Venezuela Sairá da Crise com Dízimo?

O Setenta Autoridade Geral brasileiro Carlos Godoy aparentemente prometeu aos membros da Igreja SUD venezuelanos, num país que está vivendo uma das piores crises econômicas da atualidade, que se os mórmons pagarem seus dízimos adequadamente, o país passará por uma recuperação milagrosa.

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa "digna", deve submeter-se à uma entrevista e provar que segue todas as regras da Igreja

Para um membro da Igreja ser considerado uma pessoa “digna”, e poder participar de seus ritos mais sagrados, deve submeter-se à uma entrevista  e provar que está pagando seus dízimos em dia

De acordo com o primeiro conselheiro da Missão Venezuela Valencia, Godoy teria prometido aos membros da Igreja:

“Eu prometo, com toda força da minha alma, que se vocês forem mais fortes no pagamento de seus dízimos, vocês mudariam a economia da Venezuela.”

Membros venezuelanos da Igreja da região de Valencia estão passando entre si uma imagem do líder eclesiástico acompanhado de sua promessa profética.

A crise venezuelana é tão severa que os cidadãos estão incluindo ração para cachorros em suas dietas.

“Um dos principais alimentos para animais que as pessoas consomem é o arroz [para galinhas], por ser mais económico e render mais, mas a este produto adiciona-se salsichas para cães”, explicou.

O médico Manuel Hernández, do organismo para as questões sanitárias no estado venezuelano de Miranda, advertiu, num comentário difundido pela Internet, que o arroz usado para alimentar galinhas “não cumpre com as melhores condições de higiene”, e se trata de um “subproduto”, colhido a partir do desperdício do arroz tradicional.

Hernández lembrou que aquele arroz “contém bactérias” e que “durante o processo de produção poderá ter caído no chão e estar contaminado com urina de roedores”.

A nutricionista Yazarenit Mercadante, da Fundação Bengoa para a Alimentação e Nutrição, advertiu para o risco de doenças, contraídas através do consumo de produtos que são vendidos avulso e cujas condições de processamento e armazenamento são desconhecidas.

Mercadante lembrou que as salsichas para animais podem conter partículas que não foram tratadas adequadamente.

Para a Provea, o uso de alimentos de animais para consumo humano “é uma dramática consequência da violação do direito à alimentação por parte do Estado” venezuelano, o qual acusa de “não tomar medidas para garantir que a população tenha acesso a produtos da dieta básica, de maneira segura e a preços acessíveis”.”

Contudo, supostamente de acordo com o economista Carlos Godoy, toda essa grave conjuntura político-econômica se resolverá positivamente apenas se os membros da Igreja SUD forem mais fiéis no pagamento em dia de seus dízimos. Certamente com grande sacrifício pessoal e familiar, considerando a precária condição da economia venezuelana.

Carlos Godoy foi chamado como Setenta Autoridade Geral para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em abril de 2008. Formado em economia e ciências políticas pela Pontifícia Universidade Católica em 1987, concluiu o mestrado em comportamento organizacional na Universidade de Brigham Young em 1994, e seguiu carreira corporativa em múltiplas multinacionais até migrar para o ministério profissional SUD há 10 anos.

9 comentários sobre “Venezuela Sairá da Crise com Dízimo?

  1. Comentario perturbante que esse lider fez para um povo que necessita muito mais do que falsas promesas, mesmo porque o Senhor nao fez promessa nenhuma aos gentios com relacao ao dizimo. A revelacao dada ao Profeta JS que se encontra na secao 119, tem apenas um aviso que se nao obedecerem a lei do dizimo como revelada, Siao nao seria santificada, nao ha nenhuma promessa de sair de crise financeira, nao nenhuma promessa de prosperidade, de que dinheiro vai cair do ceu etc.. Aqui esta a revelacao, leiam e tirem sua propria conclusao:


    1 Em verdade assim diz o Senhor: Exijo que todos os seus bens excedentes sejam entregues nas mãos do bispo da minha igreja em Sião, (Para comecar, somente aqueles que tem bens excedentes deveriam pagar o dizimo)

    2 Para a construção de minha acasa e para a colocação do alicerce de Sião e para o sacerdócio; e para as dívidas da Presidência de minha Igreja.( Aqui nao diz que o dinheiro do dizimo seria para construir shoppings, hoteis,pagar mordomias para autoridades gerais e seus familiares etc.)

    3 E esse será o início do dízimo de meu povo.

    4 E depois disso, os que assim tiverem pagado o dízimo pagarão a décima parte de toda a sua renda anual; e isto será uma lei permanente para eles, para meu santo sacerdócio, diz o Senhor. ( Depois disso, indica que somente os que tinham bens excedentes que deveriam pagar o dizimo de sua renda anual, em ingles a palavra usada foi “Interest” que nao significa renda anual e sim o acrescimo anual, na epoca da revelacao e da restauracao os membros pagavam dizimo depois de tirarem o necessario para sustentar sua familia e nao de sua renda bruta anual)

    5 Em verdade vos digo: Acontecerá que todos os que se reunirem na terra de aSião darão seus bens excedentes como dízimo e observarão esta lei; caso contrário, não serão considerados dignos de habitar entre vós.(Novamente o requerimento era para aqueles que tinham bens excedentes nao os pobres que mal tinham o que comer)

    6 E digo-vos: Se meu povo não observar esta lei para santificá-la e, por esta lei, não santificar a terra de Sião para mim, a fim de que nela sejam guardados os meus estatutos e os meus juízos, para que seja santíssima, eis que em verdade vos digo: Ela não será para vós uma terra de Sião.( Aqui o Senhor deixa claro que a unica consequencia de nao pagar o dizimo e que Siao quando estabelecida nao seria santificada e nao seria Siao para os membros) Vemos que por essa revelacao a maneira que a igreja ensina, pratica, cobra e administra o dizimo atualmente nao esta em harmonia com o que foi revelado mesmo o Senhor deixando claro no verso 4 que essa leis seria permanente para a igreja.

    7 E isto será um modelo para todas as estacas de Sião. Assim seja. Amém.

  2. Fábio, são poucos os membros igual você que tem mente aberta. As escrituras citadas são as melhores fontes de argumento que se pode usar como ferramenta em assuntos como esse. Seria interessante você fazer um texto para o site do Vozes para que todos possam comentar pois escrituras você conhece e assuntos históricos também. Só é uma sugestão.

    • Hico creio que essas informações já estejam disponíveis em vários sites, blogs e nas próprias escrituras, além disso eu sou péssimo para escrever. Quem sabe o Vozes Mormon escreva um texto sobre o assunto.

  3. Falar hoje da Venezuela é muito mais complexo do que discursar palavras bonitas sobre o dízimo. O problema não é somente econômico, mas também social e político. Venezuela vive uma inflação terrível com um governo totalitário que está sem apôio dos EUA. Muitas empresas deixaram de financiar e investir na Venezuela devido a política esquerdista naquele país e por isso que a crise permanece naquele local. Para a Venezuela sair dessa situação, o povo precisa se unir em pró de seu próprio povo ajudando um ao outro. Se uma família tem uma roça, compartilhe com o visinho um pouco de suas batatas. Se uma família tem uma galinha que bota muitos ovos, compartilhe uma dúzia para os que não tem e assim vai. Além domais, não há sentido cobrar dízimo de alguém que nem tem emprego fixo e um futuro sem perspectiva. É como se exigisse um atleta a ganhar uma corrida sendo que nem comida tem para se alimentar afim de conseguir ganhar uma corrida.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s