Manual Mórmon Remove Escritura Machista

O manual para as moças d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi alterado após anos de reclamações de mulheres pela inclusão de uma escritura considerada machista por promover a cultura de estupro.

Droga do Estupro

A passagem de escritura em questão vem do Livro de Mórmon, e ela prega que mulheres quando são estupradas perdem sua “castidade e virtude”.

“E apesar desta monstruosa abominação dos lamanitas, ela não excede a de nosso povo em Moriântum. Pois eis que muitas das filhas dos lamanitas foram aprisionadas; e depois de tê-las despojado daquilo que é mais caro e precioso do que tudo, que é a castidade e a virtude…” (Moroni 9:9 ênfases nossas)

Até recentemente, o manual citava essa passagem como o primeiro exemplo para as moças adolescentes do “significado e importância da castidade e virtude”, urgindo-as a lerem a citação.

“Estude o significado e a importância da castidade e da virtude lendo Moroni 9:9…”

A versão eletrônica atual desse manual exclui completamente essa referência.

“Estude o significado e a importância da castidade e da virtude lendo Jacó 2:28…”

Você aprova dessa mudança? Profetas como Spencer Kimball [ver aqui], e Apóstolos como Richard Scott [ver aqui] já pregaram que vítimas de estupro podem ter parcela de culpa, e a universidade da Igreja rotineiramente pune alunas estupradas [ver aqui e aqui]. Apagar uma citação de um manual é suficiente para excluir essa percepção da cultura mórmon?

11 comentários sobre “Manual Mórmon Remove Escritura Machista

  1. Sinceramente não dá para entender como uma vítima pode ser culpada pela violência sofrida especialmente se tratando de atos sexuais.

  2. Queria dar aqui meus parabéns pra quem descobriu essa pérola! Me impressiona como nenhum detalhe escapa ao radar da ABEM. Parabéns de verdade pela dedicação.

    É importante ressaltar a natureza de quase todo homem. Sem educação e muito treino o autocontrole necessário para vencer o libido sexual é impossível.

    A escritura retirada mostra muito bem isso. Homens usando as mulheres como objetos para satisfazer seus instintos mais primitivos e irracionais. Como potencias estupradores que somos.

    E Moroni ainda tem a cara de pau de querer romantizar o estupro com esse eufemismo barato, “despojado daquilo que é mais caro e precioso do que tudo”

    O versículo no manual tem o claro objetivo de induzir as moças a acharem que a castidade é importante. Que elas atraem os homens e por isso tem parte na culpa.

    Uma mudança bem vinda, mas insignificante no panorama geral.

  3. Enquanto lia a matéria me veio o mesmo pensamento. Como eles sabem o que acontece e deixa de acontecer, pois um manual desses não tem 5 páginas para ler. Penso em um ‘spider’ que monitora alterações na página web. Editores, por favor, me tirem essa dúvida!

  4. Estamos criticando Morôni agora? Hahaha

    Parabéns pelo artigo, isso é progredir, aprender com os erros, erguer a cabeça e seguir em frente!

  5. Cada um tem responsabilidade pelos seus próprios pensamentos. Se uma mulher usar uma microsaia e miniblusa, que ande nua, ainda assim, a responsabilidade sobre o pensamento dos outros não é dessa mulher. Essa opinião, “ela pediu” é conversa de gente ignorante. Uma vítima de estupro nunca é culpada, nunca. Não pode carregar o peso da violência sofrida e mais a perda de sua virtude.

  6. Como se a virtude e a castidade de uma mulher estivessem no hímen…
    Não é a presença ou ausência do hímen que indica a castidade de uma mulher. Então as moças que praticam sexo anal para preservar o hímen para o casamento são castas?
    A castidade é o uso (não necessariamente a abstinência) correto da sexualidade tanto antes, como depois do casamento.
    Sinceramente, desconfio que mulheres virgens são pervertidas.

  7. Se houver
    qualquer coisa virtuosa, amável, de boa fama ou
    louvável, nós a procuraremos.” O EVANGELHO E PERFEITO OS HOMENS COMETEM ERROS E AO CORRIGI-LOS SÃO PERDOADOS. MUITO BOM

    • Você pode achar que culpar vítimas de estupro é uma piada, Marcelo.

      Nós, por outro lado, (assim como as vítimas de estupro, as famílias das vítimas de estupro, e provavelmente toda pessoa ética e decente no planeta) acreditamos que a prática de culpar vítimas de estupro é um assunto muito sério.

      Um troféu para a Igreja SUD pela postura de remover essa escritura machista do seu manual e assim evitar promover essa visão de que isso seja piada.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s