Autonomia da Sociedade de Socorro – parte 2

eliza2Investidura e Imposição de Mãos

Toda mulher que houvesse recebido sua investidura no templo estaria qualificada para dar bênçãos por imposição de mãos a uma pessoa enferma. Essa foi a afirmação de Eliza R. Snow, quando presidente da Sociedade de Socorro. O trecho abaixo é de uma seção de perguntas e respostas no jornal The Woman’s Exponent (O Expoente da Mulher), de 15 de setembro de 1884 (página 61).

“É necessário as irmãs serem designadas para oficiar nas sagradas ordenanças de lavar, ungir e impor as mãos ao administrar aos doentes?”

Certamente não. Toda e qualquer irmã que honra sua santa investidura não apenas tem o direito, mas deveria sentir como um dever, sempre que chamada para administrar a nossas irmãs nessas ordenanças que Deus graciosamente confiou às Suas filhas, assim como aos Seus filhos; e testificamos que quando administradas e recebidas em fé e humildade são acompanhadas de grande poder.

Na medida em que Deus, nosso Pai, essas sagradas ordenanças e as confiou aos Seus Santos, não é apenas nosso privilégio mas nosso dever imperioso aplicá-las para o alívio do sofrimento humano. Achamos que podemos seguramente dizer que milhares podem testificar que Deus sancionou a administração dessas ordenanças por nossas irmãs com a manifestação de Sua presença curadora.

A prática de mulheres mórmons imporem as mãos sobre enfermos surgiu com a própria formação da Sociedade de Socorro, antes do desenvolvimento da investidura, e foi defendida publicamente por Joseph Smith.

Leia a primeira parte desta série: Juízas em Israel.

3 comentários sobre “Autonomia da Sociedade de Socorro – parte 2

  1. É complicado neste sentido pois só aos homens foi dado o sacerdócio, mas penso eu que pelo fato da mulher não ter o sacerdócio Arônico ou o de Melquisedeque é pelo fato desta missão ser exclusiva ao homem, mas ainda assim tem que ser estudado com muito carinho isto.

  2. As bençãos pela imposição de mãos e unções é uma das partes lindas do mormonismo. Uma pena mesmo ser concedida apenas aos homens.

  3. É LAMENTÁVEL QUE SEJA NEGADO ÀS MULHERES O DIREITO DE ABENÇOAR AOS QUE NESSECITAM, MAS EU REALMENTE NUNCA DEPENDI DA APROVAÇÃO DA IGREJA PARA ABENÇOAR COM IMPOSIÇÃO DAS MÃOS AOS DOENTES E AFLITOS. SENTIA QUE DEVIA FAZER E FAZIA E AINDA FAÇO, CLARO QUE NÃO NA IGREJA, MAS ACHO QUE UM DIA ELES ACEITARÃO O DIREITO DAS MULHERES JUSTAS!!! OBRIGADA

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s