV Conferência Brasileira de Estudos Mórmons

Você já se agendou para a IV Conferência Brasileira de Estudos Mórmons? Ela acontece no dia 19 de janeiro de 2013, em São Paulo.

O tema da Conferência de 2013 será “A Relação entre Sede e Periferia na Igreja SUD”.

A Conferência é gratuita e aberta a todos os interessados. Continuar lendo

Salvadores no Monte Sião

Templo de São Paulo

“Se aceitarmos as revelações referentes às ordenanças do Templo, se assumirmos nossos convênios sem reservas ou desculpas, o Senhor nos protegerá. Recebemos inspiração suficiente para enfrentar os desafios da vida.” (Pres. Boyd K. Packer, Dos Doze – Folheto O Templo Sagrado pg. 39)

Designado novamente com a privilegiada oportunidade de ministrar um dos cursos opcionais, que no meu entender, trata-se de um dos mais extraordinários da Escola Dominical, senti-me satisfatoriamente renovado e fortalecido,  verdadeiramente “Investido de Poder do Alto“, título este muito apropriado ao tema e objetivo do portentoso curso.

Ao procurar aprender sobre o poder dos Templos e a real influência deles em nossa vida diária, pretendo, neste ensaio, esboçar especificamente sobre a doutrina do trabalho vicário, a intrinseca pesquisa genealógica e as muitas bençãos advindas àqueles que literalmente “vestem a camisa” do trabalho e buscam salvar almas além da sua própria.

Como introdução, difícil não citar a inspirada e edificante definição do Pres. Packer:

“Nenhum trabalho dá mais proteção para a Igreja do que as ordenanças do Templo e a pesquisa genealógica que as sustem. Nenhum trabalho é tão purificador. Nenhum trabalho nos confere mais poder. Nenhum trabalho exige um padrão de retidão mais elevado.” (Boyd K. Packer, A Liahona JUN/92)

Vejamos então, o que podemos abordar a respeito…

A OBRA VICÁRIA E A OBRA MISSIONÁRIA

A OBRA MISSIONÁRIA E A OBRA VICÁRIA

Inspirados pela convocação Cristã de “pregar as boas novas de alegria” a todos e em toda parte, um grande exército de missionários,  que se renova de tempos em tempos, se dedicam numa boa causa ao se esforçarem por “lançar a foice com vigor” (D&C 4)  na busca dos “escolhidos do Senhor” que “só [estão afastados] da verdade por não saber onde encontrá-la” (D&C 123:12). Continuar lendo

Misticismo e ortodoxia

O mormonismo tem sido uma tradição religiosa marcada por duas grandes tendências: o misticismo e a ortodoxia. Das revelações e outras experiências sobrenaturais de Joseph Smith até a formação de uma complexa estrutura que governa a Igreja em escala mundial, houve um extenso caminho a ser percorrido, ao longo do qual a ênfase original na revelação direta e a responsabilidade individual de cada membro por sua orientação espiritual foi sendo relativizada em certos pontos. Ainda que não sejam palavras ou conceitos comumente usados entre os santos dos últimos dias, misticismo e ortodoxia estão presentes na história mórmon mais do que se poderia imaginar. Neste breve artigo, tentarei esboçar como essas duas tendências se manifestaram e manifestam na Igreja sud. Continuar lendo