Joseph Fielding Smith: Profecia sobre a Lua

Quando uma profecia é válida? Quando é inspirada? E quando é apenas uma “opinião de um homem”?

aldrin_apollo_11_crop

 

Eis um exemplo razoavelmente recente:

09 de abril, 1951 – Joseph Fielding Smith torna-se Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos.

12 de abril, 1961 – Yuri A. Gagarin torna-se o primeiro humano a viajar para o espaço quando sua nave espacial Vostok completou uma órbita na Terra.

05 de maio, 1961 – Alan B. Shepard torna-se a segunda pessoa, e o primeiro norte-americano, no espaço quando sua nave espacial Freedom 7 completou 15 minutos de vôo suborbital balístico.

14 de maio, 1961 – Joseph Fielding Smith anuncia a conferência de estaca em Honolulu:

“Nós nunca teremos um homem no espaço. Esta Terra é a esfera do homem e nunca se pretendeu que ele poderia se afastar dela. A Lua é um planeta superior à Terra, e nunca se pretendeu que o homem pudesse ir para lá. Você pode escrever em seus livros que isso nunca vai acontecer!” Smith então instruiu em particular a George S. Tanner que esta visão deveria ser ensinada aos “meninos e meninas no Sistema de Seminário.” [1]

12 setembro, 1962 – Presidente dos EUA John F. Kennedy anuncia na Universidade Rice, em Houston, Texas: “Nós escolhemos ir à Lua nesta década!”

20 de julho, 1969 – Astronautas da Apollo 11 Neil A. Armstrong e Edwin “Buzz” Aldrin são os primeiros homens a pisar na Lua. [vídeo]

23 de janeiro, 1970 – Joseph Fielding Smith torna-se Presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

14 de setembro, 1971 – Astronautas da Apollo 15 (David R. Scott, James B. Irwin e Alfred M. Worden – dos quais, os dois primeiros pisaram na Lua) apresentam uma bandeira de Utah que eles haviam levado consigo na viagem à Lua para Joseph Fielding Smith .


[1] Diário de George S. Tanner JWML (J.Willard Marriott Library, University of Utah), E848, anotação para 14 de Maio de 1961, com comentários de alguns dias mais tarde, citado em ‘Estadista Ancião: Uma biografia de J. Reuben Clark‘ por D. Michael Quinn.

31 comentários sobre “Joseph Fielding Smith: Profecia sobre a Lua

  1. Não entendi… desculpe-me, mais você quis provar que Joseph Fielding Smith, não é um profeta? ou que simples mente não tinha inspiração na conferência ao fazer essa citação? em que contexto da história da igreja o secular ele fez essa declarão á George S. Tanner ,apar que que fosse feito a instrução aos jovens, e onde se encontra esse discurso? pois seria interessante como você mostrou o videos do Pres. ohn F. Kennedy fazendo uma declaração tambem possas da a fonte do discurso e se possivel comentarios da igreja sobre o ocorrido. aguardo . obrigado.

    • Nacélio,

      1) Eu não quis provar nada. Eu quero estimular reflexão e debate com a História. O que você tirou desse episódio?

      2) O contexto esta incluso nas entradas e nas datas acima. O que, você acha, motivou Smith a pensar — e falar sobre — a possibilidade de homens no espaço ou na Lua?

      3) Fonte no asterisco.

  2. Interessante o artigo. Me parece razoável de se assumir que do ponto de vista moral e religioso, nunca seja interessante o homem permanecer na lua. Apesar das rápidas visitas feitas, nada de realmente relevante foi descoberto ou aprendido. Hoje em dia se retomarmos a exploração da lua, me parece que será feita por robôs por muito e muito tempo. Por experiência propria aprendi a levar a sério as palavras dos profetas. Entendo que neste caso, a afirmação do Presidente Joseph Fielding Smith continua correta.

  3. Eu sei que Joseph Fielding Smith entende muito sobre astronomia. Eu sei que nossos verbos “ser” e “estar” são mal interpretados. Sei que muitos textos de ingles para o portugues contem erros. Eu duvido que o profeta Joseph Fielding Smith tenha feito uma afirmação dessa amplitude de maneira tão convicta. Mesmo que ele possa ter feito uma afirmação errada (e podia fazer isso por deslize e um momento de prepotencia), eu prefiro crer que ele disse algo como: “O homem não vai se estabelecer na lua” e isso é verdade.

    • Wilson, obrigado pelo seu comentário. Como você disse, há sempre o perigo de se perder algo na tradução, então eu vou colar no final desse comentário a entrada original no diário do George S. Taner.

      Quando você diz que “não acredita” que o Joseph Fielding Smith disse isso, não se esqueça que esta chamando um membro da Igreja, honesto e “fiel”, de ser desonesto ou mentiroso por haver anotado isso em seu próprio diário. E, por que motivo, pergunto, anotaria ele algo que Smith nunca realmente disse? Com que propósito?

      E o que o Presidente Smith estava dizendo ia além de “se estabelecer na Lua” ou a diferença entre “ser” e “estar”. Ele simplesmente acreditava que o Homem não poderia *sair* da Terra ou *ir* até a Lua!

      E essa declaração foi repetida em várias ocasiões, inclusive confirmada pelo próprio neto dele, Joseph Fielding McConkie:

      “Eu não acho que o Senhor deixe que o Homem chegue à Lua.” (Joseph Fielding Smith)

      E o neto analisa: “A ilustração [Homem pousar na Lua] que ele [Joseph Fielding Smith] usou foi demonstrada errada.”

      Do diário de George S. Tanner, no inglês original:

      “We will never get a man into space. This earth is man’s sphere and it was never intended that he should get away from it.”

      “The moon is a superior planet to the earth and it was never intended that man should go there. You can write it down in your books that this will never happen.”

      Do comentário de Joseph Fielding McConkie, no inglês original:

      “Growing up as a son of Bruce R. McConkie and a grandson of Joseph Fielding Smith had its moments. One of the experiences that my brothers and sisters and I shared regularly was to listen to people make disparaging remarks about our father or grandfather in Sunday School or other church classes. You could pretty well depend on the fact that if someone quoted either Elder McConkie or President Smith, that someone else would immediately respond with some kind of an insulting retort. I don’t think it bothered any of us to have someone disagree with our father or grandfather, we just couldn’t understand why the disagreement seemed so mean-spirited. One of the classic responses that is made to discredit anything Joseph Fielding Smith said is to remind everyone that he said that men would never get to the moon. The idea being that if he said one thing that was incorrect then how can we possibly be expected to believe anything else he said….As to the men on the moon issue, I was present on at least one occasion when President Smith said it. It was a Sunday dinner at our house. My grandfather, Oscar W. McConkie, had asked President Smith if he thought the Lord would allow us to get to other worlds and communicate with the people on them. President Smith indicated that he did not. He reasoned that because the atonement that Christ worked out on this earth applies to all the creations of the Father, that our getting to other worlds and discovering that they had the same Savior and the same plan of salvation would dispense with the necessity of our accepting the gospel on the basis of faith. To dramatize the point he said, “I don’t even think the Lord will let men get to the moon.” I concurred with President Smith’s reasoning then and do so now. What he said, in my judgment, was right. The illustration he used to dramatize his point has since proven to be in error. It, however, has nothing to do with the point he was making. To dismiss everything else he said on the basis of one faulty illustration is, I would suggest, a far greater error and may frankly be grounds to question whether those saying it deserve credence, not whether Joseph Fielding Smith does.” (Joseph Fielding McConkie, ‘On Second Thought: Growing up as a son of Bruce R. McConkie’, 1999.

      • Só queria que pessoas de outras religiões não pudessem fazer parte desta pagina.. Pois estão sempre postando mentiras contra a igreja por aqui..

      • Quais “mentiras contra a [I]greja” que você encontrou “por aqui”, Ariane? Você poderia especificar uma?

        Por acaso você não estaria acusando o falecido George S. Tanner de mentir sobre o que o Joseph Fielding Smith falou, está? Caso esteje, me diga por que você acha que Tanner, historiador e funcionário da Igreja por toda sua vida adulta até sua aposentadoria, teria mentido sobre isso em seu diário pessoal e permanecido fiel à (e empregado pela) Igreja por mais 40 anos depois disso?

        Agora, já que estamos falando de mentiras

  4. Pingback: Mórmons Contra Ciência? | Vozes Mórmons

    • Erika, eu acho que você esta se confundindo um pouco: O Presidente da Igreja é o único que pode transmitir revelações para a Igreja ex cathedra, e mesmo assim ela só é válida oficialmente para a Igreja depois de ser ratificada em Conferência Geral. Não obstante, os 15 Apóstolos são designados e ordenados como “Profetas, Videntes, e Reveladores” justamente para cumprir essas funções, a saber, de profetizar, de receber visões, e de oferecer revelações.

      E mais duas confusões: 1) Nesse exemplo, não se trata de uma revelação para a Igreja. Smith profetizou em particular para um amigo íntimo, e isso nada tem a ver com “chaves” ou “protocolos”; 2) Nesse exemplo, não se trata de uma revelação. Smith ofereceu uma profecia, não uma revelação. Duas coisas muito diferentes.

      Mas, já que você demonstrou curiosidade sobre esse evento, eu posso lhe dizer que Smith ofereceu essa mesma profecia *repetidas vezes* e em tons autoritários (em nome de… você sabe!), mas o problema é que esses relatos são documentados posteriormente, e por isso eu só inclui acima o que tinha a melhor validação histórica.

      • Cara,é o seguinte:E se o homem nunca foi a lua?As linguas foram confundidas para que os homens não terminassem a torre de babel e assim saísse da terra,porque anos depois Deus permitiria tal evento?Então temo um dilema:Ou o episódio da torre de babel nunca aconteceu ou o homem nunca foi a Lua.eu creio que o homem nunca foi a Lua porque:Na guerra fria o motivo da corrida espacial e demonstrar seu poderilio bélico e assim impor medo,em relação a condição militar superior, me diga o que é mais facil:Gastar milhoes de dolares em investimento espacial ou construir uma ogiva e criar um programa falso?O que vc faria?Mais facil criar foguetes e satélites militares ou uma bomba que resolve tudo?Não estou dizendo que hoje temos essa tecnologia,mas na quela época tinhamos?

      • Se o homem pisou em solo lunar ou não nada tem a ver com a Torre de Babel. Quem estuda sob a luz do Esp. Santo não questiona um absurdo deste.

    • Irmã, há quanto tempo você não tem uma entrevista para a renovação de sua recomendação para o Templo? Após sermos perguntados se apoiamos o presidente da Igreja como profeta, vidente e revelador, nos é perguntado claramente se apoiamos os membros do Quórum dos Doze como profetas, videntes e reveladores.

    • Leia com atenção esse artigo Jamersson:

      Em um sermão proferido no Tabernáculo de Salt Lake City, o Presidente Brigham Young fez estas declarações inacreditáveis:

      “Quem nos poderia dizer algo dos habitantes deste planeta que brilha à noite, chamado de lua?… Quando vocês perguntarem sobre os habitantes dessa esfera devem achar que os mais sábios são tão ignorantes em relação a ele como os seus companheiros ignorantes. Assim também são em relação aos habitantes do sol. Acham que é habitado? Prefiro pensar que ele é. Vocês acham que existe vida lá? Certamente, ele não foi feito em vão.” (Diário de Discursos, vol. 13, p. 271).

      Você crê que essa declaração é correta? Responda.

  5. Jamersson, você acha que o Sol não gera a sua própria luz, mas que é reflexo de uma outra estrela? E que não é a Terra que gira em torno do Sol, mas esse em torno daquela?

    • . . . coando mosquitos . . . acreditem que atacar o que os líderes da Igreja disseram não prova que A Igreja não seja de Jesus Cristo. Acreditem que o poder que os espíritos enganadores possuem de confundir as pessoas é eficiente. E daí se o que um profeta falou foi provado ser profecia falsa? O que isso significa? Não abandonem os rudimentos do Evangelho de Jesus Cristo, pois isso é perseverança. Especulação (coando mosquitos) sobre fatos ajuda a aprender mais, mas ficar dizendo se “prova que isso” ou “não prova nada” é típico de quem não persevera nos rudimentos do Evangelho, típico de “uma geração má e materialista”. Breve não haverá mais tempo de arrependimento, mas muito choro.

      • Disse tudo jovem,eu amo muito a Cristo,seu morro por ele,fasco qualquer coisa por ele,e aguardo aciosamente pela segunda vinda,eu lamento e mes esforço para que se reduza ao máximo,o numero de pessoas que não poderão estra aqui no milênio

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s