Mulheres Mórmons

Celebrando as mulheres Mórmons!

Eis uma série de artigos no Vozes Mórmons que celebram as mulheres Mórmons, seus desafios, seus dons, seus sacrifícios, suas contribuições, e sua importância para o Mormonismo.

Enigma Mórmon: Emma Hale Smith

Menina Silenciada Durante Testemunho

Prêmio Pulitzer à Cobertura de Estupros na BYU

Mórmons Discriminam Mulheres no Mercado de Trabalho

Apóstolo Condena Mutilação Genital

Por que Rapazes Fazem Missão e Moças Fazem Bolos?

Quem Eu Acho Que Sou?

Imposição de mãos (femininas)

Por Que As Mulheres Não Foram Incluídas?

Mãe e Solteira

Jane Manning James

Ordenação às Mulheres

Assédio Sexual na Missão

Amamentando na sacramental

Uma SUD pode ser modelo?

Autonomia: juízas em Israel

Autonomia: investidura e cura

Mulheres e o Sacerdócio

Emma Smith

Reações Contra Mulheres

As Mulheres de Joseph Smith

A Encantadora de Baleias

Origem e Destino da Mulher

Machismo no Mormonismo

Mulheres Mórmons

A Profetisa Eliza R. Snow

Sacerdotisas

Há abuso nas entrevistas?

A Conversação na Capela e seus Excessos

Mitos Mórmons: Poligamia

Fubecagem

Ordain Women (Ordene as Mulheres) I

Ordain Women (Ordene as Mulheres) II

Missionárias Terão Chamados de Liderança

Professor da BYU Criticado por Livro Sobre Mulheres

Encorajamos mais autores, especialmente mais autoras, a submeterem textos que discutam o tema de mulheres e feminismo dentro do contexto Mórmon.

Mulheres, aqui no Vozes Mórmons queremos muito ouvir as suas vozes!

mulheres

34 comentários sobre “Mulheres Mórmons

  1. Bem, não vejo sentido em dizer que as mulheres sud’s são consideradas inferiores aos homens sud’s.
    Deus deu o poder de criação, de gerar vidas as mulheres. Aos homens é dado o poder do Sacerdócio, pode tbm vindo de Deus, de abençoar e fazer milagres. Nós mulheres somos o que completa tudo, sem nós os homens simplesmente não existiriam, assim como sem os homens nós também não existiriamos. Ninguem é melhor que ninguem. Um precisa do outro, em vários discursos de presidentes da igreja, eles falam sobre a grande importancia da mulher no evangelho, nossa bondade, como somos boas em fazer a caridade e demonstrar amor pelas pessoas. Em discursos sobre casamento varios presidentes falam que o homem não é sem a mulher e nem a mulher sem o homem. Falam tambem que um anda ao lado do outro, e não na frente ou atras. É AO LADO. Ambos são filhos de Deus e ambos estão lutando para voltar a presença de Dele.
    Sobre mulheres fazerem missão a igreja nunca disse que era proibido, ela sempre disse que era ACONSELHÁVEL que ela se casasse e criasse uma familia. Mas nunca disse “mulheres nao podem servir uma missao”.
    Sobre a familia a Primeira Presidencia e os Doze Apóstolos disse “O marido e a mulher têm a solene responsabilidade de amar-se mutuamente e amar seus filhos, e de cuidar um do outro e dos filhos…” (A Familia: Proclamação ao Mundo) Nesse trecho claramente diz que a responsabilidade é dos dois aobre a criação dos filhos, não é um papel só da mulher.
    Se a igreja fosse contra a mulher trabalhar ela não disponibilizaria o Fundo Perpetuo de Educação, um recurso parecido com o empréstimo FIES porém com juros bem menores. Minha irmã ja fez uso desse recurso, hoje ela é uma mulher maravilhosa, frequente a igreja, muito bem instruida, formada em duas faculdades com pós graduação em uma delas, trabalha em 2 empregos e NUNCA precisou ficar submissa dentro de casa.
    A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias é sim a igreja verdadeira de Deus na terra, não tenho dúvidas sobre isso. Sei que tudo que aprendi nos discursos dessa conferência é verdadeiro, sei que Thomas Spencer Monson foi chamado por Deus como Profeta nesses ultimos dias e sei também que tudo que aprendi nesses 21 anos de igreja me transformaram na mulher que sou e sei que serei muito melhor por que sou filha de Deus com um potencial divino.

    • Esse é o comentário tão urgente e tão importante que lhe motivou àquela reclamação mal-educada? OK, então…

      Você pode não ver “sentido em dizer que as mulheres sud’s são consideradas inferiores aos homens sud’s” (sic), mas você não é todas as mulheres SUD. Ficamos felizes que você não se sente oprimida e é alegre saber que você é perfeitamente feliz com sua participação na Igreja. A questão, contudo, é que nem toda mulher se sente assim como você, e nem toda mulher se sente feliz e satisfeita com as suas participações na Igreja. Da mesma maneira que nem todo homem gostaria de ser Bispo, ou Presidente de Estaca, ou Setenta, ou Apóstolo. Mas todo homem tem essa opção, tem essa oportunidade, e tem o direito de tê-las. As outras mulheres, que não são como você, que gostaríam de desenvolver uma participação de liderança mais ativa e mais influente não tem opções, não tem direitos, não tem oportunidades. Essa é a questão.

      Quando se oferece uma oportunidade à uma classe de pessoas e a nega à outra, cria-se uma cultura de tratamento diferenciado. Isso é a definição técnica de discriminação. Para muitas pessoas no grupo discriminado pode não parecer óbvio ou doloroso, mas para muitas (se não a maioria) é tanto óbvio como doloroso. A capacidade de buscar compreender e sentir a dor dos outros chama-se empatia, e é uma das características enfatizada nos ensinamentos bíblicos de Jesus Cristo.

      Você tem absoluta razão que a Igreja fez progresso na questão do trato das mulheres. Há várias décadas, ela exigia que as mulheres fossem donas-de-casa. Há duas décadas, ela apenas sugeria que elas fossem donas-de-casa. (Quem não se lembra daquela reunião de Gordon Hinckley no Estádio do Morumbi quando ele exortou aos SUD brasileiros que toda mulher deveria abandonar seus empregos e suas carreiras para servir como mães e donas-de-casa?) Atualmente, a Igreja é circunspecta nesse tema, presumindo que mulheres terão carreiras e profissões (apesar dos lapsos ocasionais, como nesta última conferência). Houve progresso, sem dúvida. Porém isso não significa que não possa haver mais progresso.

  2. Cade o meu comentário ABEM?
    Engraçado como encobrem tudos os comentarios que dizem a verdade e que claramente contradizem vocês.

    • Não seja mal-educada, Mariane. Por favor.

      Os comentários são moderados porque muitas pessoas são, francamente, mal-educadas e não sabem se portar em um fórum de discussão. Assim, como você está fazendo agora. Por isso nós temos regras oficiais para comentários.

      Diferente do que você possa pensar, esse site não é a nossa profissão. Todos nós trabalhamos e/ou cuidamos de nossas famílias e/ou servimos em nossos chamados. Em dias de alto tráfego de mensagens, como hoje, a moderação pode demorar para liberar os comentários. Por isso lhe pedimos, encarecidamente, um pouco mais de paciência e um pouco mais de educação.

      (Aliás, um último aparte: Um pouco menos de preguiça na sua parte e você teria lido centenas de comentários que contradizem os autores dos artigos no site. O que imediatamente invalida a sua acusação malcriada!)

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.