Quem São os Cristãos Coptas?

Os cristãos coptas no Egito têm sido atacados ao viajar em peregrinações e bombardeados enquanto oravam no Domingo de Ramos, em meio a uma acelerada série de ataques na última década. Os desafios relacionados da violência, da economia e da discriminação levaram à crescente saída de cristãos do Oriente Médio. Durante séculos, eles fizeram parte da rica diversidade religiosa da região.

cristãos coptas egito

Igreja de São Jorge, em Tanta, Egito, após ataque suicida em 09 de abril de 2017. Imagem: Nariman El-Mofty/AP

Então, quem são essas pessoas que a National Geographic chamou de “Os Fiéis Esquecidos“?

História Copta

Entre os cristãos do Oriente Médio, o maior número — cerca de oito milhões ou mais — é composto de coptas do Egito. Desde a primeira vez que visitei o Egito, na década de 1990, fiquei interessado nessa comunidade e na seu contribuição ao pluralismo. Continuar lendo

Falece Acadêmica Mórmon, Lutava por Direitos da Mulher e Liberdade Acadêmica

É com enorme pesar que reconhecemos o falecimento precoce e abrupto da acadêmica mórmon Melissa Proctor, PhD em Ciências da Religião, e primeira professora no curso sobre mormonismo da Universidade de Harvard.

melissa-proctor

Proctor faleceu há uma semana aos 42 anos de idade, de complicações clínicas de um pós-operatório simples, deixando em luto uma enorme família de pais, 10 irmãos e irmãs e dezenas de sobrinhos, e abortando uma brilhante carreira acadêmica em estudos das mulheres, da religião e do mormonismo, apesar dos conflitos internos [mais abaixo].

Notoriamente talentosa por seus dotes musicais e filha dos famosos autores e editores da revista mórmon eletrônica

Continuar lendo

Pesquisa de Opinião: Mórmons São Anti-Católicos?

VOTE nessa pesquisa de opinião: Você acha que mórmons são anti-católicos?

Jorge Mario Bergoglio, Papa Francisco I, em visita ao Rio de Janeiro ao lado do então Vice-Presidente Michel Temer (Tania Rego/ABr – Agência Brasil)

Nós gostaríamos de ouvir do maior número de mórmons possível para tentar compreender como é sua percepção de si mesmos e de sua tradição religiosa e sua experiência pessoal. Por isso incluimos uma enquete abaixo para permitir votações abertas e solicitamos a gentileza do seu voto e de seu compartilhamento com seus amigos e correligionários para que votem também e expressem suas opiniões.

Alguns críticos acusam mórmons de serem anti-católicos. Por exemplo, recentemente o Apóstolo M. Russell Ballard foi Continuar lendo

Podcast Mórmon #3 – POLIGAMIA

A Associação Brasileira de Estudos Mórmons e o Vozes Mórmons dão seguimento ao projeto coletivo de podcasts para discussão de temas relacionados ao Mormonismo: o Podcast Mórmon.

Neste episódio Antônio Trevisan, Emanuel Santana e Marcello Jun discutem o passado e o futuro da pesquisa acadêmico-histórica de um dos aspectos históricos, sociais, e culturais mais marcante no Mormonismo: POLIGAMIA.

Podcast 03 versão 02

Em 1831, Joseph Smith teria recebido uma revelação ordenando homens casados a desposarem mulheres ameríndias poligamamente para gerar Lamanitas brancos. Entre 1833 e 1839, Smith relacionou-se com uma adolescente e uma mulher casada em segredo, mas a partir de 1841 começou a casar-se secretamente com múltiplas mulheres, iniciando oficialmente uma cultura polígama. Havendo iniciado os seus acólitos mais fiéis na prática, e elaborado toda uma teologia templária ao seu entorno, Smith construíra um legado que viria a definir o Mormonismo pelos próximos dois séculos.

Assista aqui o podcast na íntegra:

Continuar lendo

A Errônea Associação do Catolicismo à Corrupção das Escrituras

Um dos fundamentos doutrinários dos santos dos últimos dias é a afirmação de que as escrituras bíblicas não permaneceram intactas desde a pena de profetas e apóstolos até nossos dias, mas sofreram adulterações de forma que passagens foram retiradas, editadas ou acrescentadas.

francis_bacon_1_study_after_velazquezs_portrait_of_innocent_x

Estudo do Retrato do Papa Inocêncio X por Velázquez, de Francis Bacon (1953)

Em 1 Néfi 13, lemos sobre a visão recebida por Néfi da instituição responsável pela corrupção do Novo Testamento, chamada de “grande e abominável igreja”. Muitos santos dos últimos dias interpretam essa instituição como sendo a Igreja Católica Apostólica Romana, embora a ação da “grande e abominável igreja” sobre as escrituras, descrita no Livro de Mórmon, não possa ter nenhuma relação histórica com o catolicismo romano. Continuar lendo