A Causa do Movimento Planetário

Ross Wesley LeBaron

Ross Wesley LeBaron

Ross Wesley LeBaron (1914-1996) foi um líder mórmon fundamentalista, que na década de 1950 organizou uma pequena denominação chamada Igreja do Primogênito, proclamando-se o herdeiro patriarcal de Joseph Smith. Ele ficou conhecido em Utah pelo seu programa de rádio, onde expunha suas doutrinas e polemizava com a Igreja SUD e outros fundamentalistas. Ross se sustentava como mecânico, zelador e com outros trabalhos braçais, morando num container na última fase da sua vida. O texto abaixo é um panfleto seu publicado em 1952.

*

A Causa do Movimento Planetário

Aquilo que está além da esfera da razão, atribuímos a Deus. Portanto, para os seres mais inteligentes, Deus é a lei criativa da natureza. Esse Deus, se posso assim chamá-lo, é a mais poderosa lei e autoridade, em todo tempo e espaço. Ninguém o desobedece sem pagar a penalidade exata. Esse Deus é a força mais implacável em existência e também a mais bondosa, pois nos dá vida eterna. Esse Deus é uma lei, e não uma personalidade. (Deuses pessoais são aqueles que, pela obediência à lei, foram adiante daqueles sobre quem presidem. Se um homem conhece mais do que outros, ele não tem mais poder, mais glória?)

Todas as verdades parecem simples uma vez entendidas, no entanto, aquilo que é auto-existente não pode ser explicado. Você pode dizer quando o tempo iniciou ou onde o espaço termina?

Não é razoável que a matéria exista por todo espaço infinito; que a lei da matéria atraindo outra matéria seja infinita?

A atração da matéria é a criadora de movimento, e a fonte básica de toda energia. Isso permaneceria verdadeiro, mesmo na ausência de seres inteligentes, ou de qualquer tipo. Leis básicas são auto-existentes.

Para entender como a atração da matéria causa movimentos, vamos imaginar todos os planetas sendo explodidos em pequenos pedaços, e distribuídos ao longo do espaço até que todo calor, luz e movimento cessem.

.*.O.*._.*.O.*.   .*.O.*._.*.O.*.   .*.O.*._.*.O.  .

(O)                       (O)                       (O)

Pela própria lei da natureza em si, esses pequenos pedaços seriam atraídos uns aos outros, criando pequenas quantidades de movimento, calor e luz. Eles então se tornariam maiores e mais distantes. De novo eles se unem, mas têm mais distância para viajar e de novo mais velocidade.

Isso pode e irá continuar para sempre, e é uma lei perfeita de aumento perpétuo de calor, luz e movimento, que é infinita.

Acima coloquei uma linha de pontos para representar a matéria ao longo do espaço infinito. O propósito é mostrar que não importa quantas vezes eles sejam atraídos, eles ainda assim seriam distribuídos igualmente no espaço, e a reação pode acontecer de novo.

Esse calor, luz e movimento, uma vez gerados, não podem ser dissipados, exceto por dispersar a matéria de volta à sua difusão original, o que é contrário à natureza.

A atração da matéria, associada com inteligências, é chamada amor, por isso é dito que Deus é amor. Sem atração, não haveria o Sistema planetário; sem amor, não haveria vida.

Toda vida prova o poder da mente e vontade sobre a matéria. Quando você move seu braço, não o faz primeiro em seus pensamentos?


Referência

The cause of planetary montion, 1952. Kirk Watson papers,  Special Collections, University of Utah

8 comentários sobre “A Causa do Movimento Planetário

  1. Que máximo esse texto! Depois vou ler de novo com maior atenção, para poder comentar. Adorei. : -) Achei inspirador.

    • Gosto muito desse texto desde a primeira leitura, dessa temática sobre a atração da matéria.
      Ontem, assisti novamente ao documentário O segredo, então relembrei o texto acima. Uma das coisas que me fez refletir foi que devemos conhecer a morte todos os dias para entender a vida. Se não estou enganada mencionam essa frase no filme. Isso está fortemente relacionado ao fragmento final do texto acima.
      “A atração da matéria, associada com inteligências, é chamada amor, por isso é dito que Deus é amor. Sem atração, não haveria o Sistema planetário; sem amor, não haveria vida.
      Toda vida prova o poder da mente e vontade sobre a matéria. Quando você move seu braço, não o faz primeiro em seus pensamentos?”
      Entendo como deixar para trás todas as coisas ruins e lançar um olhar diferente sobre elas a cada novo dia. Isso seria o mesmo que transformar a morte em vida, as coisas ruins em boas, sem o condicionamento a que estamos acostumados. Outra questão suscitada no filme é que temos acesso a nosso passado, e não da mesma forma quanto ao futuro, mas temos o livre arbítrio hoje, no presente que totalmente influenciará o nosso futuro. Temos esse poder de mudança de curso a todo momento e não necessariamente fadados a uma triste realidade.

    • Sim, Cazza, achei de certa forma inspirador, motivador pelo o que compreendi e apreendi da leitura. Vai ver você não me entendeu, ou pior, não entendeu o texto. Para mim, algumas questões parecem tão óbvias que simplesmente dispensam explicações, mas tendemos a achar uma explicação racional até para o intangível. A natureza é bela e perfeita, mas queremos nos apropriar de tudo e daquilo que não nos cabe, bastaria estarmos atentos e observá-la, vivenciá-la com tudo que ela nos proporciona.
      “Toda vida prova o poder da mente e vontade sobre a matéria. A atração da matéria, associada com inteligências, é chamada amor, por isso é dito que Deus é amor. ” Para mim isso faz todo o sentido, sendo assim, não é inspirador? Tudo tem o seu curso natural, e se partirmos desse princípio, tudo se torna meio auto-explicativo. O problema é que ao invés de viver esse curso natural queremos ficar achando razões para ter poder, controle, domínio…

  2. Nas escrituras, o Senhor disse que mistérios acima nos céus, abaixo dos céus, na terra e abaixo da terra, sei que verdades que fogem a nossa compreensão como simples mortais, e sei que essas verdades da eternidade, teremos a oportunidades de entende-las somente em outra condição de existência.

  3. Antônio, simplesmente maravilhoso! Na primeira leitura me emocionei pois é de uma sensibilidade incrível e até mesmo poética. Parabéns e obrigada por nos presentear com tal leitura.

  4. Antônio, gosto muito das suas postagens. Essa está sensacional!
    Ao explicar que a atração da matéria é criadora de movimento, e a fonte básica de toda energia e que o aumento perpétuo de calor, luz e movimento é infinita, fiquei empolgada porque trata-se de um padrão ou processo repetitivo. E a pergunta que surge é: Qual inteligência ou quem determinou os padrões existentes no universo?
    A ciência natural assume que existe algum tipo de ordem ou padrão discernível no universo. Se o universo fosse um acaso e, por conseguinte, todos os fatos reunidos por cientistas formassem uma mera coleção de casualidades, não seria possível nenhuma compreensão real da natureza.
    Nesse aspecto, entra em cena o conceito sobre a existência de Deus na criação dos padrões existentes no universo.

  5. Creio que o evangelho e tão simples que até uma criança e capaz de entender, essa explicações não trazem esperança nem relacionamento com Deus.Talvez possa se aproveitar 1% ou 2%.Não sinto que este homem tem o espírito de profecia , sua doutrina e incompleta e não me aproxima de Cristo.Pra ouvir falar de amor vou ouvir uma música sertaneja que aprendo mais sobre esse tema.Uma vez peguei um folheto da religião do Racional, do magnetizado…É tanta coIsa sem sentido que tem q ler uma 20 vezes para ver se aproveita algo.Admiro os profetas do Livro de Mormón falam claro e sem arrodeios , mete bronca e falam simples para serem entendidos.Na conferência geral é a mesma coisa , tudo na lata!

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s