História mórmon no Brasil

Um monte de membros em Ipoméia, em algum ano no tempo do Ariri Pistola. Foto doada por alguém ou publicada em algum lugar.

Carta aberta a Norberto e Rosângela Lopes, Historiadores da Área Brasil

Irmãos Norberto e Rosângela,

há cerca de dois anos, ao saber do site historiadaigreja.org.br fiquei feliz com o interesse da presidência de área em disponibilizar informações sobre a história da Igreja no Brasil. É de grande importância que membros no Brasil e mesmo em outros países tenham acesso a tais informações e possam se apropriar delas. O site, no entanto, pouco ajuda seus leitores a ter uma ideia mais substancial da história mórmon no Brasil; é pobre em conteúdo e em alguns casos sequer valoriza os materiais de que dispõe, como na seção de fotos. Quero apresentar aqui algumas sugestões e críticas para o aprimoramento do seu site.

1. Na área de vídeos, poderiam ser incluídos entrevistas e depoimentos de membros. Tenho certeza que há muitos membros que foram pioneiros em suas regiões, missionários retornados e outros indivíduos que poderiam contribuir com tal tipo de material, dada a crescente facilidade de acesso à tecnologia. Também imagino que um projeto assim contaria com o apoio e incentivo das lideranças locais – se cada presidente de estaca ou bispo convidasse os membros a contribuir com tais registros, teríamos um enorme acervo disponível. Na seção “Pesquisa”, o arquivo sobre a cidade de Belo Horizonte, por exemplo, oferece bons exemplos de depoimentos que poderiam estar em áudio ou vídeo na sua íntegra. A história da Igreja no Brasil é suficientemente recente para ainda nos oferecer o testemunho vivo de muitos de seus atores. Por que deixar que essa geração nos abandone antes de registrar seu legado?

2. Na seção “Resumo histórico”, fiquei bastante decepcionado em não poder ler direito o documento. Imaginou-se um documento para ser impresso ou para download? É diferente de um documento para ser lido online. Sugiro que ele seja adaptado para outro formato ou que seu conteúdo seja publicado na forma de cronologia, etc.

3. Os links listado no site são todos em língua inglesa, idioma inacessível para a maior parte dos membros brasileiros. Não seria mais “amigável” ter pelo menos uma explicação do conteúdo de cada site referido e dicas de busca para os menos familiarizados com seu conteúdo?

Bruce R. McConkie com mais outras pessoas, em algum lugar no Rio de Janeiro, no ano sei lá.

4. As fotos disponibilizadas pelo site são o pior de tudo. Explico: as fotos (como as que ilustram este artigo) são preciosíssimas como documentos históricos, mas estão publicadas no seu site como meras “fotos bonitas para olhar”, sem nenhuma legenda que indique datas aproximadas, nomes dos indivíduos que nelas aparecem ou a quem elas pertencem ou por quem foram doadas.

Até as legendas engraçadinhas que eu coloquei nas fotos aqui são melhores do que as legendas que não existem no site! Óbvio! Pelo menos eu identifiquei  Bruce R. McConkie em uma delas. Ou será que vocês pensam que todos os leitores irão identificá-lo? Obviamente, é impossível para qualquer um identificar todas as fotos que estão lá. Para quem é o site, afinal?

4. Eu não sou um historiador e imagino estar escrevendo a pessoas que tampouco têm formação acadêmica na área. Por isso acho  interessante que possamos aproveitar a contribuição daqueles profissionais que produziram suas pesquisas sobre o mormonismo no Brasil. Kent Larsen recentemente listou uma série de trabalhos sobre o tema, publicados entre 2007 e 2011. Será que nenhum desses trabalhos seria adequado para incluir nos seus links?

Um abraço!

Leia ainda: A visão de Henry D. Moyle

7 comentários sobre “História mórmon no Brasil

  1. Ótimas dicas. Espero que os responsáveis pelo site levem em consideração e implementem as mudanças necessárias para que esse possa se tornar um instrumento relevante no desvendamento da história mórmon no Brasil;

  2. Leonel, vc é de Alagoas, né? Vários textos sobre a história mórmon no Brasil cita um trabalho feito na década de 80 por tal de Nádia Amorim chamado ” Mórmons em Alagoas”. Vc sabe algo sobre ela? Se ela já frequentou a igreja, se os textos dela são conhecidos pelos membros daí do estado? E os outros colegas do blog, sabem mais a respeito?

    • Sim, sou de Alagoas. Para falar a verdade, essa é primeira vez que ouço falar desse trabalho. Vou buscar mais informações com o pessoal de Assuntos Públicos, ver se alguém sabe alguma coisa.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.