Morre Atriz Pornô Mórmon

Joan Marie Laurer, conhecida por seu nome-de-guerra ‘Chyna’, foi encontrada morta em seu apartamento aos 45 anos de idade.

Joanie Laurer, no centro de vestido cinza, e membros de sua ala SUD no Japão (Foto: Página pessoal de Facebook de Brian Martini)

Sites Mórmons, e membros da Igreja SUD que a conheciam pessoalmente, expressaram online seus pesares:

De Deborah Gates:

Eu vi a evolução de uma alma, quando ela entra em contato com o divino e por um momento percebe a bela e poderosa verdade de quem ela é,. Ela levará isso com ela. Em repouso, finalmente, com Aquele que lhe conhece e lhe ama mais do que ninguém. Até nos encontrarmos de novo, minha cara amiga, Chyna. Eu te amo para sempre!

De Brian Martini:

Nossa querida amiga, Chyna faleceu hoje. Esta é a Chyna que conhecemos e amamos enquanto ela estava com a gente em Tóquio. Ela era (e é) uma doce e amável pessoa. Vamos sentir muita saudades dela. Nós te amamos Chyna, e vamos vê-la novamente.

Do site LDS Smile:

Ela foi batizada como membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Tóquio, Japão em 06 de abril de 2014, enquanto ela estava ensinando inglês lá.

Enquanto ela teve sua parcela de dificuldades na vida, ela também realizou muito e era uma estudante de alto nível na Universidade de Tampa.

Laurer, nascida em 1969, conseguiu sucesso acadêmico tanto no colegial, dominando o violino e o violoncello, e na faculdade, formando-se em Letras pela Universidade de Tampa com fluência em Espanhol, Alemão, e Francês, apesar de uma infância marcada por alcoolismo, violência doméstica, e repetidas mudanças. Durante a faculdade ela foi reservista militar e após se formar, juntou-se como voluntária do Corpo da Paz alfabetizando crianças na Guatemala.

Laurer atingiu sucesso e fama como lutadora profissional de Luta Livre entre 1997 e 2001 para a World Wrestling Federation, após uma breve carreira como fisioculturista.

Encerrando sua carreira como lutadora, após uma breve campanha na federação japonesa em 2002, e publicar uma auto-biografia que chegou à prestigiosa lista de mais vendidos do The New York Times, Laurer migrou para a indústria de filmes adultos como atriz pornô. Iniciando com produtoras independentes em 2004, Laurer assinou com o estúdio gigante dos filmes adultos Vivid Entertainment para estrelar em filmes populares, como o Na Porta de Trás da Chyna (2011) e Hulk Mulher XXX (2013).

Steve Hirsch, fundador do estúdio Vivid:

“Nós havíamos agendado uma reunião para esta semana para discutir [filmes futuros]. Ela era tão popular e queríamos trabalhar com ela novamente. Chyna era verdadeiramente ímpar. Eu nunca a ouvi falar uma palavra negativa sobre qualquer pessoa e era incrível vê-la interagir com seus fãs. Ela vibrava com isso e adorava cada minuto – e eles a amavam de volta. Nós estávamos ansiosos para trabalhar com ela no futuro próximo. Descanse em paz, Chyna.”

No dia 20 de abril p.p., Laurer foi encontrada morta em sua residência em Redondo Beach, na Califórnia, vítima de uma interação medicamentosa de remédios para depressão, ansiedade e insônia.

13 comentários sobre “Morre Atriz Pornô Mórmon

  1. Alguém sabe me dizer se no caso de Chyna seu batismo teve que ter autorização da Primeira Presidência devido a sua fama de lutadora e de atriz pornô? Não sabia que ela era membro da Igreja.

  2. O texto começa dizendo que ela foi encontrada morta no apartamento e o final da mensagem diz que a atriz foi encontrada morta em sua mansão.Não entendi.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.