Mãe Celestial é Tema de Novo Ensaio Oficial da Igreja Mórmon

Arte SUD, Doutrina mórmon. O Amor de Uma Mãe, pintura de Lynde Mott (Exponent II). Mãe Celestial, Mormonismo.

O Amor de Uma Mãe, pintura de Lynde Mott, detalhe (Exponent II)

“A doutrina de uma Mãe Celestial é uma crença estimada e distintiva entre Santos dos Últimos Dias”, afirma o ensaio publicado na última sexta-feira no site oficial d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O texto é parte de uma série de ensaios histórico-apologéticos publicados desde novembro de 2013 e que na semana passada receberam finalmente um endosso explícito por parte da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze. Continuar lendo

Igreja terá curso online para missionários

Sisters_iPadDesde o recebimento do chamado até depois do retorno ao lar, jovens missionários mórmons utilizarão o curso online My Plan (Meu Plano, ainda sem tradução oficial). O anúncio foi feito pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na edição de julho da revista Ensign e no seu site oficial.

O curso consistirá de oito lições, sendo as seis últimas concentradas nas semanas que antecedem o fim da missão de tempo integral. Não há detalhes disponíveis sobre o conteúdo do novo curso. Missionários de ambos os sexos realizarão cada lição durante uma hora, no período destinado ao estudo pessoal, em capelas ou outros locais que utilizem para acessar a internet.

Antes do retorno ao lar, os planos de cada missionário para sua vida após a missão serão compartilhados com seus presidentes de missão, os quais terão o papel de aconselhar os jovens na sua última entrevista missionária.

O lançamento do My Plan será no próximo mês de agosto. Continuar lendo

Igreja lança site contra vício em pornografia

site vencer“Vencer a pornografia por meio da expiação de Jesus Cristo” é o novo do novo site oficial lançado pela Igreja de Jesus Cristo dos santos dos Últimos Dias. Disponível em 10 idiomas, incluindo português, o novo site apresenta textos e vídeos para pessoas que enfrentem problemas como pornografia, seus familiares e líderes religiosos. Há inclusive relatos de pessoas que se consideravam dependentes de pornografia. Quase a totalidade dos materiais sobre vício em pornografia dirige-se a homens. Uma das exceções é o relato de uma mulher que se descreve como alguém que sofria de dependência sexual. Além de ensinamentos espirituais, o site ainda afirma que pode ser necessário, em certos casos, o tratamento profissional e lista alguns critérios para busca de um profissional.

Raça e Sacerdócio: publicação oficial da Igreja aborda fatos antes ignorados

Nova página oficial sud esclarece que Brigham Young interrompeu a ordenação de negros ao sacerdócio como realizada por Joseph Smith

Amanda e Samuel Chambers, conversos mórmons, chegaram a Salt Lake City em 1870.

Amanda e Samuel Chambers, conversos mórmons, chegaram a Salt Lake City em 1870.

Na última sexta-feira (06/12), A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias publicou em seu site oficial uma nova página intitulada “Raça e o Sacerdócio“, onde busca esclarecer a intrincada história do banimento dos negros do sacerdócio sud. A página, disponível em inglês, dá um importante passo ao reconhecer a ordenação de negros durante a presidência de Joseph Smith – como havia reconhecido no novo cabeçalho da Declaração Oficial 02 – e afirma que foi Brigham Young quem interrompeu a ordenação de homens negros. O site afirma: Continuar lendo

História mórmon no Brasil

Um monte de membros em Ipoméia, em algum ano no tempo do Ariri Pistola. Foto doada por alguém ou publicada em algum lugar.

Carta aberta a Norberto e Rosângela Lopes, Historiadores da Área Brasil

Irmãos Norberto e Rosângela,

há cerca de dois anos, ao saber do site historiadaigreja.org.br fiquei feliz com o interesse da presidência de área em disponibilizar informações sobre a história da Igreja no Brasil. É de grande importância que membros no Brasil e mesmo em outros países tenham acesso a tais informações e possam se apropriar delas. O site, no entanto, pouco ajuda seus leitores a ter uma ideia mais substancial da história mórmon no Brasil; é pobre em conteúdo e em alguns casos sequer valoriza os materiais de que dispõe, como na seção de fotos. Quero apresentar aqui algumas sugestões e críticas para o aprimoramento do seu site. Continuar lendo