AO VIVO: 186a Conferência Geral (Sessão de Domingo de Manhã)

Com este artigo, durante a sessão de conferência, vocês podem fazer comentários enquanto ouvem os discursos ou acompanham os resumos digitados aqui. Clique em “recarregar” no seu navegador para ler as atualizações sobre os discursos em tempo real.

Primeiro fim de semana de abril é tempo para Conferência Geral da Igreja SUD

Primeiro fim de semana de abril é tempo para Conferência Geral da Igreja SUD

Ouviu algo que você acha merecer maior ênfase? Comente! Acha que algo dito vai provocar reações negativas? Comente! Será que o discurso não é relevante para a vida no Brasil? Comente! Não gosta do cor da gravata do orador? Comente! Concorda muito com algo? Comente! Discorda de algo? Comente!

[Traduções rápidas — não serão iguais ao que se publica na Liahona!]

Discursante: Thomas S. Monson, Presidente da Igreja “Escolhas” 

“Que possamos optar por construir dentro de nós uma grande e poderosa fé que será nossa defesa mais efica contra os desígnios do adversário – a fé verdadeira, o tipo de fé que nos vai sustentar e reforçar o nosso desejo de escolher o certo.
Sem tal fé não vamos a lugar nenhum. Com ela podemos realizar nossos objetivos.”

“Embora seja imperativo escolher sabiamente, há momentos em que vamos fazer escolhas erradas. O dom do arrependimento, fornecido pelo nosso Salvador, nos permite corrigir nossas configurações de rumo, para que possamos voltar para o caminho que nos levará para a glória celestial que procuramos.”

“Que possamos manter a coragem de desafiar o consenso. Que possamos sempre escolher o correto mais difícil, ao invés do errado mais fácil.”

Discursante: Bonnie L. Oscarson, Presidente Geral das Moças “Creio Eu?”

“Será que às vezes nos tornamos tão acostumados com as bênçãos que recebemos como membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que não conseguimos compreender plenamente o milagre e a majestade do discipulado na verdadeira Igreja do Senhor? Somos culpados de ser complacentes com o maior presente que pode ser oferecido nesta vida? O próprio Salvador ensinou: “Se guardardes os meus mandamentos e perseverardes até o fim, terás vida eterna, que é o maior de todos os dons de Deus.”

“Acreditamos que esta Igreja é mais do que apenas um bom lugar para ir aos domingos e aprender a ser uma boa pessoa. É mais do que apenas um belo clube social cristão, onde podemos associar com pessoas de boa conduta moral. Não é apenas um grande conjunto de ideias que os pais podem ensinar seus filhos em casa para que eles sejam responsáveis, pessoas agradáveis. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é infinitamente mais do que todas essas coisas.”

“Pense por um minuto sobre as reivindicações profundas que fazemos como religião. Acreditamos que a mesma Igreja que Jesus Cristo estabeleceu, enquanto na Terra, foi restaurada mais uma vez por um profeta chamado por Deus em nosso tempo e que nossos líderes têm o mesmo poder e autoridade para agir em nome de Deus que os antigos Apóstolos tinham. Ele é chamado o sacerdócio de Deus. Afirmamos que, através desta autoridade restaurada, podemos receber ordenanças de salvação como o batismo e desfrutar o dom da purificação e refinamento do Espírito Santo para estar conosco em todos os momentos. Temos apóstolos e profetas liderar e dirigir esta Igreja por meio de chaves do sacerdócio, e acreditamos que Deus fala aos Seus filhos através destes profetas.”

“Afirmamos que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o reino de Deus e a única Igreja verdadeira sobre a terra. Ela é chamado a Igreja de Jesus Cristo porque Ele está à frente; é a Sua Igreja, e todas estas coisas são possíveis por causa de Seu sacrifício expiatório.”

“Acreditamos que estas características distintivas podem ser encontradas em nenhum outro lugar ou organização nesta terra. Por mais bom e sincero que outras religiões e igrejas sejam, nenhum deles tem a autoridade para fornecer as ordenanças de salvação que estão disponíveis em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.”

“Temos um conhecimento dessas coisas, mas nós acreditamos neles? Se estas coisas são verdadeiras, então temos a maior mensagem de esperança e ajuda que o mundo já conheceu. Acreditando-os é uma questão de importância eterna para nós e para aqueles que amamos.”

“Para acreditar, temos de tirar o evangelho a partir de nossas cabeças para colocá-lo em nossos corações! É possível para nós apenas viver o evangelho externamente, porque é o esperado de nós ou porque é a cultura na qual crescemos ou porque é um hábito. Alguns talvez não experimentaram o que o povo do rei Benjamim sentiu após o seu sermão convincente: “todos clamaram a uma só voz, dizendo: Sim, acreditamos que todas as palavras que nos disseste; E também, nós temos certeza de sua veracidade e verdade, por causa do Espírito do Senhor Onipotente, que tem feito uma vigorosa mudança em nós, ou em nossos corações, que não temos mais disposição para praticar o mal, mas para fazer o bem continuamente.”

Discursante: W. Christopher Waddell, Bispado Presidente “Aprenda, Ouça, e Ande”

“Para nos ajudar em nossa busca pela paz no meio dos desafios diários da vida, nos foi dado um padrão simples, para manter nossos pensamentos focados no Salvador, que disse: ‘Aprendei de mim e ouve as minhas palavras; anda na mansidão de meu Espírito e terás paz em mim. Eu sou Jesus Cristo’

PRIMEIRO: Aprendei de mim

SEGUNDO: Ouça minhas palavras

TERCEIRO: Anda na mansidão de meu Espírito”

Discursante: D. Todd Christofferson, Apóstolo “Pais”

“Como Igreja, acreditamos em pais. Nós acreditamos no ideal do homem que coloca sua família em primeiro lugar. Acreditamos que ‘por desígnio divino, o pai deve presidir a família com amor e retidão, tendo a responsabilidade de atender às necessidades da vida e proteção para suas famílias’. Acreditamos que em seus deveres familiares complementares, ‘pais e mães são obrigadas a ajudar-se mutuamente, como parceiros iguais’. Acreditamos que longe de ser supérfluos, pais são únicos e insubstituíveis.”
“Alguns vêem o bem de paternidade em termos sociais, como algo que obriga os homens a sua prole, impelindo-os a serem bons cidadãos e a pensar sobre as necessidades dos outros, completando o ‘investimento materno em crianças com um investimento paterno em crianças. . . Em suma, a chave para os homens é ser pais. A chave para as crianças é ter pais. A chave para a sociedade é criar pais’. Embora essas considerações sejam certamente verdadeiras e importantes, sabemos que a paternidade é muito mais do que uma construção social ou o produto da evolução. O papel do pai é de origem divina começando com um Pai no Céu, e nesta esfera mortal, com o Pai Adão.”

“Para os jovens, reconhecendo o papel que terão como provedores e protetores, dizemos que se prepararem agora por ser diligentes na escola e no planejamento para formação pós-secundária. Educação, seja em uma universidade, escola técnica, de aprendizagem ou programa similar, é fundamental para desenvolver as habilidades e capacidades que você vai precisar. Aproveitar as oportunidades para associar com pessoas de todas as idades, incluindo crianças, e aprender a estabelecer relações saudáveis e gratificantes. Isso normalmente significa falar cara-a-cara com as pessoas e, por vezes, fazer coisas juntos, não apenas aperfeiçoar suas habilidades de mensagens de texto. Viva a sua vida para que, como um homem, você traga pureza para o seu casamento e para seus filhos.”

Discursante: Quentin L. Cook, Apóstolo “Veja-se No Templo”

“As bênçãos primárias do templo são as ordenanças de exaltação. O plano do evangelho é sobre exaltação e abrange fazer e manter convênios sagrados com Deus. Exceto pelo batismo e confirmação, essas ordenanças e convênios são realizadas e recebidas no templo para os vivos. Para os mortos, todas as ordenanças de salvação e convênios são recebidos no templo.”

“O Salvador é a pedra angular chefe de imóveis de nossa fé e de Sua Igreja.”

Discursante: Dieter F. Uchtdorf, 2o Cons. Primeira Presidência “Ele o Porá Sobre Seus Ombros e o Levará Consigo”

“Não importa quão completamente arruinada nossas vidas possam parecer. Não importa quão escarlate nossos pecados, quão profunda a nossa amargura, quão solitário, abandonado, ou quebrados nossos corações possam ser. Mesmo aqueles que estão sem esperança, que vivem em desespero, que traíram a confiança, entregaram sua integridade, ou se afastaram de Deus, podem ser reconstruídos. Exceto os raros filhos da perdição, não há vida tão quebrada que não possa ser restaurada.”

“A alegre notícia do evangelho é a seguinte: Por causa do plano eterno de felicidade fornecida por nosso amado Pai Celestial e por meio do sacrifício infinito de Jesus, o Cristo, podemos não só ser resgatados a partir de nosso estado caído e restaurado para a pureza, também podemos transcender a imaginação mortal e nos tornar herdeiros da vida eterna e participantes da glória indescritível de Deus.”

“A obediência é a força vital da fé. É por obediência que captamos a luz em nossas almas. Mas às vezes eu acho que nós não compreendemos obediência. Podemos ver a obediência como um fim em si mesmo, ao invés de um meio para um fim. Ou podemos bater o metafórico martelo da obediência contra o batente de ferro dos mandamentos, em um esforço para moldar aqueles que amamos, por meio de aquecimento constante e espancamento repetido, na matéria mais santa e celestial.

Mas talvez haja uma metáfora diferente que possa explicar por que obedecer aos mandamentos de Deus. Talvez a obediência não é tanto um processo de flexão, torção, e martelamento de nossas almas em algo que não somos. Em vez disso, é o processo pelo qual nós descobrimos do que realmente somos feitos.”

“Passamos a ver a obediência não como um castigo, mas como um caminho libertador ao nosso destino divino. E, gradualmente, a corrupção, poeira e limitações desta terra começam a cair. Eventualmente, o inestimável espírito eterno do ser celestial dentro de nós é revelado, e um brilho de bondade se torna nossa natureza.”

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s