A Última Taça de Vinho de Joseph Smith

O Profeta Joseph Smith foi assassinado na tarde de 27 de junho de 1844.

O SANGUE DOS MÁRTIRS É A SEMENTE DA IGREJA "O Interior da Prisão de Carthage" por C.C.A. Christensen (Museu de Arte da Universidade de Brigham Young).

O SANGUE DOS MÁRTIRES É A SEMENTE DA IGREJA diz o rodapé da pintura intitulada “O Interior da Prisão de Carthage” por C. C. A. Christensen (1831-1912) Fonte: Museu de Arte da Universidade de Brigham Young

A descrição das últimas taças de vinho que Smith tomou junto com seus colegas de prisão, o Patriarca-Profeta Hyrum Smith e os Apóstolos John Taylor e Willard Richards, meros momentos antes do seu assassinato, encontra-se publicada na obra History of the Church.

Em 1858, o Presidente da Igreja SUD, Brigham Young, revisou e publicou uma coletânea de anotações históricas do Apóstolo Willard Richards, editadas por ele e pelo Apóstolo George A. Smith, sob o título History of Joseph Smith. Em 1902, a Primeira Presidência convocou o Presidente dos Setenta e Historiador Assistente da Igreja, B. H. Roberts, para re-editar, corrigir, e atualizar a obra publicada por Young, que então foi publicada sob o título History of the Church of Jesus Christ of Latter-day Saints.

Joseph Smith vestindo o uniforme da Legião de Nauvoo. Pintura de Sutcliffe Maudsley (1809 - 1881)

Joseph Smith vestindo o uniforme de General da Legião de Nauvoo. Pintura de Sutcliffe Maudsley (1809 – 1881)

É nessa obra, popularmente conhecida como History of the Church [História da Igreja], onde encontramos os testemunhos dos Apóstolos Willard Richards e John Taylor sobre os últimos momentos de paz na vida terrena de Joseph Smith.

Willard Richards

“Antes que o carcereiro entrasse, seu filho trouxe um pouco de água e disse que o guarda queria um pouco de vinho. Joseph deu ao Dr. Richards dois dólares para dar ao guarda, mas o guarda disse que um era suficiente e não pegaria mais.

O guarda imediatamente mandou buscar uma garrafa de vinho, cachimbos e dois pequenos papéis de tabaco; E um dos guardas os trouxe para a prisão assim que o carcereiro saiu. O Dr. Richards sacou a rolha da garrafa e ofereceu uma taça a Joseph, que a provou, assim como também o irmão Taylor e o doutor, e a garrafa então foi dada ao guarda, que se virou para sair. Quando no alto da escada, alguém abaixo o chamou duas ou três vezes, e ele desceu.

Imediatamente houve um pequeno sussurro na porta externa da prisão, e um grito de rendição, e também uma descarga de três ou quatro armas de fogo seguiu instantaneamente. O doutor olhou pela cortina da janela e viu uma centena de homens armados em volta da porta.” (History of the Church 6:616)

A prisão de Carthage, onde os irmãos Smith foram assassinados em 1844. Foto de 1885.

A prisão de Carthage, onde os irmãos Smith foram assassinados em junho de 1844. Retrato anônimo de 1885. Note a única janela do segundo andar na face leste, de onde Joseph Smith tentou implorar por socorro ou clemência.

John Taylor

“Algum tempo depois do jantar, nós mandamos buscar um pouco de vinho. Tem sido relatado por alguns que ele fora tomado como sacramento, não foi nada disso; Nossos ânimos estavam muito aborrecidos e pesados, e mandamos buscá-lo para nos animar. Eu acho que foi o capitão Jones que foi atrás dele, mas eles não o permitiram voltar. Creio que todos nós bebemos do vinho, e distribuímos um pouco para um ou dois guardas da prisão. Todos nós nos sentimos extraordinariamente desanimados e desalentados, com uma profunda depressão de espírito. Em consonância com esses sentimentos, eu cantei uma canção, que tinha sido introduzida recentemente em Nauvoo, intitulada, “Um Pobre e Aflito Viajor”, etc.

A canção é patética, e a melodia é bastante lamentável, e estava muito de acordo com nossos sentimentos no momento em que nossos espíritos estavam todos deprimidos, aborrecidos e sombrios e sobrecarregados com presságios sinistros e indefinidos. Depois de algum tempo, o irmão Hyrum me pediu que cantasse novamente essa canção. Eu respondi: ‘Irmão Hyrum, não tenho vontade de cantar’; Quando ele comentou: ‘Oh, não importa; Comece a cantar, e você obterá o espírito dela.’ A seu pedido, eu o fiz. Pouco depois, eu estava sentado em uma das janelas da frente da prisão, quando vi um número de homens, com rostos pintados, vindo ao redor da esquina da prisão e dirigindo-se para a escada.”  (History of the Church 7:101)

 

"O Martírio de Joseph e Hiram [sic] Smith na Cadeia de Carthage, 27 de junho de 1844" por G.W. Fasel [pintura] e C.G. Crehen [litografia] para Nagel & Weingaertner, N.Y. Dedicado ao "Reverendo" [sic] Orson Hyde

“O Martírio de Joseph e Hiram [sic] Smith na Cadeia de Carthage, 27 de junho de 1844” por G.W. Fasel [pintura] e C.G. Crehen [litografia] para Nagel & Weingaertner, N.Y. Dedicado ao “Reverendo” [sic] Orson Hyde. Note a ilustração de uma tentativa de decapitação após a execução final.

Os textos, como originalmente publicados pela A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, foram gentilmente cedidos por esta, através do site oficial de sua universidade Brigham Young University, e podem ser acessados e lidos em seu inglês original clicando-se nos links inclusos acima.

É interessante notar como George Smith editou o testemunho de Richards de modo que ele parece referir-se a si mesmo na terceira pessoa. Supõe-se que isso tenha sido feito para conferir à obra uma sensação de objetividade historiográfica.


REFERÊNCIAS

Bushman, Richard L, Joseph Smith: Rough Stone Rolling, Alfred A. Knopf, 2005.

Hansen, Klaus J, Quest for Empire: The Political Kingdom of God & the Council of Fifty in Mormon History, Michigan State University Press, 1967.

Oaks, Dallin H e Hill, Marvin S, Carthage Conspiracy: The Trial of the Accused Assassins of Joseph Smith, University of Illinois Press, 1979.

Roberts, Brigham H, History of the Church, Deseret News, 1912.

Searle, Howard C, History of the Church (History of Joseph Smith), em Encyclopedia of Mormonism, Brigham Young University, 2001.

Quinn, D Michael, The Mormon Hierarchy: Origins of Power, Signature Books, 1999.

 

16 comentários sobre “A Última Taça de Vinho de Joseph Smith

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.