Quantos Mórmons há no Brasil?

Essa é uma pergunta mais complexa do que se pode imaginar.

Atualização: clique aqui para ler sobre o Censo de 2010 e a contagem atual de mórmons

A resposta mais fácil, mais tentadora, e mais comum é buscar nos dados publicados oficialmente pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. As estatísticas oficiais publicadas para o ano de 2010 contavam como membros 1 060 556.

Essa resposta não me parece suficiente por dois motivos:

1) Nem todos os mórmons são membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (doravante SUD). Há muitas outras igrejas ou grupos que se consideram mórmons, que reverenciam o Livro de Mórmon como escrituras e Joseph Smith como seu Profeta fundador!

O maior grupo mórmon, afora os SUD, pertencem à Comunidade de Cristo (doravante CDC), que era denominada A Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias até o ano 2000, e que não apenas contavam com Joseph Smith como seu Profeta fundador, mas com seu fiho Joseph Smith III como seu Profeta reorganizador!

Sua presença no Brasil não é grande, mas tampouco inexistente. Contavam com 358 membros até 2009 — os números para 2010 serão publicados ainda esse mês!

Eu ainda não consegui confirmar a presença dos demais grupos no Brasil, mas isso não significa que não existam por aqui. Entre os mais conhecidos estão a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IJCSUD) popularmente conhecida como Strangita, a Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (FSUD), a Igreja Remanescente de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IRJCSUD), a Igreja Viva e Verdadeira de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IVVJCSUD), A Igreja de Jesus Cristo (AIJC), A Igreja Reorganizada de Jesus Cristo (IRJC), A Igreja de Cristo (AIDC) popularmente conhecida como Templária, A Igreja de Jesus Cristo (AIJC-C) popularmente conhecida como Cutlerita, entre outras.

Quando eu era adolescente no Rio de Janeiro, eu fiz amizade com um rapaz que era membro da FSUD. Não sei se continuou no Brasil, pois perdemos contato, e tampouco sei se conseguiu estabelecer uma congregação por aqui. Continuarei procurando.

2) As estatísticas oficias da Igreja SUD não me parecem uma medida transparente e honesta, pois inclui uma quantidade enorme de pessoas que deixaram a Igreja ou deixaram de ser considerar SUD (ou mórmons), mas não se deram o trabalho de resignar oficialmente como membros da Igreja SUD.

Além disso, a Igreja segue considerando nessas estatísticas os membros “desaparecidos” (com os quais não se tem mais contato) até a idade de 120 anos, após o que são considerados falecidos e não mais contados. 120 anos é 47 anos a mais que a taxa de expectativa de vida brasileira, o que significa que esses dados incluem muitas pessoas já falecidas.

Para se ter uma idéia da diferença estatística, para o ano de 2000 um total de 775 822 pessoas eram contadas oficialmente pela Igreja SUD como membros. Contudo, o  Censo de 2000 do IBGE publicou apenas 199 645 pessoas que se auto-denominavam SUD.

Para aqueles que já trabalharam como Bispos ou Secretários de Ala, uma taxa de “inatividade” de 75% não parece muito fora da realidade, não?

Os dados para o Censo de 2010 do IBGE só devem ser contabilizados e publicados em 2012, então teremos que aguardar um pouco para atualizar nosso conhecimento concreto sobre os nossos dados demográficos atuais.

Enquanto isso, especularemos. Quantos mórmons vocês acham que há no Brasil?

Eu vou especular: 265 139 para SUD (Censo 2010, cadê você?), 370 para CDC, para um total de 265 509!

O que vocês acham?

20 comentários sobre “Quantos Mórmons há no Brasil?

  1. A quantidade de Igrejas não tem relação com a vontade de Deus.

    São as pessoas que criam Igrejas, basicamente porque elas não estão dispostas a seguir certos princípios de uma organização e acreditam ter o direito de iniciar uma outra – ou seja, acreditam que Deus possa ser encaixado nos padrões que ela prefere.

    Se existe um verdadeiro Deus, e Ele tem um objetivo para as pessoas, então provavelmente cabe a nós buscarmos compreender como Ele age (ou agiria), porque não O vemos agindo de forma direta em nossa vida cotidiana.

    Pense nisso: Se existe apenas um Deus criador de todas as coisas que nos cercam nesse mundo, e ele tem um objetivo para nossa existência, então existe uma verdade eterna para o universo a nossa volta. Se existe algo (uma verdade eterna pré-estabelecida) que precisamos saber com relação a vontade desse Deus, considerando que ele seja imutável em propósito e justiça, então existe apenas um caminho 100% confiável para alcançarmos o que Ele espera de nós. Existindo apenas um caminho, existe apenas um sistema filosófico em todo o mundo que será capaz de nos levar ao conhecimento da vontade de Deus.

    Para mim, ou você acredita que existe um Deus ou você não acredita, independente da religião. Ter esperança de que haja um Deus, não é acreditar. Quando você acredita em alguma coisa, você se dedica a ela, para compreendê-la melhor.

    É a fome de conhecimento que move a crença. A esperança é estática.

    Espero que fique bem claro que isso é apenas a minha opinião.

    • Marcello, este assunto levantado por você é muito interessante se não vejamos para sabermos quantos mormons existem no Brasil teriamos que ir além destes dados do censo e da Igreja todos falsos, me diga quantas vezes foi entrevistado pelo IBGE, eu nunca, para o IBGE eu devo constar como sendo Católico e morando em Pernambuco, na Igreja acontece o que chamamos de Limbo Estatistico, são membros inativos,mortos,mundança de endereço que não conseguimos eliminar da relação de membros.

  2. Pingback: Crescimento da Igreja Mórmon? | Vozes Mórmons

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.