Mórmons Dão Esmola?

Superficialmente, pode parecer uma pergunta simples, mas não é: Mórmons dão esmolas?

Recentemente nós debatemos os gastos públicos da Igreja SUD e, mais notoriamente, o fato da Igreja haver gasto 1,2 bilhões de dólares em ajudas humanitárias entre 1985 e 2010, enquanto gastou 5 bilhões de dólares em investimentos imobiliários na forma de um shopping center e um condomínio de luxo entre 2006 e 2012.

Durante essa conversa, um assunto surgiu — que eu já vi recorrer diversas vezes, tanto online, como em próprias reuniões dominicais — sobre a questão se dar esmolas é uma boa coisa ou não.

Há quem diga que dar esmolas faz mal para o recipiente e a sociedade, pois encorajaria a preguiça e a dependência. Cita-se fartamente, assim, o dito popular “dê um peixe, e estará alimentando por um dia, ensine a pescar, e alimentará para sempre.”

Por outro lado, os textos sagrados Mórmons indicam que sim, um preceito básico do Mormonismo é dar esmolas liberalmente.

Vejamos o que o Novo Testamento registra como os ensinamentos de Jesus Cristo sobre o assunto:

“Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes.” (Mt 5:42)

“Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue- me.” (Mt 19:21)

“Vendei o que possuís, e dai esmolas. Fazei para vós bolsas que não envelheçam; tesouro nos céus que jamais acabe, aonde não chega ladrão e a traça não rói.” (Lc 12:33)

“Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti… Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita…para que a tua esmola fique em secreto…” (Mt 6:2-4)

Vejamos o que o Livro de Mórmon ensina sobre o assunto:

“…socorrereis os que necessitarem de vosso socorro; dareis de vossos bens aos necessitados e não permitireis que o mendigo vos peça em vão, afastando-o para que pereça.” (Mosias 4:16)

“…Ora, se Deus, que vos criou, de quem depende vossa vida e tudo o que tendes e sois… oh! então, quanto mais não deveríeis repartir os vossos bens uns com os outros!” (Mosias 4:21)

“… quisera que repartísseis vossos bens com os pobres, cada um de acordo com o que possui, alimentando os famintos, vestindo os nus, visitando os doentes e aliviando-lhes os sofrimentos, tanto espiritual como materialmente, conforme as carências deles.” (Mosias 4:26)

Vejamos o que Doutrina & Convênios ensina sobre o assunto:

“E eis que te lembrarás dos pobres e consagrarás de tuas propriedades, para sustento deles, aquilo que tiveres para lhes dar, com um convênio e uma promessa que não poderão ser violados. E se deres de teus bens aos pobres, a mim o farás… E também, se houver propriedades nas mãos da igreja ou de qualquer de seus membros após esta primeira consagração, mais do que o necessário para seu sustento, o que for um resíduo a ser consagrado ao bispo será conservado para que, de tempos em tempos, seja dado aos que não têm, a fim de que todo homem necessitado possa ser amplamente suprido e receba de acordo com suas necessidades.” (D&C 42:30-33)

“E em todas as coisas lembrai-vos dos pobres e necessitados, dos doentes e dos aflitos, porque aquele que não faz estas coisas não é meu discípulo.” (D&C 52:40)

“Portanto, se algum homem tomar da abundância que fiz e não repartir sua porção com os pobres e os necessitados, de acordo com a lei de meu evangelho, ele, com os iníquos, erguerá seus olhos no inferno, estando em tormento.” (D&C 104:18)

Não obstante esses ensinamentos canonizados, ao meu ver claros e inequívocos, muitos Mórmons modernos discordam!

Uma pesquisa recente sobre as preferências políticas de Mórmons nos Estados Unidos mostra que 74% de Mórmons são filiados ou simpatizantes do Partido Republicano. Nas últimas décadas, e especialmente nos últimos anos, o Partido Republicano vem se posicionando como o partido político *contra* programas de bem-estar social, como Saúde Pública (i.e., SUS para todos), Previdência Social, Seguro Desemprego, Programas de Afirmação de Minorias (ajuda para mobilidade social de Negros, Latinos, e mulheres), Sindicatos e Leis Trabalhistas, e taxação proporcional (onde ricos pagam mais que pobres, proporcionalmente).

Em outras palavras, parece que as preferências políticas de Mórmons Americanos pende mais para o equivalente de “não dar esmolas” ou “não ajudar pobres”.

Portanto, a pergunta acima mostra-se mais complexa do que aparenta ser. Por um lado, parece haver uma maioria Mórmon que, culturalmente, não acredita que esmolas são importantes ou benéficas. Por outro lado, seus textos sagrados não deixam dúvidas sobre o quão importante e fundamental são para uma vida ética ou moral.

Então eu coloco essa pergunta para o nosso estimado fórum: É a coisa Mórmon dar esmolas, ou não?

23 comentários sobre “Mórmons Dão Esmola?

  1. Marcello, a aula do Sacerdócio Domingo passado foi sobre o plano de Bem-Estar da Igreja — discurso do Pres. Uchtdorf. Como vc sabe muito bem, aqui em Utah a população é, na grande maioria Republicana; o que é engraçado, pois a média salarial no estado é equivalente à frações do salário dos CEOs e presidentes de empresas que eles tanto apóiam — esmolas, na realidade. Apóiam o pessoal que foi subzidiado por dinheiro público durante a crise, mas reclamam de pessoas que usam fundo desemprego. Faz sentido não?

    Durante a aula, TODO mundo comentou sobre “ensinar a pescar é melhor que dar o peixe.” O engraçado é que, como vc apontou, não me lembro de nenhum episódio nas escrituras onde Cristo, depois do milagre ou uma dádiva, diz ao povo que deveria pagá-lo de volta, ou que daria aos poucos à pessoa, para a pessoa não se sentir mal.

    Acho que uma lição melhor, é a lição que a esposa de um Bispo que eu tive na BYU ensinou: “Pay it forward!” (“Pague” de volta para outros que precisem, e não para a pessoa que te ajudou.)

    • sábia essa senhora! Nem sempre o senhor da uma benção que so serve para nós… e quando compartilhamos esta esma benção com outro estamos multiblicando o milagre.

  2. Sim as vezes eu dou.Mas o melhor a se fazer na minha opinião é simplesmente se oferecer para comprar algo de comer para a pessoa,se ela estiver interessada em outra coisa como por exemplo comprar drogas,ela logo recusa a ajuda.Geralmente é o que acontece comigo.

    • Concordo Mari. Não gosto também de dar dinheiro por causa do receio da verdadeira intenção do irmão pedinte.Principalmente,por causa da praga do álcool e da droga alarmante. Mas devemos sim,responder de alguma forma possível ás necessidades daqueles que nos abordam em busca de algo.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.