Igreja pesquisa opinião dos membros sobre apostasia e ordenação feminina

LDSSURVEY2 (1)

Imagem: mormonstories.org

Durante o mês de agosto, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizou uma pesquisa de opinião sobre a ordenação de mulheres ao sacerdócio, entre outros temas. A pesquisa foi enviada por e-mail a mil membros ativos, nos EUA, de ambos os sexos, escolhidos aleatoriamente, de acordo com a afirmação de Dale Jones, porta-voz da Igreja. Várias perguntas fazem alusão aos processos disciplinares iniciados em junho passado e à posterior excomunhão de Kate Kelly, ainda que seu nome não seja citado.

Algumas perguntas da pesquisa:

» Conforme seu entendimento, qual a definição da igreja de “apostasia”?

» A discussão pública desses conselhos disciplinares noticiados afetou seu pensamento sobre quaisquer questões? Se sim, que questões e como?

» O quão preocupado(a) você está pessoalmente sobre os papéis, responsabilidade ou tratamento das mulheres na igreja?

» Nos últimos seis meses, você viu, ouviu ou leu algo sobre do debate público sobre o desejo de alguns de ordenar mulheres ao sacerdócio na igreja?

» Qual seria sua principal fonte de informação acerca da ordenação de mulheres ao sacerdócio?

» Na sua opinião, o quão bem as autoridades gerais entendem as preocupações dos seguintes tipos de membros? (membros que estão preocupados sobre a igualdade de gênero na igreja; membros que se sentem desconfortáveis expressando dúvidas ou perguntas sobre doutrinas ou crenças essenciais SUD; membros que estão preocupados com a disciplina da igreja)

8 comentários sobre “Igreja pesquisa opinião dos membros sobre apostasia e ordenação feminina

  1. Ótimo começo, notícia surpreendente. Talvez signifique que não ignoram totalmente a possibilidade. Também entendo como certo respeito às mulheres e homens que reivindicam tais direitos. Muito bom saber isso.

  2. Podemos ver tal iniciativa por meio de dois pontos: o primeiro sendo heterodoxo, pensando que a igreja poderia abrir uma brecha dependendo da função intelectual de seus membros. O segundo sendo um apologético e pensando que a igreja está preocupada com o nível de conhecimento de secularismo que os membros estão tomando sobre a doutrina mórmon.

    Positivo ou negativo, ambos são possíveis. Agora falta saber se a igreja vai se manter ou vai alterar mesmo depois do discurso enfático de Oaks. Só esperando.

  3. Puxa, como eu gostaria de ter participado, hehe… E gostaria de dar respostas dissertativas…Eu acredito nesta pesquisa mais como um meio de repressão do que de reflexão. Parece-me, num primeiro olhar, que as perguntas procuram identificar onde estão os pontos de exposição da Igreja, no intuito de saná-los, e não para conhecer o que os membros pensam a respeito de questões doutrinárias e administrativas, para discussão e reflexão. Por exemplo, ao identificar o principal meio de informação das pessoas sobre o tema, é possível delimitar o foco de disseminação destas notícias. E para quê? Para contê-las. Não me iludo com a possibilidade de mudança oriunda desta pesquisa. Mas claro, isto é tudo no campo da especulação. 😉

  4. Perplexo
    Excomungam depois fazem pesquisa?

    Ela foi excomungada por Reivindicar (embasada em vários motivos doutrinários e históricos).
    Ainda não vi um motivo sequer para terem agido assim.

    Não vejo apostasia em dizer o que pensa. A menos que “Seguir os profetas” seja “Não expresse sua opinião”

    Poderiam simplesmente dizer “Não! As mulheres não terão o sacerdócio, Sigam se quiser.”
    Fim. Questão resolvida.

    Mas excomungaram ela como se fosse uma laranja podre no cesto.
    me pergunto:
    O reino dos céus é algo que é retirado assim? um assinatura e ADEUS?

    Onde está a revelação e a voz do Senhor guiando a igreja?

    voltando ao assunto do tópico.

    Até então, Vejo essas pesquisas de duas formas:

    a) Conhecer a opinião dos membros. Avaliando o nível de “apostasia” (quantas pessoas Kate Kelly influenciou), Ou o quanto este caso repercutiu (feedback).

    ———> Neste caso, não faz sentido.
    Seria como se o Senhor (Deus ) tomasse uma atitude e posteriormente e se preocupasse com a opinião dos homens.

    b) Ajudar as autoridades gerais a perceber o quanto questões morais da sociedade atual estão afetando os membros da igreja SUD (feminismo e questões de igualdade de gênero).

    Sendo assim, eu vejo de forma negativa também.
    Qualquer decisão após e pesquisa gera suspeita.

    Já que a igreja tem histórico de adaptar-se aos padrões de moralidade vigentes ( Declarações Oficiais da Igreja).

    Como os demais. No aguardo dos próximos acontecimentos.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s