Joseph Smith: Ordenanças do Templo Não Devem Ser Alteradas

O Profeta Joseph Smith explicou como as ordenanças do templo que ele havia instituído em 1842 não deveriam ser alteradas jamais, em discurso proferido no dia  11 de junho de 1843.

A reunião dominical, onde Smith alertou sobre a natureza eterna das ordenanças do templo, foi realizada em um palanque improvisado justamente ao lado do Templo de Nauvoo ainda em construção. Smith explicou que o maior propósito dos Santos dos Últimos Dias é construir um templo onde poderiam receber as ordenanças que Deus teria estabelecido antes da criação da Terra e que Smith teria recebido, e passado adiante, inalterado. Mórmons estariam sendo coligados em Nauvoo, afirmava-lhes Smith, justamente para receberem essas cerimônias do templo.

Desde esse pronunciamento claro de Smith em 1843, até a semana passada em 2019, a liderança d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias instituiu dezenas de mudanças, oras superficiais, oras profundas, em todos os aspectos das ordenanças que Smith havia declarado como inalteráveis. Mudaram o modelo das roupas íntimas, que Smith afirmara ser baseado nos modelos que Deus entregara a Adão e Eva, diversas vezes. Mudaram os juramentos sagrados, mais recentemente na semana passada. Mudaram os sinais sagrados do Sacerdócio, assim como o nome de um deles. Eliminaram um sinal sagrado e eterno que Smith afirmara ser necessário para entrar na presença de Deus no Reino Celestial. E assim por diante.

O que teria dito Smith dessas mudanças?

Eis, portanto, o ponto central do discurso do Profeta Joseph Smith sobre as ordenanças do templo (ênfases nossas), em junho de 1843:

“Este assunto me foi apresentado desde que cheguei ao púlpito. Qual foi o objetivo de reunir os judeus, ou o povo de Deus, em qualquer época do mundo? Eu nunca encontrei muito a dizer ao discorrer sobre um texto. Ninguém tem muita dificuldade para destrancar uma porta, se ele tem uma chave, como se não tivera e tivera que abri-la com uma faca.

O objetivo principal era edificar ao Senhor uma casa pela qual Ele pudesse revelar ao Seu povo as ordenanças de Sua casa e as glórias de Seu reino e ensinar às pessoas o caminho da salvação; pois há certas ordenanças e princípios que, quando são ensinados e praticados, devem ser feitos em um lugar ou casa construídos para esse propósito.

Foi o desígnio dos conselhos do céu, antes que o mundo existisse, que os princípios e as leis do sacerdócio dependessem da reunião das pessoas em todas as épocas do mundo. Jesus fez tudo para reunir o povo, e eles não queriam ser reunidos, e Ele, portanto, derramou maldições sobre eles. As ordenanças instituídas nos céus antes da fundação do mundo, no sacerdócio, para a salvação dos homens, não devem ser alteradas nem mudadas. Todos precisamos ser salvos pelos mesmos princípios.

É com o mesmo propósito que Deus reúne Seu povo nos últimos dias, para construir para o Senhor uma casa para prepará-los para as ordenanças e investiduras, lavagens e unções, etc.

(…)

Se um homem obtém a plenitude do sacerdócio de Deus, ele deve obtê-lo da mesma forma que Jesus Cristo o obteve, e foi mantendo todos os mandamentos e obedecendo a todas as ordenanças da casa do Senhor.

Onde não há mudança de sacerdócio, não há mudança de ordenanças, diz Paulo, se Deus não mudou as ordenanças e o sacerdócio. Uivai-vos, sectários! Se ele mudou, quando e onde Ele revelou isto? Vós vos tornastes reveladores? Então por que negar a revelação?

Muitos homens dirão: “Eu nunca te abandonarei, mas ficarei ao seu lado em todos os momentos”. Mas no momento em que você lhes ensinar alguns dos mistérios do reino de Deus, que são retidos nos céus e devem ser revelados aos filhos dos homens quando eles estiverem preparados para isso, eles serão os primeiros a apedrejá-lo e colocá-lo à morte. Foi esse mesmo princípio que crucificou o Senhor Jesus Cristo e fará com que o povo mate os profetas desta geração.

Muitas coisas são insolúveis aos filhos dos homens nos últimos dias: por exemplo, que Deus ressuscite os mortos, esquecendo-se que as coisas que foram escondidas desde antes da fundação do mundo devem ser reveladas aos bebês nos últimos dias.

(…)

Todos os homens que se tornam herdeiros de Deus e co-herdeiros com Jesus Cristo terão que receber a plenitude das ordenanças de seu reino; E aqueles que não receberem todas as ordenanças ficarão sem a plenitude dessa glória, se não perderem o todo.

(…)

Qualquer homem pode acreditar que Jesus Cristo é o Filho de Deus, e ser feliz nessa crença, e ainda assim não obedecer seus mandamentos e, por fim, ser derrubado por desobediência às justas exigências do Senhor.

Um homem de Deus deve ser investido com sabedoria, conhecimento e compreensão, a fim de ensinar e liderar o povo de Deus. Os sacerdotes sectários são cegos, e eles lideram os cegos, e todos eles caem juntos no fosso. Eles constroem com feno, madeira e palha, nas antigas revelações, sem o verdadeiro sacerdócio ou espírito de revelação. Se eu tivesse tempo, cavaria o inferno, hades, shaole e diria o que existe lá.

(…)

Como o Pai tem poder em si mesmo, assim também tem poder o Filho, para dar a sua vida e tomá-la novamente, portanto Ele tem um corpo próprio. O Filho faz o que Ele viu o Pai fazer: então o Pai, algum dia, deu a Sua vida e a tomou novamente; então Ele tem um corpo próprio; cada um estará em seu próprio corpo; e, no entanto, o mundo sectário acredita que o corpo do Filho é idêntico ao do Pai.

Os deuses têm uma ascendência sobre os anjos, que são servos ministradores. Na ressurreição, alguns são levantados para serem anjos; outros são levantados para se tornarem deuses.

Essas coisas são reveladas no lugar mais sagrado de um templo preparado para esse propósito. Muitas das seitas clamam: “Oh, eu tenho o testemunho de Jesus; eu tenho o Espírito de Deus; mas fora com Joe Smith, ele diz que é um profeta; mas não haverá profetas ou reveladores nos últimos dias”. Pare, senhor: O Revelador diz que o testemunho de Jesus é o espírito de profecia; então pela sua própria boca você está condenado. Mas voltando ao texto. Por que reunir as pessoas neste lugar? Pelo mesmo propósito que Jesus queria reunir os judeus – receber as ordenanças, as bênçãos e as glórias que Deus reservou para os Seus Santos.

Agora pedirei a essa assembleia e a todos os Santos que construam esta casa e recebam as ordenanças e bênçãos que Deus reservou para vocês; ou não edificarás ao Senhor esta casa, e deixá-lo passar e conceder essas bênçãos a outro povo? Eu pauso por uma resposta.”

8 comentários sobre “Joseph Smith: Ordenanças do Templo Não Devem Ser Alteradas

  1. A impressão que se dá é que tudo que Joseph Smith instituiu ou ensinou foi tudo ignorado e a Igreja passou a pertencer aos homens e não a Deus mais. É compreensivel que com passar dos anos possa haver mudanças, mas no tocante a ordenanças jamais deveriam sofrer modificações uma vez que foi instituida desde os tempos antigos.

    Se Joseph Smith estava certo, então a atitude de modificar as ordenanças pode ser classificadas como desobediência a instrução dada por Joseph Smith aos membros da época a qual ele recebeu a orientação diretamente de Deus. Particularmente não penso que isso era uma opinião pessoal de Joseph, mas sim uma orientação que ele recebeu.

    De qualquer forma, vemos que a Igreja novamente muda a forma das ordenanças para sua própria conveniência o que é lamentável. Quando pensamos naquele ensinamento missionário “As idéias de Deus nunca muda, mas dos Homens sempre muda” começamos a ver que a igreja está indo ao rumo perdido.

    • Nao e impressao e a pura realidade. A igreja fundadada por JS tinha um proposito completamente diferente, ao estudar a historia da Igreja e os ensinamentos do Profeta JS fica evidente que ele tinha uma visao mais ampla para a igreja, ele queria estabelecer Siao, reunir os Santos e preparar a igreja para a segunda vinda. A Igreja apos sua morte, procurou se tornar popular como o mundo, enriquecer e eventualmente se transformou em uma Corporacao e se distanciou muito de Siao.

  2. Olhando para as palavras de Joseph Smith o que está, então, muito claro é que nenhum de nós está investido de nada. Uma vez alterada a ordenança, ela perde seu poder salvador, pois não foi administrado o que foi ordenado pelo Senhor. Então não há exaltação, selamento, investidura, nada. Se as ordenanças precisam ser alteradas, por que temos que ceder às novas tendências mundiais? Então as ordenanças se tornam mundanas e não sagradas e solenes.

    • Exato! Infelizmente os membros nao entendem isso. Se foi instituido diretamente por Deus para a salvacao entao ela nao pode ser alterada a menos que haja uma outra revelacao direta de Deus que autorize tal mudanca, nesse caso o Profeta ou seja la quem recebeu a revelacao, deve se dirigir aos membros e declarar quando, como e de que forma ele recebeu tal revelacao, se foi pela voz de Deus, um anjo, ou o proprio Salvador apareceu e o revelou, depois os membros devem orar e perguntar ao Senhor se isso de fato aconteceu, se for verdade o Espirito ira confirmar atraves de luz e entendimento (Nao atraves de emocoes) e somente a partir dai se torna obrigatorio perante Deus e a obediencia traz a bencao relacionada a tal revelacao assim como uma condenacao caso ela nao seja obedecida. A ideia de um lider abre a boca e dita regras, leis ou alteracoes e isso automaticamente constitui em revelacao nao passa de heresia e nao tem fundamento escrituristico.

  3. O melhor teste de fogo na opinião é o teste do Espírito. Quando mudaram a iniciatória, me senti feliz porque era algo que me contrangia e enfraquecia meu foco na ordenança. Não se perdeu a essência , mas foi retirado algo que mais me distraia e me deixava aflito do que me edificava. Penso que as ordenanças ainda continuam validadas no mundo espiritual. E nem Joseph Smith pode impedir isso. Se um dia conversar com Joseph Smith no mundo espiritual vou falar com irmão Joseph fizemos o que fizemos e esperamos ter salvado alguns se os anjos e Deus reconheceu as ordenanças para mim isso que importa ,não importa o quão chateado vc esteja pelas mudanças. Não se pode esquecer as experiências espirituais dos membros durante as ordenanças. Quando isso cessar, então vou ser o primeiro a demolir todos os templos.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.