A Companhia Pioneira de Brigham Young

Erastus Snow e Orson Pratt

Erastus Snow e Orson Pratt

Em 21 de julho de 1847, os dois batedores da companhia pioneira de Brigham Young celebraram gritando “hosana!”. Após cerca de três meses de viagem, eles haviam avistado o vale ao norte do Grande Lago Salgado. O mais velho, de 35 anos, estava a cavalo; o de 28, a pé. Orson Pratt e Erastus Snow estavam abrindo assim o caminho para mais de 30 mil mórmons fugindo dos Estados Unidos em busco de um novo lar.

No dia seguinte, a maior parte dos carroções da companhia desceu ao vale. Mas Brigham Young, doente, só chegaria no dia 24, data celebrada até hoje em Utah como o Dia dos Pioneiros. Continuar lendo

Natal Pioneiro Mórmon

Como eram os Natais dos pioneiros Mórmons, recém emigrados para Utah, lutando para estabelecer o Reino de Deus no meio do deserto?

Pioneiros Mórmons emigrando para Utah

John D. Lee, filho adotivo de Brigham Young e um de seus principais representantes nas colônias Mórmons no sul de Utah, deixou uma anotação breve nos seus diários de uma festividade natalina da época:
Continuar lendo

Jane Manning James – parte I

jane3A história de Jane Elizabeth Manning James (1822-1905) tem se tornado cada vez mais conhecida por um número crescentes de mórmons e estudiosos do mormonismo. Uma história que inclui fome e perseguição; seu abandono pelo marido durante longas duas décadas; sua insistência junto a um presidente da Igreja para receber certas ordenanças; sua convivência no lar de Joseph e Emma Smith, e muitos outros acontecimentos que tornam sua vida como mulher mórmon e negra uma narrativa única e impressionante. Continuar lendo

Dia dos Pioneiros

Thomas e Francis Monson na parada de 2006. Foto: mormonnewsroom.org

Thomas e Francis Monson na parada de 2006. Foto: mormonnewsroom.org

O dia de hoje marca a entrada dos pioneiros mórmons no vale de Salt Lake em 1847. Em sua migração forçada, os santos dos últimos dias fugiram do território norte-americano em busca de liberdade e paz. Após um longo período de conflito com o governo federal, Utah se tornou o 45º estado norte-americano em 1896. Entre a independência do Reino de Deus e a americanização de Utah, os pioneiros que cruzaram as planícies permanecem como mártires e heróis para milhões mórmons ao redor do globo. Continuar lendo

Prepare-se para a IV Conferência Brasileira de Estudos Mórmons

Você já se agendou para a IV Conferência Brasileira de Estudos Mórmons? Ela acontece no dia 19 de janeiro de 2013, em São Paulo.

O tema da Conferência de 2013 será “A Relação entre Sede e Periferia na Igreja SUD”.

A Conferência é gratuita e aberta a todos os interessados. Continuar lendo

“Dentro do império mórmon”

Esta é a América capitalista, não?
Sheri Dew, CEO da Deseret Book
As finanças da Igreja sud mais uma vez têm sido objeto de discussão na mídia, especialmente desde a candidatura de Mitt Romney e a construção de um super shopping em Salt Lake. Na semana passada, a revista Bloomberg Businessweek, especializada em economia e negócios, publicou uma reportagem de capa sobre o assunto. A revista destaca principalmente a alta lucratividade de algumas empresas mantidas pela Igreja e a falta de transparência de suas finanças. Assinada por Caroline Winter, “Dentro do império mórmon” não é sensacionalista, apresentando opiniões diversas e dados concretos (ver lista abaixo). Ou seja, bom jornalismo. Continuar lendo

História mórmon no Brasil

Um monte de membros em Ipoméia, em algum ano no tempo do Ariri Pistola. Foto doada por alguém ou publicada em algum lugar.

Carta aberta a Norberto e Rosângela Lopes, Historiadores da Área Brasil

Irmãos Norberto e Rosângela,

há cerca de dois anos, ao saber do site historiadaigreja.org.br fiquei feliz com o interesse da presidência de área em disponibilizar informações sobre a história da Igreja no Brasil. É de grande importância que membros no Brasil e mesmo em outros países tenham acesso a tais informações e possam se apropriar delas. O site, no entanto, pouco ajuda seus leitores a ter uma ideia mais substancial da história mórmon no Brasil; é pobre em conteúdo e em alguns casos sequer valoriza os materiais de que dispõe, como na seção de fotos. Quero apresentar aqui algumas sugestões e críticas para o aprimoramento do seu site. Continuar lendo

Êxodos: um lamento

Walk away, de Lietinga Diena, site Deviant Art.

Walk away, de Lietinga Diena, site Deviant Art.

O êxodo é um tema constante nas escrituras judaico-cristãs e sud. Esse êxodo consiste na busca de uma “terra prometida” ou “terra de promissão”, deixando para trás uma sociedade corrompida que promove o mal e oprime os justos. Trata-se não apenas de uma fuga ou migração mas, sobretudo, de um processo de transformação daqueles que entram na jornada. Continuar lendo

Vinho no sacramento

wine-glassAtualmente, membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias usam água e pão para simbolizar o sangue e o corpo de Cristo em suas cerimônias dominicais. Entende-se hoje que o uso da água em substituição ao vinho está em concordância com os preceitos da chamada Palavra de Sabedoria, a revelação de Doutrina e Convênios 89 sobre o consumo de alimentos e bebidas. A própria seção 89 e os registros históricos nos dizem, no entanto, que o vinho continuou a ser usado durante muito tempo pela Igreja SUD na ordenança do sacramento, como mostram as citações abaixo. Continuar lendo

Patriarcas: Pais Para Os Órfãos

John_Taylor_seated_in_chairO texto a seguir é a tradução de partes do editorial escrito por John Taylor em 1845, sobre a natureza do ofício patriarcal. O texto suscita alguns pontos interessantes, especialmente o fato de patriarcas ordenados estarem reparando, por assim dizer, uma situação problemática na Igreja. Para John Taylor, a bênção patriarcal é a bênção de um pai sobre seus filhos. Dessa forma, é direito do pai administrar tal bênção para sua própria família. O patriarca ordenado seria apenas um “procurador”, agindo em favor daqueles que são órfãos do sacerdócio. Continuar lendo

A Errônea Associação do Catolicismo à Corrupção das Escrituras

Um dos fundamentos doutrinários dos santos dos últimos dias é a afirmação de que as escrituras bíblicas não permaneceram intactas desde a pena de profetas e apóstolos até nossos dias, mas sofreram adulterações de forma que passagens foram retiradas, editadas ou acrescentadas.

francis_bacon_1_study_after_velazquezs_portrait_of_innocent_x

Estudo do Retrato do Papa Inocêncio X por Velázquez, de Francis Bacon (1953)

Em 1 Néfi 13, lemos sobre a visão recebida por Néfi da instituição responsável pela corrupção do Novo Testamento, chamada de “grande e abominável igreja”. Muitos santos dos últimos dias interpretam essa instituição como sendo a Igreja Católica Apostólica Romana, embora a ação da “grande e abominável igreja” sobre as escrituras, descrita no Livro de Mórmon, não possa ter nenhuma relação histórica com o catolicismo romano. Continuar lendo

Hyrum, o Profeta Rejeitado

Maudsley_JSandHS_lg_stAo iniciar a série sobre o Patriarca Eldred G. Smith, percebi que o tema do ofício patriarcal precisaria ser explorado em maior detalhe. Para tentar explicar o receio existente em torno do ofício do Patriarca e a dramática mudança que sua extinção representou dentro de doutrina mórmon, convido os leitores para uma visita a Nauvoo, no ano de 1843, onde veremos a “reforma” iniciada por Joseph Smith e a polêmica em torno da posição de Hyrum Smith. Continuar lendo

A visão de Henry D. Moyle no Brasil

Henry D. Moyle

Relatos de visões, sonhos e profecias encontram-se na própria origem da restauração. Mas quais eventos dessa natureza ocorreram no Brasil ou são relacionados à história da Igreja neste país? Justin Bray, técnico de preservação do Departamento de História da Igreja, um órgão oficial de A Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sediado em Salt Lake, nos fará uma apresentação no próximo sábado intitulada visão de Henry D. Moyle no Brasil em 1956

Então um membro do Quórum dos Doze, Élder Henry D. Moyle (1889 – 1963) Continuar lendo

Pioneiros

Em 24 de julho de 1847, Brigham Young e o primeiro grupo mórmon entravam no vale de Salt Lake. O lugar que havia sido vislumbrado por Joseph Smith para fundar uma nova nação havia sido finalmente encontrado. Os santos estavam fugindo dos EUA e tentando estabelecer seu próprio país. Continuar lendo