Mórmons Fãs de Star Wars

De acordo com o jornal The Washington Post e o Google Trends, o estado norte-americano que mais pirou com o lançamento do novo filme da franquia ‘Star Wars’ é o estado Mórmon de Utah.

Star Wars. Mórmons. Utah. Mormonismo. Feminismo.

Daisy Ridley faz a personagem principal da nova trilogia Star Wars

Mapa político dos EUA colorido pela frequência de busca via Google por termos relacionados à saga STAR WARS demonstrando que UTAH é fã da série

Como vocês estão vendo a animação pelo novo filme entre os Mórmons brasileiros?

Como o foco na personagem feminina, forte e independente, pode influenciar uma nova geração de Mórmons a repensar o papel da mulher em sua cultura e sociedade?

5 comentários sobre “Mórmons Fãs de Star Wars

  1. Existe um Blog brasileiro de temática mórmon que “pirou” nas últimas semanas com o tal filme. Eu, embora até goste da franquia não sou um fanático. Estou muito longe disso.
    Tenho visto algumas postagens que para mim beiram a blasfêmia, comparando o evangelho com o enredo de Star Wars. Ja ouvi sobre teorias da conspiração que dão conta de como o presidente Kimbal seria o Yoda ( não me me lembro a grafia) e linhas entre a força e o Sacerdócio. Enfim. Acredito que membros brasileiros curtem muito coisas que saem da realidade. Não ousaria listar filmes, séries ou livros para não ofender e friso que a meu ver o problema está no fanatismo, além do que um diagnóstico completo requer análise profunda talvez antropológica ou talvez social e até mesmo psicologica.
    Neste ponto a cena é triste. E a relação entre mulher forte e uma realidade religiosa, fica muito fora do ardente amor brasileiro pelo filme.

  2. Eu já chuto que seria porquê é um dos poucos filmes malucos que ficam classificados para menores de 12 anos. Então expressar em público que curtiu não pega mal. Kkkkk.

    Outro cheio de curtidas, por conta da autora dos livros ser mórmon, é o dos vampiros que brilham no escuro, com muitas teorias dar meninas e tals (que ouvi e li).

    Mas ninguém fique bravo, é apenas achismo de minha parte.

  3. As mulheres sempre foram valorizadas entre nós, quem pença diferente não conhece verdadeiramente os mórmons. E quanto ao filme, é só um bom filme e amamos filmes. Vejam o the piano gauys.

  4. Eu já gostava antes de ser SUD. Na minha ala, os que curtem os filmes estão na faixa etária entre 20 e 35 anos.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s