N. Eldon Tanner: Obediência Cega

Mórmons são institucionalmente estimulados à obediência cega a seus líderes eclesiásticos.

Mórmons são ensinados que obediência é a “primeira lei do céu” e, portanto, o princípio mais importante de sua religião. Membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias são orientados a ignorar suas próprias consciências, seus instintos e seu julgamento pessoal e apenas obedecer o Presidente da Igreja, sem hesitação ou questionamento.

Por exemplo, o Profeta Heber Grant explicou que devemos obedecer o Profeta mesmo quando ele nos pede para fazer algo errado. Em outro exemplo, esse ensinamento publicado pela Igreja SUD estipula que não devemos pensar por nós mesmos, apenas obedecer.

Nathan Eldon Tanner, Conselheiro na Primeira Presidência (1963-1982) sob os Presidentes David O McKay, Joseph Fielding Smith, Harold B Lee, e Spencer W Kimball

Contudo, poucos líderes deixaram esse tema mais explícito do que o Presidente N Eldon Tanner em uma mensagem da Primeira Presidência para todos os membros da Igreja em agosto de 1979. Além de explicar que membros da Igreja não devem nunca questionar os ensinamentos de seus profetas, e apenas ignorar suas opiniões pessoais e segui-los, Tanner ainda elabora como “crianças estão sendo negligenciadas e abusadas porque suas mães estão buscando … carreiras fora de casa”.

Eis a mensagem da Primeira Presidência em sua íntegra (ênfases nossas):

Mensagem da Primeira Presidência
“Encerrou-se o Debate”
Pelo Presidente N. Eldon Tanner
Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência

Recentemente, em serão para toda a Igreja realizada para as mulheres da Igreja, a Presidente das Moças, Elaine Cannon, fez a seguinte declaração:

“Quando o Profeta fala, … encerrou-se o debate” (Ensign, novembro de 1978, p. 108).

Fiquei impressionado com essa simples declaração, que traz um significado espiritual tão profundo para todos nós. Onde quer que eu vá, minha mensagem para o povo é: Siga o profeta. Por que mais o Senhor colocou profetas na Terra durante as dispensações do tempo? Em sua infinita sabedoria, e como parte do plano de vida e salvação para seus filhos, Deus nos deu o modelo para seguir, a liderança para nos dirigir e nos manter em curso, e a organização da Igreja para nos ajudar a estabelecer as bases e desenvolver as habilidades, ou fazer a preparação necessária, para nos levar de volta ao nosso lar eterno.

É tolice supor que os homens podem ser deixados à própria sorte e realizar o que Deus pretendia para eles. Isso é tão irracional quanto seria deixar um bebê recém-nascido sozinho e esperar que ele aprendesse a andar e falar e se alimentar e se vestir sem a ajuda dos responsáveis ​​por seus cuidados e treinamento. Uma criança tão negligenciada e deixada sozinha logo pereceria.

Assim é conosco. Sem o conhecimento e a compreensão do evangelho, ou o plano de Deus para seus filhos, não podemos viver de acordo com a lei que é necessária para nossa salvação; e, portanto, aqueles que negligenciam seu treinamento espiritual ou deixam de ouvir a voz de aviso dos profetas sofrerão uma morte espiritual.

É difícil entender por que há tantas pessoas que lutam contra o conselho do profeta e pela preservação das coisas que lhes trarão infelicidade e até morte. Como um exemplo, vamos considerar a Palavra de Sabedoria. Logo após a restauração do evangelho e da organização da Igreja, o Senhor deu uma revelação ao Profeta Joseph Smith, que chamamos de Palavra de Sabedoria. Advertia que chá, café, álcool e tabaco, entre outras coisas, não eram bons para o homem, e não deveriam ser usados ​​pelos Santos.

Agora, isso era bastante revolucionário na época, pois o uso dessas coisas não era considerado prejudicial para a saúde. Por muitos anos após a revelação, as pessoas achavam que os mórmons eram peculiares porque se abstinham dessas substâncias aparentemente inofensivas. Então os cientistas começaram a descobrir muitos efeitos nocivos do tabaco e hoje nos tornamos cada vez mais conscientes dos riscos à saúde causados ​​pelo uso de tabaco, chá, café e álcool, com advertências adicionais sobre os riscos envolvidos para as crianças não nascidas de mulheres grávidas.

Os Santos dos Últimos Dias deveriam ser capazes de aceitar as palavras dos profetas sem ter que esperar que a ciência provasse a validade de suas palavras. Somos muito afortunados por ter um profeta vivo à frente da Igreja para nos guiar, e todos os que atendem a seus conselhos serão participantes das bênçãos prometidas, que não serão desfrutadas por aqueles que não aceitarem suas mensagens.

Hoje há muitos questões em debate enquanto as controvérsias se multiplicam ao nosso redor. Deve ser evidente para todos que precisamos de direção divina, pois homens e mulheres que argumentam suas causas parecem incapazes de chegar a soluções viáveis ​​ou pacíficas. É triste, de fato, que o mundo não saiba ou aceite o fato de que em nosso meio há um profeta por meio do quem Deus pode direcionar a solução dos problemas do mundo.

Os Santos dos Últimos Dias não têm tal dilema. Eles sabem que as mensagens do profeta vieram do Senhor e têm a concordância de todas as Autoridades Gerais, que são homens de visão e integridade, e que tentam se manter em sintonia com a divindade. Eles não estão, como alguns sugerem, seguindo cegamente e agindo sem sua própria agência para falar e pensar por si mesmos. Por meio da oração ao Pai Celestial, cada um de nós pode ter a certeza de que o caminho que escolhemos tem sua aprovação divina.

Por que deveria haver algum debate sobre as questões morais que estão confundindo o mundo hoje? Desde o princípio, Deus tornou sua posição muito clara em relação ao casamento, ao divórcio, à vida familiar e ao amor às crianças, à imoralidade, à castidade, à virtude e ao alto e santo papel das mulheres. Por meio de seu profeta hoje, ele reitera os ensinamentos do Antigo e do Novo Testamento que são claros sobre esses assuntos.

A história e a experiência provaram que sempre e onde quer que haja afastamento de seguir a palavra do Senhor, calamidade ocorre. Civilizações caíram; houve destruição geral e individual; houve choro e lamento e grande tristeza; houve fome e pestilência. Somente Satanás e seus companheiros foram deixados para se alegrar. Ele é o autor dos debates sobre questões morais. Ele jurou frustrar os propósitos de Deus. Ele é quem engana e se espreita para promover seus esquemas de astúcia, prometendo as riquezas deste mundo como uma recompensa para aqueles que o seguem.

Para ganhar essas riquezas, muitos se engajam nos debates sobre questões morais. As indústrias do álcool e do tabaco e os comerciantes de pornografia estão acumulando grande riqueza à custa do povo e em detrimento de sua saúde. Com todas as evidências de pornografia infantil, é deplorável que qualquer pai ou mãe permita que qualquer criança seja assim explorada. Algumas crianças estão sendo negligenciadas e abusadas porque suas mães estão buscando prazeres mundanos e carreiras fora de casa. Muitos pais estão mais preocupados com seu sucesso financeiro do que com o bem-estar de suas esposas e filhos. Precisamos virar tudo isso. Nós não podemos servir a Deus e a Mamom. De que lado estamos? Quando o profeta fala, encerrou-se o debate.

4 comentários sobre “N. Eldon Tanner: Obediência Cega

  1. Mais importante que ter um profeta é ter o espírito de profecia!
    II Néfi 25
    4 Portanto, ouvi, ó povo meu, que sois da casa de Israel, e escutai minhas palavras; pois ainda que as palavras de Isaías não vos sejam claras, são, não obstante, claras a todos os que estão cheios do espírito de profecia.
    Apocalipse 19
    10 E eu lancei-me a seus pés para o adorar; porém ele disse-me: Olha, não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia.
    Alma 17
    3 Isto, porém, não é tudo; haviam-se devotado a muita oração e jejum; por isso tinham o espírito de profecia e o espírito de revelação; e quando ensinavam, faziam-no com poder e autoridade de Deus.
    Coríntios 12
    7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
    8 Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra do conhecimento;
    9 E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
    10 E a outro, a operação de milagres; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação de línguas.
    11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
    12 Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.
    III Néfi29
    6 Sim, ai daquele que nega as revelações do Senhor e que diz que o Senhor não se manifesta mais por meio de revelação nem por profecia nem por dons nem por línguas nem por curas nem pelo poder do Espírito Santo!

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.