3 comentários sobre “O Melhor Vídeo Contra O Casamento Gay

  1. “Cara, eu me sinto um E.T, me sinto perdido porque não sou gay, não sou negro, não sou mulher e não sou pobre. Daqui a pouco quem não for gay ou lésbica vai tá errado. Tão querendo nos empurrá isso goela abaixo. ”
    Ouvi essa pérola na fila do supermercado, provavelmente, outras pessoas também escutaram. A pessoa de trás, a pessoa do lado.
    Contive a minha vontade de participar dizendo considere-se feliz, você é pobre, sim. Pobre de Espírito

  2. “Cara, eu me sinto um E.T, me sinto perdido porque não sou gay, não sou negro, não sou mulher e não sou pobre. Daqui a pouco quem não for gay ou lésbica vai tá errado. Tão querendo nos empurrá isso goela abaixo. ”
    Ouvi essa pérola na fila do supermercado, provavelmente, outras pessoas também escutaram. A pessoa de trás, a pessoa do lado.
    Contive a minha vontade de participar dizendo considere-se feliz, você é pobre, sim, pobre de Espírito.
    Para mim, essa situação a que presenciei, não está tão distante do “melhor vídeo” acima. Como mencionei antes, é perfeito naquilo que se propõe e inteligente. Funciona como uma espécie de Terapia do Psicodrama, na qual se tem a oportunidade de visualizar um comportamento doente, exacerbado, incômodo, através de uma dramatização. Enxergar-se por meio desse vídeo pode ser bastante útil e conduzir a uma grande reflexão.
    Claro que cada um tem direito à sua própria opinião, mas há maneiras e maneiras de serem expostas.
    Concordo plenamente com “O Melhor Vídeo Contra o Casamento Gay.”

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s