Dallin Oaks: Materialismo Entre Mórmons

Mórmons são suscetíveis a abraçar esquemas que prometem enriquecimento rápido devido ao materialismo, uma distorção do conceito mórmon de autossuficiência. Isso é o que afirma Dallin H. Oaks, atual Primeiro Conselheiro da Primeira Presidência da Igreja SUD, neste trecho de seu livro Pure of Heart (Puro de Coração, em tradução livre), publicado em 1988, quatro anos após seu chamado para o Quórum dos Doze.

Dallin Oaks

Dallin Harris Oaks, Primeiro Conselheiro da Primeira Presidência e Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja SUD, ao lado de Russell Nelson (à direita)

Desde então, a situação vista por Oaks foi apenas agravada no estado sede d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Segundo reportagem da KUTV em 2016, 15 das maiores companhias globais de marketing multinível (MMN) estão sediadas em Utah, correspondendo à segunda maior indústria no estado e à maior concentração de empregos em MMN per capita nos Estados Unidos.

De acordo com Oaks, muitos membros da Igreja SUD confundem riqueza e prosperidade com espiritualidade e retidão. Confira trechos do seu livro:

Alguns acusam os santos dos últimos dias modernos de serem particularmente suscetíveis ao evangelho do sucesso e à teologia da prosperidade. De acordo com esse evangelho, o sucesso no mundo — em especial o sucesso como empreendedor — é um ingrediente essencial do progresso em direção ao Reino celestial.

De acordo com essa teologia, sucesso e prosperidade são recompensas por guardar os mandamentos, e uma casa grande e um carro caro são marcas de favor celestial. Aqueles que fazem essa acusação apontam para a aparente suscetibilidade dos moradores de Utah (em sua maioria santos dos últimos dias) às propostas especulativas de vários esquemas de fique-rico-rapidamente. Eles afirmam que muitos em Utah são crédulos e ansiosos por riqueza.

Certamente, Utah tem muitas vítimas de empreendimentos especulativos. Há pelo menos uma década houve uma sucessão de fraudes operadas por empresários predominantemente mórmons com vítimas predominantemente mórmons. Manipulações na bolsa; financiamentos hipotecários residenciais; ouro, prata, diamantes, urânio e investimentos em papeis; esquemas de pirâmide — todos lucraram em cima dos fiéis e crédulos.

Sejam inerentemente confiantes ou apenas ingenuamente ansiosos por um atalho para a prosperidade material, que alguns vêem como emblema de retidão, alguns santos dos últimos dias são aparentemente por demais vulneráveis à atração da riqueza repentina.

Observadores objetivos diferem se os Ssntos dos últimos dias são mais suscetíveis a propostas de fique-rico-rapidamente do que outros cidadãos. No entanto, ainda assim, é perturbador que não haja nenhuma evidência clara de que os santos dos últimos dias sejam menos suscetíveis. Homens e mulheres que ouviram e guardaram no coração as advertências bíblicas contra o materialismo não devem ser vulneráveis aos enganos das riquezas e aos agrados extravagantes de seus promotores. (…)

Se os Santos dos últimos dias são especialmente suscetíveis ao materialismo, isso pode ser porque o materialismo é a corrupção de uma virtude da qual os santos dos últimos dias têm orgulho especial. O materialismo é uma distorção sedutora da autossuficiência. A corrupção ocorre por levar a virtude de “prover para os seus próprios” ao ponto da preocupação adicional com acumular tesouros da terra.

Além desses fatores de natureza espiritual e de interpretação doutrinária, abordados por Oaks, outros elementos culturais e econômicos também contribuem para a disseminação de esquemas de pirâmide e marketing multinível entre mórmons. A disparidade de renda experimentada por mulheres em regiões com maior população mórmon, e a pressão religiosa para que mulheres SUD abdiquem de carreiras acadêmicas e profissionais para cuidar do cônjuge e filhos em tempo integral, dentre outros fatores desfavoráveis à polpulação feminina de Utah, fazem de mórmons um público-alvo ideal para esquemas que prometem enriquecimento rápido.

Leia mais sobre mórmons e materialismo aqui e aqui.

4 comentários sobre “Dallin Oaks: Materialismo Entre Mórmons

  1. Essa tal de hinode arruinou muitas alas pelo Brasil. Vários líderes aproveitando a influência sobre as pessoas e até praticando agiotagem

    • O dono da Hinode é membro? eu sei que o dono da forever living era e essa empresa meio que lavava a cabeça dos membros com os mesmos treinamentos aplicados dentro da igreja LDS

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.