Apoiadora da ordenação feminina perde recomendação do templo

KristyIntegrante da organização Ordain Women (Ordene as Mulheres, em tradução livre), Kristy Money recentemente teve sua recomendação para o templo confiscada. Segundo a psicóloga, seus líderes locais no estado americano da Georgia a haviam ameaçado com tal ação em março deste ano, caso não deixasse o Conselho Executivo do Ordain Women. A organização pede a ordenação de mulheres aos ofícios do sacerdócio na Igreja SUD. Em texto publicado no site da organização feminista, Kristy fala sobre sua decisão: Continuar lendo

Kate Kelly apelará à Primeira Presidência

Imagem: Katrina Barker Anderson

Imagem: Katrina Barker Anderson

Feminista excomungada por defender ordenação de mulheres ao sacerdócio apelará à liderança máxima da Igreja sud

Líderes sud no estado americano da Virgínia negaram o apelo feito por Kate Kelly para rever sua excomunhão, realizada por um bispado em junho deste ano.  Seu ex-presidente de estaca, em carta do último dia 30 de outubro, afirma que a ativista poderá recorrer à Primeira Presidência, explicando o que houver considerado injusto no processo de excomunhão.

Kelly afirmou não estar surpresa com a decisão, uma vez que o presidente de estaca foi quem teria iniciado o processo de excomunhão. Ela declarou que irá apelar à Primeira Presidência da Igreja e que seu processo disciplinar machucou “milhares de mulheres”.

Ordain Women terá nova ação amanhã

Foto: ordainwomen.org

Foto: ordainwomen.org

O movimento Ordain Women terá uma nova estratégia amanhã, durante a Conferência Geral Semi-anual da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Ao invés de estarem na Praça do Templo, em Salt Lake City, pedindo admissão na reunião realizada no Tabernáculo, as mulheres do movimento estarão nos centros de estaca, onde é transmitida a Sessão Geral do Sacerdócio. Líderes do Ordain Women acreditam que essa nova ação trará melhores resultados, uma vez que é mais provável que sejam admitidas nas unidades locais da Igreja para acompanhar seus maridos, filhos, pais e irmãos.

Em seu site, o movimento afirma não se tratar de um protesto, encoraja que as participantes ajam de forma reverente, usem suas “roupas de domingo” e não façam cartazes ou banners.

Em outubro de 2013, a Igreja transmitiu pela primeira vez via internet a reunião exclusiva dos homens. Continuar lendo

Igreja pesquisa opinião dos membros sobre apostasia e ordenação feminina

LDSSURVEY2 (1)

Imagem: mormonstories.org

Durante o mês de agosto, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizou uma pesquisa de opinião sobre a ordenação de mulheres ao sacerdócio, entre outros temas. A pesquisa foi enviada por e-mail a mil membros ativos, nos EUA, de ambos os sexos, escolhidos aleatoriamente, de acordo com a afirmação de Dale Jones, porta-voz da Igreja. Várias perguntas fazem alusão aos processos disciplinares iniciados em junho passado e à posterior excomunhão de Kate Kelly, ainda que seu nome não seja citado.

Algumas perguntas da pesquisa:

» Conforme seu entendimento, qual a definição da igreja de “apostasia”? Continuar lendo

Kate Kelly apela da decisão

Kate Kelly (de amarelo), solicitando admissão à Sessão Geral do sacerdócio, outubro de 2013.

Kate Kelly (de amarelo), solicitando admissão à Sessão Geral do sacerdócio, outubro de 2013.

Excomungada no último dia 23 de junho, Kate Kelly apelou da decisão ao seu presidente de estaca, pedindo a anulação da decisão tomada pelo bispado de sua ala anterior. O marido de Kate Kelly, Neil Ransom, também escreveu uma carta à presidência de estaca, apontando para o fato de que, mesmo sendo um apoiador do movimento Ordain Women, ele não sofreu nenhuma ação disciplinar, o que demonstraria o tratamento desigual dado a homens e mulheres na Igreja sud. Além disso, foram entregues mais de mil cartas escritas em apoio a Kate Kelly.

Cinco dias após a excomunhão de Kelly, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze lançaram uma declaração definindo o que é apostasia e reafirmando que “somente homens são ordenados para servir em ofícios do sacerdócio”.

Kate Kelly Excomungada

Foto: Salt Lake Tribune

Foto: Salt Lake Tribune

Fundadora do movimento Ordain Women (“Ordene as Mulheres”), Kate Kelly, 33, recebeu ontem (23/06) sua carta de excomunhão. “Eu sinceramente até o ultimo minuto achava que eles fariam a coisa certa”, afirmou. Kate recebeu a notícia por e-mail, em Salt Lake City.

O conselho disciplinar aconteceu na ala Vienna, estado norte-americano da Virgínia, onde Kate vivia, composto pelo bispo Mark Harrison, seu primeiro conselheiro Steve Moffitt e Kent Stevenson, que havia sido membro de um bispado anterior. O atual segundo conselheiro da ala, Lance Walker, recusou-se a participar do conselho.

Kate afirma que, no início de maio, havia solicitado que seus registros (“ficha de membro”) fossem transferidos da sua ala no estado da Virgínia para a cidade de Provo, onde ela e o marido estão vivendo. O pedido não foi atendido. Continuar lendo

Risco de excomunhão

Fundadora do movimento pela ordenação de mulheres e idealizador de um fórum online foram acusados de apostasia. E todos perdemos com isso.

Kate Kelly

Kate Kelly

ATUALIZAÇÃO: Kate Kelly foi excomungada em 23/06.

 

Dois conhecidos membros sud nos Estados Unidos serão julgados por conselhos disciplinares locais, acusados de apostasia – John Dehlin, famoso pelas suas entrevistas no site Mormon Stories, doutorando em psicologia, que vive em Utah, e Kate Kelly, fundadora do movimento Ordain Women, advogada, que vive em Washington, DC. O caso tem gerado repercussão na internet e chamado a atenção da imprensa americana. Continuar lendo

Movimento Mórmon Ordene As Mulheres Lança Campanha

Comemore o aniversário de 185 anos da Restauração do Sacerdócio com o ‘Ordene as Mulheres’!

O movimento ‘Ordain Women’ (‘Ordene as Mulheres’) anuncia o lançamento de 6 Palestras sobre a questão de ordenação de mulheres ao Sacerdócio. A primeira palestra será lançada no dia 15 de maio, Continuar lendo

A Encantadora de Baleias

encantadora1No filme A Encantadora de Baleias, o velho líder de uma tribo maori busca desesperadamente seu sucessor. Sua neta Paikea quer aprender as tradições reservadas aos homens e é duramente rejeitada pelo avô. Mas a pureza e teimosia da menina se provam mais fortes do que a ortodoxia do chefe. É Paikea quem no final faz com que as antigas tradições tenham sentido, tornando real aquilo que era transmitido como mito. Ela recebe uma revelação. O avô, sem outra alternativa,  arrepende-se e reconhece a sua neta como a tão aguardada sucessora. A verdade triunfa. A ignorância é abandonada.

O filme me parece ser uma parábola sobre o sacerdócio. Permitam-me divagar. Continuar lendo

Ordain Women (Ordene as Mulheres) – parte II

Na tarde de sábado, as mulheres do Ordain Women, grupo que defende a ordenação de mulheres a ofícios do sacerdócio , foi até o antigo Tabernáculo para pedir a admissão na Sessão Geral do Sacerdócio. Como já esperavam, a entrada de mulheres foi negada. Mas fizeram questão de manter o simbolismo do ato. Sua ideia era chamar a atenção das autoridades gerais para que orem a respeito da ordenação feminina.

Image

Mulheres aguardam na fila de entrada da Sessão do Sacerdócio.

Image

Ao fundo, teto prateado do Tabernáculo, onde tradicionalmente acontece a Sessão Geral do Sacerdócio, aberta exclusivamente a homens (de qualquer idade e independente de serem ou não portadores do sacerdócio).

Image

A brasileira-americana Caitlin apos sair da fila. Em alguns meses ela estará servindo como missionaria de tempo integral no Paraná.

Image

Neste ano, a Igreja incluiu pela primeira vez uma recepcionista mulher (de casaco azul). Paciente, ela conversava com as mulheres atentamente e até distribuiu alguns abraços.