Líderes da Igreja Mórmon Cedem a Pressão, Alteram Regras de Entrevistas

Em meio à intensa pressão pública sobre entrevistas sexualmente explícitas com crianças e acusações de abuso sexual e estupro de jovens acobertado pela liderança da Igreja, a Primeira Presidência d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou uma mudança nas regras para entrevistas pessoais de crianças e adolescentes, entre outras medidas para coibir o acobertamento de abusos.

Templo de Lago Salgado

O anúncio das novas diretrizes anteontem chegou após uma intensa semana de revelações de denúncias contra um ex-Presidente do CTM de Provo, Utah, que teria estuprado uma missionária e abusado sexualmente de outras, inclusive quando serviu como Bispo, Presidente de Estaca, e Presidente de Missão. Ainda mais explosivamente, as denúncias foram seguidas de testemunhos de acusações feitas durante décadas a vários líderes eclesiásticos como Bispos e Presidentes de Estaca, incluindo até dois Setentas Autoridades Gerais, que nada fizeram. E para piorar a semana da Igreja, múltiplas fontes jornalísticas denunciaram a Igreja por tentar silenciar denunciantes através de lobby político por um projeto-de-lei forçado com urgência na legislatura estadual de Utah.

Doravante, de acordo com as novas diretrizes anunciadas pela Primeira Presidência, qualquer indivíduo sendo entrevistado por um líder eclesiástico da Continuar lendo

Ex-Missionária Mórmon Vítima de Abuso Quebra Silêncio

Em 1984 o Presidente do Centro de Treinamento de Missionários da Igreja SUD em Provo, Utah, levou uma jovem missionária até um quarto secreto no porão do CTM e tentou estupra-la. Por décadas, ela tentou convencer vários Bispos e Presidentes de Estaca, e uma Autoridade Geral, a tomar providências para disciplinar seu estuprador, tudo em vão.

Em novembro de 2017, posando como jornalista coletando relatos de líderes eclesiásticos da Igreja SUD menos conhecidos, a vítima conseguiu agendar uma entrevista em dezembro de 2017 com seu violentador, Joseph L Bishop, que serviu como Presidente do CTM entre 1983 e 1986.

Bishop, que antes desse chamado havia servido como Bispo, Presidente de Estaca, Presidente da Missão Argentina Buenos Aires Norte, e trabalhado para a Igreja como Agente de Bem Estar na América Central, saiu do CTM e foi novamente contratado pela Igreja, desta vez para lecionar na universidade SUD Brigham Young University também em Provo até sua aposentadoria por idade. Bishop ainda publicou 2 livros que, até a semana passada, eram vendidos no site oficial da editora da Igreja SUD.

Bishop foi secretamente gravado confessando ter abusado sexualmente de várias jovens e várias missionárias sob seu cuidado durante sua longa carreira eclesiástica. E ainda admite ter confessado a Autoridades Gerais da Igreja sem ter sofrido quaisquer consequências disciplinares ou legais.

Abertura da página MormonLeaks, site que vazou a gravação

Em janeiro de 2018, a vítima abordou a Igreja através de seu advogado, supostamente para processa-la por acobertar o crime por décadas. Há uma semana, contudo, uma cópia da gravação para o público através do site MormonLeaks sem seu consentimento. Agora, pela primeira vez depois de uma semana de tumultuada repercussão pública, ela quebra o silêncio e emite uma nota pública: Continuar lendo

Igreja Mórmon Protege Estuprador, Predador Sexual

O ex-Presidente do Centro de Treinamento de Missionários d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Provo, Utah, que também serviu como Presidente de Missão, Presidente de Estaca, Bispo, e mais recentemente como professor na Universidade de Brigham Young, Joseph L Bishop, foi acusado repetidas vezes por pelo menos duas jovens a múltiplos líderes da Igreja SUD durante décadas.

Em nenhuma instância, nenhum líder tomou qualquer atitude administrativa, eclesiástica, ou policial contra Bishop.

Presidente Dallin Harris Oaks, Primeiro Conselheiro da Primeira Presidência e Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja SUD sob a adminitração do Profeta Presidente Russell Nelson (à direita)

A primeira vítima a vir a público (doravante vítima #1) é a jovem missionária que secretamente gravou uma confissão de Bishop, cuja gravação vazou na internet há uma semana. A segunda vítima (doravante vítima #2) foi anunciada publicamente pela própria Igreja SUD, que admitiu ter recebido suas acusações Continuar lendo

Funcionário do CTM Corrobora Parte da Acusação de Abuso Sexual

Um ex-funcionário do Centro de Treinamento de Missionários d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Provo, Utah, confirmou publicamente um bizarro e singular detalhe da acusação de tentativa de estupro levantada por uma ex-missionária ao ex-presidente deste CTM.

Joseph L. Bishop em 1972 (Foto: Arquivo do The Salt Lake Tribune)

O funcionário, que pediu para manter sua identidade anônima, descreveu o Continuar lendo

Igreja Mórmon Tentou Abafar Acusação de Abuso Sexual?

Uma ação política d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias de menos de dois meses atrás está agora levantando suspeitas de impropriedade ética.

Templo de Lago Salgado

No começo de fevereiro de 2018, a câmara legislativa do estado de Utah introduziu o projeto-de-lei HB 330 que criminalizaria a gravação de um conversa privada sem o expresso consentimento de ambas partes. A lei atual exige que apenas uma parte, presumidamente a parte gravando, esteja ciente da gravação.

O projeto-de-lei foi severamente criticado pela mídia e pelo público e consequentemente arquivado. Contudo, não sem antes castigar a Igreja Mórmon com uma mancha em sua reputação. E há sinais que sugerem que o problema de relações públicas para a Igreja seja ainda bem mais grave. Continuar lendo

Líder Mórmon Confessa Abuso Sexual À Polícia

O ex-Presidente do Centro de Treinamento Missionário d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Joseph L. Bishop confessou para a polícia ter levado uma missionária para um quarto no porão do CTM em 1984 e induzido-a a mostrar-lhe os seios, de acordo com o relatório publicado ontem pela polícia da Brigham Young University.

Joseph L. Bishop em 1972 (Foto: Arquivo do The Salt Lake Tribune)

Em novembro de 2017 a vítima abordou a polícia da BYU com a intenção de denunciar uma tentativa de estupro que teria ocorrido naquele quarto 33 anos antes. Porém, antes de apresentar sua denúncia à polícia, a vítima Continuar lendo

Igreja Mórmon Ignora Abuso Sexual de Presidente de Missão

Gravado confessando a uma de suas vítimas, outrora Presidente do Centro de Treinamento de Missionários d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias admite ter abusado sexualmente de várias jovens missionárias sob seu cuidado. E ainda admite ter confessado a Autoridades Gerais da Igreja sem ter sofrido quaisquer consequências disciplinares ou legais.

Missionárias d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Foto: Deseret News)

Décadas de abuso sexual

Posando como jornalista coletando relatos de líderes eclesiásticos da Igreja SUD menos conhecidos, a vítima conseguiu agendar uma entrevista em dezembro de 2017 com Joseph L. Bishop, que serviu como Presidente do principal Centro de Treinamento de Missionários da Igreja em Provo, Utah, entre 1983 e 1986. Antes desse chamado, Bishop havia servido como Bispo, Presidente de Estaca, Presidente da Missão Argentina Buenos Aires Norte, e trabalhado para a Igreja como Agente de Bem Estar na América Central. Depois de servir como Presidente do CTM, Bishop foi novamente contratado pela Igreja, desta vez para lecionar na universidade SUD Brigham Young University também em Provo até sua aposentadoria. Bishop ainda publicou 2 livros que, até anteontem, eram vendidos no site oficial da editora da Igreja SUD.

Durante a entrevista, na qual Bishop aproveita para recontar várias “experiências espirituais” em seus múltiplos chamados, e suas interações com várias Autoridades Gerais, entre elas Setentas, Apóstolos, e Presidentes da Igreja, ele confessa (apenas Continuar lendo

Louisa Barnes Pratt: Unção

Louisa Barnes Pratt ca 1855

Retrato de Louisa Barnes Pratt (1802-1880)

Missionária em uma época em que mulheres mórmons não serviam missões, Louisa Barnes Pratt viveu na Polinésia Francesa entre 1848 e 1850, junto com seu marido Addison. Suas memórias sobre a vida no Pacífico incluem interessantes relatos a respeito da imposição de mãos e outros rituais de cura utilizados por mulheres mórmons. Falando sobre os polinésios, afirmou:

Eles têm grande fé nas ordenanças do Evangelho tais como batismo e imposição de mãos para recuperar a saúde do doente. Eu trouxe comigo uma garrafa de óleo consagrado que foi abençoado pelo irmão Brigham Young e outras autoridades, antes da minha saída de Salt Lake. As mulheres tiveram grande fé no óleo quando lhes disse de onde o havia trazido e por quem havia sido abençoado. Elas frequentemente trazem suas crianças até mim quando estão doentes para eu ungi-las, dar óleo internamente e impôr minhas mãos sobre elas em nome do Senhor; se eu lhes dissesse que ficariam bem logo, pareciam não ter dúvida disso, e assim era de acordo com sua fé.


Referência

Smart, Donna Toland,  The History of Louisa Barnes Pratt. Logan: Utah State University, 1998, p. 128.

Orson Pratt e o Uso Missionário da Primeira Visão

Orson Pratt

Orson Pratt em foto de 1852

Em 1840, Orson Pratt publicou o primeiro relato impresso da Primeira Visão, em seu panfleto intitulado Um Interessante Relato de Diversas Visões Extraordinárias e da Recente Descoberta de Registros Americanos. A publicação de 31 páginas também constitui o primeiro uso documentado da Primeira Visão de Joseph Smith para fins de proselitismo. A ideia original de Pratt de combinar os relatos sobre o Livro de Mórmon e a Primeira Visão ganharia espaço no mormonismo, mas apenas viria a tornar-se norma por volta de 1925.

Embora as datas de três dos quatro relatos pelo próprio Joseph Smith antecedam o panfleto de Pratt, nenhum havia sido publicado até então. Continuar lendo

Proselitismo digital

Sisters_iPadMais de 32 mil missionários usarão iPads Mini até 2015, segundo planos da Igreja sud. Em missões nos EUA, Canadá, Japão e Europa ocidental, missionários irão adquirir seus próprios dispositivos pré-configurados no valor de US$ 400 (cerca de R$ 887,56 pelo câmbio de hoje). O anúncio foi feito no início do mês de julho. Os iPads servirão para estudo pessoal, planejamento e proselitismo online. Continuar lendo

Missionários estrangeiros tirados da Venezuela

Policiais e manifestante em Caracas. Foto de Jorge Silva/Reuters

Policiais e manifestante em Caracas. Foto de Jorge Silva/Reuters

Devido à tensão no país, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está transferindo 152 missionários estrangeiros da Venezuela para outros países sul-americanos, segundo comunicado da Igreja na última segunda-feira.

Já os missionários de nacionalidade venezuelana, segundo o comunicado, “estão em frequente comunicação com seus presidentes de missão e todo esforço está sendo feito para mantê-los seguros”.

Missionárias terão chamado de liderança

Missionárias sud terão novo chamado na hierarquia das missões

Enquanto aguardamos a confirmação de que mulheres poderão orar na Conferência Geral, a Igreja anuncia uma mudança que dá mais inclusão para as mulheres no serviço missionário. Jovens solteiras em missão de um ano e meio (“sisters”, no jargão sud brasileiro) poderão receber um chamado para liderar e treinar outras missionárias. A “Sister Líder de Treinamento” também integrará um novo Conselho de Liderança da Missão, juntamente com outros missionários homens. Abaixo, apresentamos a tradução do comunicado de imprensa publicado ontem. O original em inglês pode ser lido aqui.

missA Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está fazendo ajustes no modo como suas 405 missões são organizadas, para melhor utilizar as competências e habilidades de todos os missionários em formação e liderança. A mudança se deve, em parte, ao afluxo de milhares de jovens missionários que estão respondendo à redução da idade requerida para o serviço missionário, anunciada pelo Presidente da Igreja, Thomas S. Monson, em outubro passado.

Cada missão na Igreja irá organizar um Conselho de Liderança da Missão que incluirá líderes missionários élderes (homens) e sisters (mulheres). O novo conselho de liderança da missão consistirá do presidente da missão e sua esposa, assistentes do presidente, líderes da zona e as sisters líderes de treinamento – um cargo recém-criado. Continuar lendo

Um vira-lata maravilhoso e um assombro

Blogueiro convidado: Robert Kirby

Como um cachorro ensinou a um missionário um novo truque.

Obrigado, Élder Solavanco, por ser um vira-lata maravilhoso e um assombro

O melhor companheiro de missão que tive foi esse sujeito. Não o da esquerda, nosso líder de distrito, Brent Merrell, de Vernal.

Quero dizer o outro sujeito. Calça vermelha. Língua comprida. Aqui ele está dando a Merrel as boas-vindas ao distrito San José de Carrasco, da Missão Uruguai-Paraguai, em 1975.

Pois é, eu sei, é um cahorro. Mas ele também foi chamado para ser um servo do Senhor.

Por mim. Continuar lendo

Menos idade = mais missionários?

Neste primeiro dia da 182a Conferência Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o presidente Thomas S. Monson anunciou a nova idade mínima para os missionários de tempo integral: 18 anos para os homens e 19 para as mulheres (ao invés do padrão anterior de 19 e 21, respectivamente).

A nova idade mínima, no entanto, não será obrigatória para os homens, afirmou Monson: “não estou sugerindo que todos os rapazes irão – ou devem – servir nessa idade mais jovem”. Continuar lendo