Igreja Mórmon Excomunga Autoridade Geral

Primeira excomunhão de um líder mundial da Igreja SUD em 28 anos

excomunhão autoridade geral setenta

James J. Hamula. | Foto: lds.org

Membro do Primeiro Quórum dos Setenta, James J. Hamula foi excomungado ontem (08/08), por um conselho disciplinar formado pela Primeira Presidência e o Quórum dos Doze. Continuar lendo

Depois da Excomunhão

A pedido de um leitor, publicamos seu relato e reflexões sobre a experiência de ser excomungado d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Jesus Cristo. Crianças. Mórmons. Mormonismo.

Detalhe de “Deixai as crianças”, pintura de Carl Heinrich Bloch.

***

Eu sou membro excomungado da Igreja SUD. Apesar do meu testemunho e do desejo de me reconciliar com a Igreja, decidi não fazê-lo ainda. Então me preocupo: “e se eu morrer nessa situação?”. Continuar lendo

Blogueiro é excomungado

Alan Rock Waterman, autor do blog Pure Mormonism (Puro Mormonismo, em tradução livre), foi excomungado na última quarta-feira (04/06) por autoridades locais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Waterman, que vive no estado americano da Califórnia, costumava escrever sobre o que acreditava serem contradições entre a religião estabelecida por Joseph Smith e as atuais doutrinas e práticas da Igreja SUD. Continuar lendo

John Dehlin excomungado

john dehlinJohn Dehlin, fundador do site Mormon Stories Podcast e ativista LGBT, recebeu hoje sua carta de excomunhão de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O conselho disciplinar ocorreu no último domingo (08/02) na cidade de Logan, em Utah, quando Dehlin foi acusado de apostasia.

Psicólogo, Dehlin escreveu uma tese de mestrado sobre o tratamento de desordem obsessiva-compulsiva acerca de questões religiosas, e atualmente desenvolve sua pesquisa de doutorado sobre as experiência pessoais de mórmons e ex-mórmons gays, lésbicas e transexuais com terapias para mudança de orientação sexual.

Dehlin afirma sobre suas crenças:

Acredito em muitos ensinamentos morais centrais, não-distintivos no mormonismo (por ex., amor, bondade, perdão, fé, esperança), mas  tenho sérias dúvidas ou não mais acredito em muitos das reivindicações de verdade da igreja SUD (por ex., Deus antropomórfico, “uma igreja com autoridade exclusiva”, que o atual profeta da igreja  SUD recebe comunicações privilegiadas de Deus, que o Livro de Mórmon e o Livro de Abraão são traduções, poligamia, ensinamentos racistas no Livro de Mórmon, que ordenanças são necessárias para salvação, obra vicária pelos mortos).

Continuar lendo

Kate Kelly apelará à Primeira Presidência

Imagem: Katrina Barker Anderson

Imagem: Katrina Barker Anderson

Feminista excomungada por defender ordenação de mulheres ao sacerdócio apelará à liderança máxima da Igreja sud

Líderes sud no estado americano da Virgínia negaram o apelo feito por Kate Kelly para rever sua excomunhão, realizada por um bispado em junho deste ano.  Seu ex-presidente de estaca, em carta do último dia 30 de outubro, afirma que a ativista poderá recorrer à Primeira Presidência, explicando o que houver considerado injusto no processo de excomunhão.

Kelly afirmou não estar surpresa com a decisão, uma vez que o presidente de estaca foi quem teria iniciado o processo de excomunhão. Ela declarou que irá apelar à Primeira Presidência da Igreja e que seu processo disciplinar machucou “milhares de mulheres”.

Kate Kelly apela da decisão

Kate Kelly (de amarelo), solicitando admissão à Sessão Geral do sacerdócio, outubro de 2013.

Kate Kelly (de amarelo), solicitando admissão à Sessão Geral do sacerdócio, outubro de 2013.

Excomungada no último dia 23 de junho, Kate Kelly apelou da decisão ao seu presidente de estaca, pedindo a anulação da decisão tomada pelo bispado de sua ala anterior. O marido de Kate Kelly, Neil Ransom, também escreveu uma carta à presidência de estaca, apontando para o fato de que, mesmo sendo um apoiador do movimento Ordain Women, ele não sofreu nenhuma ação disciplinar, o que demonstraria o tratamento desigual dado a homens e mulheres na Igreja sud. Além disso, foram entregues mais de mil cartas escritas em apoio a Kate Kelly.

Cinco dias após a excomunhão de Kelly, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze lançaram uma declaração definindo o que é apostasia e reafirmando que “somente homens são ordenados para servir em ofícios do sacerdócio”.

Kate Kelly Excomungada

Foto: Salt Lake Tribune

Foto: Salt Lake Tribune

Fundadora do movimento Ordain Women (“Ordene as Mulheres”), Kate Kelly, 33, recebeu ontem (23/06) sua carta de excomunhão. “Eu sinceramente até o ultimo minuto achava que eles fariam a coisa certa”, afirmou. Kate recebeu a notícia por e-mail, em Salt Lake City.

O conselho disciplinar aconteceu na ala Vienna, estado norte-americano da Virgínia, onde Kate vivia, composto pelo bispo Mark Harrison, seu primeiro conselheiro Steve Moffitt e Kent Stevenson, que havia sido membro de um bispado anterior. O atual segundo conselheiro da ala, Lance Walker, recusou-se a participar do conselho.

Kate afirma que, no início de maio, havia solicitado que seus registros (“ficha de membro”) fossem transferidos da sua ala no estado da Virgínia para a cidade de Provo, onde ela e o marido estão vivendo. O pedido não foi atendido. Continuar lendo

Risco de excomunhão

Fundadora do movimento pela ordenação de mulheres e idealizador de um fórum online foram acusados de apostasia. E todos perdemos com isso.

Kate Kelly

Kate Kelly

ATUALIZAÇÃO: Kate Kelly foi excomungada em 23/06.

 

Dois conhecidos membros sud nos Estados Unidos serão julgados por conselhos disciplinares locais, acusados de apostasia – John Dehlin, famoso pelas suas entrevistas no site Mormon Stories, doutorando em psicologia, que vive em Utah, e Kate Kelly, fundadora do movimento Ordain Women, advogada, que vive em Washington, DC. O caso tem gerado repercussão na internet e chamado a atenção da imprensa americana. Continuar lendo