O Falsificador Mórmon, na Netflix, Destaca Questões de Fé, Ceticismo e Autenticidade

Aviso sobre spoilers: este ensaio cobre as linhas gerais do caso de falsificação e assassinato de Mark Hofmann, que será destacado no novo documentário da Netflix, embora não detalhe nenhuma das novas descobertas do documentário.

Em 15 de outubro de 1985, Salt Lake City, Utah, foi abalada profundamente. Naquela manhã, uma bomba fatal explodiu no escritório do empresário Steven Christensen; à tarde, outra bomba tirou a vida de Kathy Sheets, esposa de um dos colegas de Christensen, em sua casa. Muitos presumiram que as mortes estivessem relacionadas a um acordo de investimento que dera errado.

Porém, havia outra ligação que parecia mais provocativa e que imediatamente chamou a atenção nacional: as vítimas também estavam envolvidas na compra de uma carta histórica controversa, vários anos antes, a qual ameaçava minar as origens históricas d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

As coisas pioraram no dia seguinte, 16 de outubro, quando uma terceira bomba explodiu no carro de Mark Hofmann, o negociante de documentos que havia encontrado e facilitado a venda da carta, confirmando que os assassinatos tinham mais a ver com mormonismo do que com dinheiro. Hofmann sobreviveu a explosão com ferimentos graves, apenas para mais tarde se tornar o principal suspeito por trás de todos os três dispositivos. Continuar lendo

‘Estandarte da Liberdade’ Hasteado em Invasão do Congresso Americano

Em protesto que resultou na invasão do Congresso americano e uma morte, bandeira inspirada no Livro de Mórmon foi vista entre apoiadores do presidente Donald Trump.

Em publicação no Twitter, simpatizante pró-Trump destaca a presença do “Estandarte da Liberdade” em meio ao protesto contra o resultado eleitoral na capital norte-americana em 06/01/2021

Animados pelas afirmações de Trump, os manifestantes creem que a recente eleição presidencial nos EUA, que elegeu o democrata Joe Biden, foi manipulada e deve ser revertida. Os invasores hoje objetivavam impedir os procedimentos do Colégio Eleitoral. Continuar lendo

A “Revolta Racial” em Salt Lake City Que Nunca Aconteceu

Na esteira dos protestos em Salt Lake City, boatos circularam sobre a iminente invasão de casas na região norte de Utah. Manifestantes supostamente planejavam bater em portas e “se as pessoas atenderem quando baterem, eles [iriam atirar] para provar que vidas negras importam”. Departamentos de polícia de toda a região emitiram declarações através de mídia social de que parecia não haver uma ameaça credível. De fato, os boatos podem ter sido desencadeados por postagens de mídias sociais, como uma postada por “Blacklivess Matter”, que prometia “estaremos assassinando famílias brancas até que a justiça seja feita!!!” ou outra da “ANTIFA America”, que declarava “Hoje à noite dizemos ‘F…. A Cidade’ e entraremos nas áreas residenciais. . . nos bairros brancos. . . para tomar o que é nosso”. Isso era assustador. Mas, como os rumores em Utah,  faziam parte de uma mentira. A rede NBC News descobriu, por exemplo, que a conta da “ANTIFA America” estava vinculada a um grupo neonazista conhecido como Identity Evropa. O objetivo de tais boatos era semear discórdia, medo e, assim como a violência entre manifestantes, servia para deslegitimar um movimento e desviar a atenção de sua mensagem.

‘Líderes SUD: usem sua influência em prol da justiça moral”, dizia a faixa carregada por estudantes e professores da Universidade de Utah, em 1965. Marchando ao lado de membros da NAACP, em Salt Lake City, eles pediam que a Igreja Mórmon usasse sua influência em favor do movimento de direitos civis. | Imagem: The Daily Utah Chronicle/KUED

Essa tática de desinformação e propaganda política tem uma longa história entre governos e tem sido empregada nos Estados Unidos em inúmeras ocasiões. Infelizmente, os rumores sobre violência inspirada pelo Black Lives Matter (Vida Negras Importam) no norte de Utah fazem lembrar uma campanha de desinformação semelhante, lançada contra a população de Utah em setembro de 1965. Continuar lendo

Alunos da BYU Protestam Políticas da Igreja

Centenas de alunos das universidades d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias participaram de protestos nos campi mórmons e nas redes sociais contra políticas institucionais estabelecidas pela Igreja Mórmon para controlar e monitorar a vida desses adolescentes.

Alunos mórmons da BYU protestam cantando hinos da Igreja e com placas que dizem “Faça BYU Honrável Novamente”, “Jesus me perdoou, porque vocês não?”, “Faça Amor e não políticas que discriminam contra grupos de alunos da BYU como pessoas de cor, pessoas LGBTQA+, [etc.]”, e “Isso Não É Honra”.

Entenda os protestos. Continuar lendo

Utah Pune Universidade Mórmon por Abusos de Vítimas de Violência Sexual

O Departamento de Segurança Pública de Utah anunciou uma punição severa, histórica, e sem precedentes contra a Universidade de Brigham Young, escola privada d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Profeta da Igreja SUD Thomas Monson com alunos da Universidade de Brigham Young (Fonte)

O governo do estado de Utah, através do seu Departamento de Segurança Pública (DSP), anunciou que punirá a Universidade de Brigham Young (BYU) com a remoção da acreditação para a sua força policial privada a partir de setembro de 2019.

Nos EUA, universidades costumam manter departamentos de polícia privados para os seus campi ou cidades universitárias, regulados pelos respectivos estados. No estado de Utah especificamente, tais departamentos policiais universitários não respondem à hierarquia policial do estado mas dependem de acreditação do estado para existir e exercer suas funções, de modo a obrigá-los a seguirem os mesmos regulamentos das forças policiais estaduais, e sob o mesmo escrutínio público.

“A Polícia da BYU funciona como uma agência de aplicação da lei certificada pelo estado desde o final dos anos 70. Antes disso, os oficiais da Polícia da BYU juraram oficiais da cidade de Provo e, anteriormente, eram policiais juramentados do Gabinete do Xerife do Condado de Utah. A Polícia da BYU é agora uma agência de aplicação da lei certificada pelo estado.”

Nunca na história do estado de Utah um departamento de polícia universitário perdeu sua acreditação. O DSP anunciou essa punição severa e inédita porque a polícia da BYU vem recusando escrutínio público de denúncias de irregularidades no manejo de casos de alunas vítimas de estupro e violência sexual.

Entenda o caso:

Continuar lendo

Utah Estado Americano #1 em Abuso Sexual Infantil

De acordo com um estudo independente, Utah “tem um problema com abuso infantil” e abuso sexual infantil.

Reportagem do jornal local KUTV reconta como os dados apresentados durante uma conferência pela prevenção de abuso infantil em Utah demonstraram que Utah Continuar lendo

Igreja Mórmon Inova em Caridade

Aproveitando a enorme circulação de turistas (e dinheiro) ao redor do seu icônico Templo de Salt Lake City, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias este ano decidiu inovar em suas ações humanitárias e publicitárias de Natal, instalando quatro máquinas de venda em que podem-se comprar produtos e serviços destinados a populações de países pobres.

Missionária Hope Davis em frente a uma das máquinas instaladas no Joseph Smith Memorial Building. | Imagem: Cortesia de Spenser Heaps, Deseret News.

De acordo com a reportagem do jornal Deseret News, os valores vão de US$ 5 (cerca de R$ 16) a US$ 75 (cerca de R$245): Continuar lendo

Utah, Estado Com Menor Igualdade de Gêneros

Dentre os 50 estados norte-americanos, sede mundial do mormonismo tem a pior disparidade entre homens e mulheres, de acordo com estudo publicado esta semana.

mulheres mórmons Utah emprego

O ranking elaborado pelo site de finanças WalletHub considerou três categorias: (1) igualdade de tratamento no ambiente de trabalho; (2) igualdade de oportunidades para educação e saúde; e (3) empoderamento político. As três foram avaliadas usando 15 métricas, em uma escala de 100 pontos, comparando a diferença entre homens e mulheres por categoria em cada estado.

Utah foi classificado em

  • 40º lugar em empoderamento político;
  • 43º  em ambiente de trabalho;
  • 46º em posições executivas;
  • 48º em número médio de horas de trabalho;
  • 50º em nível educacional avançado.

Continuar lendo

Poligamia é Moralmente Aceitável Para 17%

Poligamia é considerada “moralmente aceitável” por 17% dos americanos, o maior índice registrado desde 2003. O resultado é da Pesquisa sobre Valores e Crenças do Instituto Gallup, realizada em maio passado.

Mórmons poligamistas. Mórmons fundamentalistas.

Janelle, Christine, Kody, Meri e Robyn Brown. (Imagem: TLC)

Em 2016, o percentual havia sido de 14%. No primeiro ano em que a pergunta sobre poligamia foi incluída, em 2003, o arranjo matrimonial foi considerado moralmente aceitável por apenas 7% dos entrevistados. Continuar lendo

A Companhia Pioneira de Brigham Young

Erastus Snow e Orson Pratt

Erastus Snow e Orson Pratt

Em 21 de julho de 1847, os dois batedores da companhia pioneira de Brigham Young celebraram gritando “hosana!”. Após cerca de três meses de viagem, eles haviam avistado o vale ao norte do Grande Lago Salgado. O mais velho, de 35 anos, estava a cavalo; o de 28, a pé. Orson Pratt e Erastus Snow estavam abrindo assim o caminho para mais de 30 mil mórmons fugindo dos Estados Unidos em busco de um novo lar.

No dia seguinte, a maior parte dos carroções da companhia desceu ao vale. Mas Brigham Young, doente, só chegaria no dia 24, data celebrada até hoje em Utah como o Dia dos Pioneiros. Continuar lendo

Por Que é Hora da Igreja Mórmon Revisitar Seu Passado Diverso

Numa época em que a frequência tradicional a igrejas diminuiu e a filiação religiosa de mais rápido crescimento na América são os “não” — aqueles que não reivindicam afiliação com uma fé organizada —, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias continuou a se expandir.

Missionários FIJI

Missionários SUD em Fiji (Foto cortesia d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Esse crescimento na Igreja SUD, comumente chamada de Mórmon, é em grande parte resultado do número crescente de congregações predominantemente brancas, bem como de um grande número de novos conversos latinos. Em outros lugares, as taxas de conversão mórmon diminuíram visivelmente.

Da minha perspectiva como estudioso da história religiosa e política americana, essas duas correntes para o crescimento significam uma tensão crucial no coração da experiência mórmon: a comunidade mórmon está lutando para manter sua identidade cultural, ao mesmo tempo que abraça múltiplas origens raciais, étnicas e nacionais. Continuar lendo

Cadê os Livros? Parte 3: Editoração Mórmon Comercial

Uma breve história da publicação de livros mórmons

literatura mórmon história publicações

Editoração mórmon, mas não pela Igreja SUD

Enquanto a Igreja limitou as publicações em inglês até depois da morte de Brigham Young em 1877, tipografias comerciais surgiram em Utah para satisfazer parte das necessidades de materiais mórmons. A mais importante delas foi George Q. Cannon and Sons, de propriedade de um membro da Primeira Presidência. Muito do que Cannon publicou estava relacionado às suas funções na Igreja. Talvez por não precisar de aprovação para o que publicava, Cannon passou da publicação de obras missionárias e doutrinárias para obras de edificação e entretenimento dos membros da Igreja. Continuar lendo

Minha Vida Como Mórmon e Polígama

Marianne Watson cresceu numa comunidade mórmon fundamentalista em Utah com seu pai, sua mãe, seus 49 irmãos e irmãs, e as outras 6 esposas de seu pai. Neste vídeo, ela narra, com singeleza e honestidade, as alegrias e as dificuldades do cotidiano familiar polígamo, sua decisão em participar do “Princípio”,  e a convivência com as esposas-irmãs.

“Mórmon fundamentalista” designa mórmons que praticam (ou acreditam que devem praticar) o casamento plural, entre outros princípios, e que não estão associados à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Em 1890, a Igreja SUD oficialmente aboliu a prática, e pelo menos desde 1909 excomunga praticantes ou mesmo simpatizantes do fundamentalismo mórmon. Continuar lendo

Cadê os Livros? Parte 2: O Período Inglês

A publicação de livros mórmons e o desenvolvimento da cultura mórmon fora dos EUA

literatura mórmon

Imagem: Jessica Ruscello

Esta apresentação examina o desenvolvimento cultural mórmon fora dos Estados Unidos, através da lente da produção e distribuição de livros. Para compreender melhor a situação atual, apresentarei uma visão geral da história da publicação de livros por e para mórmons, prestando atenção especial à publicação de livros não escritos em inglês e publicados fora dos Estados Unidos. Depois, vou examinar o ambiente atual para a publicação de livros mórmons e finalizar com alguns caminhos possíveis para o desenvolvimento da publicação mórmon fora do idioma inglês. Continuar lendo

Menina Silenciada Durante Testemunho, Vídeo Repercute

Durante uma tradicional reunião de jejum e testemunho da Igreja SUD, uma jovem de 12 anos declarou ser homossexual e teve seu microfone desligado por um líder local. O vídeo do ocorrido em Utah viralizou na semana passada, chamando a atenção da imprensa norte-americana e internacional.

gays mórmons vídeo lésbicas

Savannah, durante Festival do Orgulho de Utah. Imagem: arquivo pessoal/CNN.

“Olá. Meu nome é Savannah e quero compartilhar meu testemunho com vocês”, iniciou a jovem de 12 anos em uma reunião dominical de jejum e testemunho, em que membros SUD sobem ao púlpito para declarar suas crenças religiosas. Durante seu testemunho, Savannah fala sobre sua gratidão a Pais Celestiais e declara-se lésbica. Assista ao vídeo a seguir e leia a tradução na íntegra abaixo: Continuar lendo