Marvin Ashton: Discordar Sem Discutir

Apóstolo Marvin J. Ashton ofereceu excelente conselho para os Santos dos Últimos Dias sobre como se comportar com argumentos que lhes contrariem a fé ou crenças.

Apóstolo Marvin Jeremy Ashton (1915-1994) serviu no Quórum dos Doze Apóstolos entre 1971 e 1994.

Apóstolo Marvin Jeremy Ashton (1915-1994) serviu no Quórum dos Doze Apóstolos (1971- 1994)

“Quando outros discordam de nossa posição, não devemos discutir, retaliar na mesma moeda ou contender com eles… Cabe a nós explicar nosso posicionamento através da razão, da persuasão amigável e de fatos exatos… A contenda edifica muralhas e levanta barreiras. O amor abre as portas… A contenda jamais foi ou será aliada do progresso… Quão importante é aprender a discordar sem ser desagradável. Cabe a todos nós estar numa posição de nos envolver em discussões factuais e estudo significativo, mas nunca em argumentos amargos e contenção.

 


Ênfase nossa na citação acima.

6 comentários sobre “Marvin Ashton: Discordar Sem Discutir

  1. Excelente texto. Mostra um dos atributos que membros da igreja deveriam ter aceitar as opiniões diferentes, e respeitar o próximo. O grande problema atual é que muitos membros
    Acreditam no que querem acreditar se alguém é contra ou essa pessoa é apóstata ou anti mórmon ou vai para o Inferno.

    • Sim Priscila, seu ponto de vista é igual ao meu, os SUD só levam as opiniões divergentes para o lado pessoal, ninguém lá dentro tem livre arbítrio para nada, somos obrigados a fazer tudo o que mandam e até a própria liderança sai falando.

  2. O problema da Igreja é que ela se coloca como sendo a única verdadeira. O que infelizmente nos dias de hoje não é mais aceitável. Quando estudamos a sua história verificamos muitas coisas que deixam
    a desejar esse título de “igreja verdadeira”.

    • Exato Carlos, o povo hoje não engole mais essa besteira repetitiva, o povo já abriu um pouco mais a cabeça,graças a internet,os missionários já deveriam ter mudado a maneira de ensinar

  3. Uma coisa bem chata aqui no BLOG é a batalha de vaidades…Falar de qualidades,qualificações e feitos pessoais para contender com uma pessoa só cria muros e frusta a argumentação inteligente.Um ambiente adequado seria onde as idéias e reflexões são colocadas num patamar mais alto que os ataques direcionados.Se não conheço pessoalmente o comentarista, prefiro me ater somente a um comentário formal,educado,saudável e reflexivo.Frases curtas e rispídas com julgamentos rápidos,negligentes sem o mínimo de argumentação ou ponderação,frustram aqueles que buscam e tem sede de verdade, conhecimento e sabedoria.Todos nós deveriamos mostrar ao público e ao mundo exterior de que não temos preguiça de pensar e refletir, que acima de tudo AMAMOS A VERDADE ONDE QUER QUE ELA ESTEJA!.

  4. Eu concordo com a citação do M. Ashton, penso que as pessoas podem e devem expor seus pensamentos e opiniões divergentes, mas com uma postura madura na maneira de discordar, divergir. Esta deve ter por base o campo das ideias, sem ataques pessoais, sem ofensas. Posturas arrogantes, como se a verdade fosse vista somente por uma ótica, torna a discussão pouco produtiva e não há uma troca efetiva de conhecimento, pois sequer há uma reflexão sobre a outra maneira de pensar.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s